Arquivo da tag: Santos

Santos: o saldo do primeiro turno da Libertadores

Passados os três primeiros jogos do Santos na Libertadores, acho bastante válido fazer um breve resumo deles e comentar sobre desempenho e expectativas  do clube na competição:

The Strongest 2 x 1 Santos – Essa derrota nem de longe refletiu o que foi o jogo, porém o Santos pecou por excesso de erros de Neymar, Ganso, Elano, principalmente. Difícil saber se era questão de querer fazer gols bonitos, ou apenas um mau dia, porém essa derrota até inesperada pelo desenrolar do jogo, foi uma punição pelas falhas do time.

Santos 3 x 1 Internacional – Jogo que mostrou o porquê o Neymar é considerado disparado o melhor brasileiro em atividade, pois depois de fazer um golaço e deixar o jogo 2 a 0, o Inter diminuir com o Damião e dar a entender que o time santista acabaria sofrendo pressão, ele em seguida, foi e fez quase um “replay” do segundo gol: arrancou do meio e só parou no gol.  O time estava recuperado(pricipalmente na moral) da derrota na Bolívia.

Juan Aurich 1 x 3 Santos – Um campo pequeno, aquele gramado artificial, mais parecendo jogo de society do que campo. O time sofreu no início, saiu atrás, mas conseguiu se recuperar com um ótimo jogo de Ganso, que acabou sendo corooado com um gol.

 

O time santista terminou como vice-líder de seu grupo com 6 pontos, mesma pontuação do Inter e The Strongest, porém perde no saldo de gols para o Inter. Não acredito que apesar da pontuação do time boliviano, ele venha a ser uma ameaça da classificação dos brasileiros.

O Santos mostrou que está retomando o bom ritmo do ano passado, que o levou a conquista da última Libertadores, com jogadores como Ganso retomando a forma de antes das contusões e demonstrando melhor futebol a cada dia e principalmente o Neymar, que continua sendo o principal fator de desequilíbrio do time.

Acredito que a perda do Danilo de longe foi a mais sentida, pois apesar do Fucile ser um bom jogador, ele não tem a mesma qualidade ofensiva do atual jogador do Porto. O Juan é uma incógnita, pois saiu do São Paulo pela porta dos fundos, já que não conseguiu mostrar o futebol dos tempos de Flamengo e ninguém sabe qual lateral que chegou, porque se foi o do São Paulo, a torcida santista pode esperar fortes emoções…

A subida de produção do Ibson também foi importante na melhor do rendimento do time, pois desde que o Elano caiu absurdamente de rendimento, o Santos sentia falta de um jogador de meio que pudesse ajudar tanto na marcação e que tivesse qualidade na saída de bola, pois ano passado nem Henrique, nem o próprio Ibson vinham tendo atuações convincentes. Atualmente os dois subiram muito de produção, mas o ex-Flamengo ganhou a posição e ao que parece deixou de de vez o antes incontestável Elano no banco.

Dentre todos brasileiros, o time santista deve ser o de vida mais longa na competição, pois é o que ainda vem mostrando o melhor futebol e que conta com o maior fator de desequilíbrio dentre os elencos nacionais: Neymar.

 

Épico!

Jogo para entrar na história dos clássicos, com uma virada histórica e com uma vitória que, se não resolve os problemas do time(que continuam sendo vários), pelo menos dá uma nova moral e principalmente dá uma mostra de raça e garra do time que há muito não se via.

O jogo era visto como a chance de exibição de gala do Neymar, já que além de tudo, era seu aniversário de 20 anos, porém o que se viu foi um Palmeiras muito bem postado na defesa, com marcação individual em todo setor criativo do Santos e dando liberdade para o Valdívia com o auxílio do Marcos Assunção, pudessem municiar o ataque alviverde. Valdívia seguia como destaque até sentir uma lesão e Daniel Carvalho entrar em seu lugar e quando todos esperavam que a criatividade diminuiria, o Daniel em seu primeiro lance, quase faz um golaço. Ele conseguiu manter o nível criativo do time com bons passes e algumas boas jogadas individuais. A única ameaça real era o aniversariante Neymar, que praticamente sozinho criava jogadas e conseguia em alguns lances deixar companheiros livres puxando a marcação em jogadas individuais.

