Escolha uma Página

O Palmeiras vem provando nesse início de temporada que é um time de baixos, com a ridícula derrota para o Penapolense com um a menos, como de altos, com a boa vitória sobre o São Bernardo com atuação destacada do Valdívia, que jogou como se espera dele.

O time sofre com a pressão da torcida, a própria falta de confiança de diversos jogadores do time(caso do Luan por exemplo, q apesar de marcar o segundo gol do time contra o Penapolense, sequer jogou a partida seguinte) a falta de um esquema tático definido, causada principalmente pela falta das peças tanto pedidas pelo técnico. Os problemas são imensos e as soluções parecem distantes depois de tanto desgosto.

O jogo do último domingo é para se esquecer, o time foi apático ao ponto de se entregar a marcação de um time com um a menos e que não mostrou sequer um bom começo de Paulistão… digno de nota apenas o belo gol do Ayrton, que dada sua especialide, deve ser o primeiro de muitos.

Contra o São bernardo, contando com o Valdívia jogando como se deve, o time passeou e contou com 2 gols do Barcos, que já fez 3 no ano(em que ele prometeu 28 gols). O time pode contar com um meia de ofício(e não de improviso como costuma ser com o Patrick vieira) e assim conseguia criar jogadas e não ficar no tradicional “bumba meu boi” que andou virando o setor criativo palmeirense. Ele jogou criando, armando, servindo e até marcando, lembrando aquele que a torcida sempre teve como ídolo.

Evidente que esses jogos continuam a não ser referência para nada, porém servem para evidenciar a já óbvia chegada de reforços e que muito trabalho espera pelo Kleina para dar corpo a esse time.

Sobre contratações: a diretoria prometeu 5 jogadores pelo menos até o início da Libertadores. Ronny do Figueirense e Marcelo Oliveira(esse que deve ser acompanhado por outro em troca pelo Luan) devem ser os primeiros. O problema maior nesse caso é que estão apenas quantificando o elendo e não o qualificando, pois esse jogadores não chegarão para vestir a camisa e ir para o jogo, devem sim ser opções para o técnico, que quando estiver sem alguma peça os utilizará. Essa troca até o momento não me agrada, pois por mais que o Luan queira sair, estão oferencendo qualquer coisa para o Palmeiras e não alguém que de fato possa agregar. O time deveria em casos como esse, simplesmente largar mão da negociação e até manter o Luan caso não haja uma proposta decente pelo atleta.

A diretoria parece estar trabalhando no mais rápido que lhe é possível pelo escasso tempo que lhe foi dado. Acho que no meio do ano dará para se ter uma ideia de se de fato mudanças estão acontecendo no Palmeiras e agora ele finalmente começa a subir, ou se são apenas mais do mesmo, tais quais seus antecessores.

 

%d blogueiros gostam disto: