Escolha uma Página

Ganhou mais um clássico, mas… e daí?

Mais uma vez Danilo marcou em um clássico.

Ontem, em um jogo até que emocionante e brigado, o Corinthians ganhou o clássico contra o São Paulo por 1 a 0, gol de Danilo, no Pacaembu.

Fora a alegria de vencer mais uma vez o rival, o que esta vitória acrescenta ao Corinthians?

Pode dar um pouco de moral para o jogo de quarta-feira, contra o Deportivo Táchira, é verdade, e se tivesse perdido talvez houvesse um pequeno borburinho em torno do resultado.

Mas taticamente, não foi possível analisar nada, pois o ataque era o reserva.

Tecnicamente, é muito mais fácil perceber a péssima fase de Julio Cesar e Alessandro do que qualquer outra coisa.

Fisicamente, é impossível analisar um time que faz a pré-temporada com o campeonato já em andamento (no que o Corinthians não tem culpa, diga-se de passagem, é a zona que nosso futebol brasileiro proporciona mesmo).

Nessa época do ano é muito importante relativizar os resultados, e muito difícil analisar as atuações. Poderia aqui elogiar Danilo, Jorge Henrique e Fabio Santos, que jogaram bem ontem, assim como o Cortez e o Denis pela equipe São Paulina. Acho que seria muito mais produtivo que as equipes estivessem se preparando fisicamente, disputando torneios amistosos, sem compromisso com resultados.

Vejo grande parte da mídia massacrando o técnico Leão e o João Filipe, que jogou improvisado na lateral direita. Mas será que tinha outra opção também? Não corria o risco de estourar outro jogador, pior preparado fisicamente?

E vocês, o que acham, essa vitória acrescenta alguma coisa à equipe do Corinthians ou foi apenas mais um jogo em que não perder era mais importante do que ganhar?

Recuperação ou novo vexame?

Recuperação ou novo vexame?

Depois de um campeonato brasileiro pífio e de um início de temporada nada animador para os torcedores do Palmeiras, não é de se surpreender que a equipe do Felipão só tenha conseguido fazer 5 dos 9 pontos que disputou nessas três primeiras rodadas do Paulistão 2012.

A equipe é fraca, falta um líder no time e até mesmo o Felipão já não parece mais o mesmo. Isso para não falar das desastrosas trapalhadas da diretoria palestrina.

Quem acha que é exagero pode ver e analisar os resultados até aqui. Uma vitória e dois empates. O primeiro empate contra a Portuguesa ainda vá lá. Mas não dá pra engolir o empate contra o Catanduvense. Talvez possa entrar para a história desse Paulistão como um dos jogos mais sem sal do torneio.

Para acabar ainda mais com a moral do time, basta dar uma passadinha de olho na tabela de classificação. Além de ter que ver os dois maiores adversários na liderança, o Palmeiras está atrás de Paulista, Ponte Preta, Mogi Mirim e Guarani!

Na próxima quarta, dia 1º de fevereiro, o time vai ao Pacaembu tentar reverter essa fase regular. O adversário da vez é o Mogi Mirim, que atualmente ocupa a 5ª colocação na tabela (O Palmeiras está no