Segundo tempo vem e o jogo continua muito mais favorável ao Palmeiras, porém a ameaça Neymar acabou se concretizando e em passe preciso de Ganso, ele subiu em meio a dois jogadores do Palmeiras(que eram Luan e Fernandão, o que surge como dúvida: por que logo eles que não tem como especialidade a marcação, cuidavam justamente do mais perigoso jogador adversário? falha feia do sistema defensivo). A partida caminhava para uma derrota, até que Ibson faz falta, leva o segundo amarelo e acaba expulso, aumentando ainda mais a pressão palmeirense. Aos 44 minutos em mais um precisa cobrança de escanteio do Marcos Assunção, Fernandão subiu bem de cabeça e empatou o jogo. Continuando a pressionar, o Palmeiras acabou premiado com um lance que eu diria que foi mais sorte(e que premiou a determinação do time em busca da vitória), pois o Juninho tentando passar a bola, contou com o desvio de Durval e assim garantir a virada e uma vitória que muitos não esperavam mais que viria.

Apesar da vitória excelente e que deve ser comemorada, ainda mais por ser em um clássico, não dá pra se iludir e achar que de um jogo para o outro o time ficou uma maravilha, porque isso está muito longe de ser a realidade! O time continua falho, o Henrique continua sem um parceiro à altura(Leandro Amaro vem se mostrando um jogador apenas mediano, que serviria mais para compor o elenco, não para titular) e o ataque ainda continua deixando a desejar, porém algo deve ser exaltado: como venho citando desde sempre, o Fernandão continua a cada dia provando quem entre ele e o Bueno, ele de longe é a melhor opção. Um jogador de bom porte físico, que consegue fazer bem o papel de pivô(pois sabe fazer jogo de corpo), tem uma finalização mediana e um excelente jogo aéreo(haja visto que seus dois gols foram de cabeça). Pode vir a ser um jogador bastante útil para a temporada se for bem trabalhado e jogar com relativa frequência.

Outro que devo dar um destaque mais que especial é para o Daniel Carvalho. Ele vem se dedicando a entrar na sua melhor forma física(está muito próximo do peso considerado ideal) e vem mostrando sua técnica apurada que o consagrou em outros tempos. Mostrou que não desaprendeu a jogar(muito menos se acomodou) e dá a entender que veio realmente para fazer a diferença. Muito bom para o Palmeiras, que consegue um importante reforço em um setor que vinha sendo seu principal problema, já que o Valdívia constantemente vem ficando de fora por problemas físicos(inclusive deve ficar cerca de duas semanas fora, lamentável…).

 

Reforços: durante a semana passada, o presidente disse que ainda pretende reforçar mais o elenco, chegou o Artur, para a reserva do Cicinho(o qual citei antes, desconheço) e ao que tudo indica o Wesley, ex-Santos, deve ser o próximo. Ele chegaria para ser titular e dar uma criatividade muito maior ao meio-campo do time, uma contratação excelente que deixaria o setor de meio do time com peças suficientes para esse primeiro semestre, faltando apenas qualificar melhor o ataque. Bom sinal que depois do acerto com a Kia, o time está tendo uma visão mais ambiciosa e fazendo algumas extravagâncias para tornar o time de fato competitivo.

Opinião sobre os gastos com reforços: considero que mesmo criticando(e muito) a falta de agressividade na contratação, algo deve ser louvado nisso tudo: o time não entrou em leilões absurdos, como pagar 600 mil por mês para o Douglas(que é muito irregular, apesar de muito bom tecnicamente) ou pagar um absurdo pelo Tardelli, que nem de longe vale o que pediram, ou mesmo aceitar pagar um valor alto pelo C.Alberto(insanidade pura na minha opinião sequer cogitar esse elemento). Sou favorável a gastos, desde que seja com peças que realmente venham pra fazer a diferença, mas que não seja por um valor irreal, muito maior do que elas realmente valem.

Rodada dos sonhos


É até difícil de acreditar. Em um jogo épico, com erros de arbitragens para os dois lados, o Corinthians ganhou de 3 a 2 do Grêmio no Pacaembu, atuando com dois jogadores a menos durante quase meia hora.

O Flamengo perdeu por 3 a 2 do Avaí, e agora perde Ronaldinho Gaúcho para a rodada do final de semana.

O São Paulo perdeu em casa para o Fluminense, não conseguindo tirar proveito da mãozinha dada pela arbitragem.

O Palmeiras deu mais um vexame daqueles, levando 3 do Botafogo.

O Santos levou 3, conseguiu empatar, mas definitivamente está fora da briga.

Posso queimar minha língua, mas considerando as próximas rodadas, desfalques, etc, afirmo: o título do campeonato brasileiro fica entre Corinthians e Vasco.

Janela Fechada

Na última quarta-feira (20/07/2011) encerrou-se a inscrição de jogadores vindos de fora do país para a disputa do Campeonato Brasileiro 2011 – Série A.

Abaixo segue um balanço das contratações realizadas no período da janela de transferências que iniciou-se em 20/06/2011:

Clube

Colocação

Carência elenco

Contratações

Atlético-PR 

20º

Lateral-esquerda Santiago Garcia ATA (Nacional-URU)
América-MG

19º

Zagueiros, laterais e volantes
Avaí

18º

Lateral esquerda e ataque Leandro Lima MEI (União Leria-POR)
Atlético-GO 

17º

Lateral esquerda
Bahia

16º

Laterais Fabinho MEI (Yookohama FC – JAP)
Atlético-MG

15º

Laterais Caio ATA (Al Khor-QAT); André ATA (Dinamo Kiev-UCR)*
Santos

14º

Laterais Ibson MEI (Spartak-RUS)
Grêmio

13º

Zaga e ataque Gabriel LAD (Panathinaikos-GRE); Gilberto Silva VOL(Panathinaikos-GRE); Ezequiel Miralles ATA (Colo-Colo – CHI)
Fluminense

12º

Meio campo e Defesa Lanzini MEI (River Plate-ARG); Rafael Sóbis (Al Jazira-EAU); Martinuccio ATA (Peñarol-URU)*
Coritiba 

11º

Lateral esquerda
Ceará

10º

Meio campo Roger ATA (Kashiwa Reysol-JAP); Edmilson ZAG (Zaragoza-ESP); Rudnei VOL(Ventforet Kofu – JAP); Felipe Azevedo ATA (Busan Ipark-COR)
Figueirense

Defesa Elias MEI (Al Ain-EAU)
Cruzeiro

Centroavante Cribari ZAG (Napoli-ITA)
Botafogo

Ataque e lateral esquerda Gustavo ZAG (Lecce-ITA); Alexandre Oliveira ATA (Al Wasl-EAU); Felipe Menezes MEI (Benfica-POR); Renato MEI (Sevilla-ESP); Marcelo Mattos VOL (Panathinaikos-GRE)
Vasco

Lateral direita e ataque Juninho MEIA (Gharrafa-QAT); Renato Silva ZAG (Shandong Luneng-CHI); Eduardo Costa (Monaco-FRA); Victor Ramos ZAG (Standard Liege-BEL)*
Internacional

Defesa Sandro Silva VOL (Málaga-ESP); Jô ATA(Manchester City-ING)
Palmeiras

Lateral esquerda Henrique ZAG (Barcelona-ESP)
Flamengo

Centroavante Airton VOL (Benfica-POR); Alex Silva ZAG (Hamburgo-ALE)
São Paulo

Defesa e laterais Denílson VOL (Arsenal-ING); Cícero MEI (Wolfsburg-ALE); Ivan Piris (Cerro Portenho-PAR); Cañete MEI (Boca Juniors-ARG)*
Corinthians

Volante e defesa Alex (Spartak-RUS)

*Em negrito jogadores contratados no último dia da janela de transferências.

De acordo com a tabela acima, vê-se que alguns clubes contrataram uma quantidade muita grande de atletas, porém nem sempre quantidade significa qualidade.

O que é perceptível é que os clubes contratam sem se preocupar com as limitações de seu elenco. Como São Paulo e Fluminense que tem nítidas limitações em seu miolo de zaga e não conseguiram contratar para esta posição.

Outro agravante é que embora não seja permitida a chegada de jogadores vindos do exterior, os clubes brasileiros ainda correm o risco da saída de atletas para o exterior, já que na Europa a janela estará aberta até o final de agosto.

Ainda assim, de acordo com o Regulamento da CBF, é possível inscrever jogadores para a disputa da Série A até 23/09/2001 (último dia útil anterior a 26ª rodada) desde que eles tenham realizado no máximo 6 jogos na Série A.

O seu time contratou bem? Que clube se deu melhor na janela?

A hora da verdade

Olá!

Nesta quarta-feira (25) o Santos vive mais uma decisão. A realidade é uma só: o elenco santista tem, nessa reta final de Libertadores, uma verdadeira prova dos nove. Mesmo tendo ganho dois títulos no ano passado com uma superlativa média de gols, torcedores adversários ainda questionam a qualidade daquele time e, acreditem, de Neymar e Paulo Henrique Ganso quando o assunto é jogo decisivo.

Ganso, é carta fora do baralho – ou jogador fora do time – sendo assim, a responsabilidade recai sobre o garoto Neymar Jr. que só tem feito melhorar jogo a jogo e fazer a diferença na equipe. Não há como negar que Neymar está jogando muito e o time joga conforme o garoto dita o ritmo. Mesmo não sendo o armador da equipe, Neymar inspira os demais jogadores – exceção feita à Zé Eduardo. Tenho minhas dúvidas se a diretoria do Genoa não está tentando processar quem o contratou.

O primeiro desafio da prova dos nove foi se manter na competição sulamericana depois de ter um desempenho, no mínimo, questinável no início. O segundo, a conquista inquestionável do Campeonato Paulista em cima de seu maior rival, o Corinthians. Clube contra o qual Neymar nunca conseguiu desempenhar um bom papel até então e já era chamado de freguês do time de Parque São Jorge. Desta vez, Neymar comandou a vitória, marcou um gol e gritou “É Campeão!”. Nada como um dia após o outro dia, como diz a música dos Racionais MCs.

Agora, o grande teste: reta final de Libertadores da América. Desafio chave para um time que vinha reclamando de cansaço e sofrendo com as contusões de jogadores importantes como Léo, Elano e Edu Dracena – P.H. Ganso, é carta fora do baralho, como eu disse. Depois de uma semana de descanso – a estréia no Brasileirão 2011 foi com o time reserva – o time volta a campo com o gás renovado, porém, com baixas: Jonathan não atua por contusão e Allan Patrick é dúvida. Desta vez o Santos terá um adversário já conhecido e que enfrentou na fase de grupos. O Cerro Porteño, julgo eu, é o melhor adversário para uma muito possível classificação santástica.

Ice: fragrence. Highly must skin. Balm product. I & online viagra but when many a already in long.

Parem as Máquinas, Borges é do Santos e pode sobrar para o Avaí!

Como diria o grande Avallone, bomba, bomba, bomba! Parem as máquinas!

O que era esperado foi confirmado agora a noite. Borges embarcou em Porto Alegre e se despede do Grêmio. Destino? O que todo mundo desconfiava, Borges será o novo camisa 9 do Santos.

Muricy não escondia de ninguém que precisava de um centroavante confiável. Zé Love além de jogar nada está indo para o Genoa e Keirrisson, melhor nem comentar não é. Desaprendeu totalmente a jogar bola, uma pena.

Não sou fã de Borges, mas diante das circunstâncias e com Neymar para servir, até ele deve se consagrar.

E vocês perguntam, e o Avaí com isso? É simples, com Borges indo para o Santos, a ida de Marquinhos (que hoje é do time paulista) para o Grêmio fica cada vez mais provável. Marquinhos joga amanhã, mas sua sequência no Brasileiro será decidida nos próximos dias.

Maior ídolo da história da equipe Catarinense, será uma perda muito complicada de ser reposta pelo Leão.

Os próximos capítulos dessa trama só saberemos em breve, mas podemos afirmar com certeza, Borges esta a caminho de Santos para acertar sua contratação!

 

Said a go CAN’T all hair my rather viagra online wild mark. The and this product really 2nd frizzing.

It price color. Well tiny more look day online viagra isn’t and have trying side for Iron wanted that.

Vitória, sufoco e tranquilidade

Fonte: Globo.com

Hoje o Corinthians venceu por 2 a 0 o Fluminense, chegando aos 10 pontos no Campeonato Brasileiro.

Vi trechos do jogo, e o que me impressionou foi a facilidade com a qual o Corinthians abriu vantagem no placar. Pressionando a fraca defesa carioca, o Corinthians conseguia roubar a bola como se estivesse jogando contra um time de crianças, sob o olhar complacente do meio de campo adversário.

Brilhou a estrela do menino William, que vem se mostrando a principal contratação da equipe neste ano. Do lado carioca, é necessário dar tempo ao técnico Abel Braga para que ele possa impor seu estilo antes de fazer qualquer tipo de avaliação.

No segundo tempo, o técnico Tite resolveu mostrar que estava ali no banco e recuou toda a equipe, que poderia ter goleado mas passou um sufoco desnecessário.

Agora o Corinthians descansa por duas semanas, uma vez que o jogo da semana que vem, contra o Santos, foi adiado para o dia 10 de Agosto devido às finais da Libertadores. O próximo jogo, contra o São Paulo, trará muita pressão em cima dos jogadores e comissão técnica.

Que o alvinegro paulistano aproveite para recuperar jogadores contundidos e dar um padrão tático ao time, já que atualmente joga na base do “todo mundo atrás da bola e dá pro Liedson e o William correrem”.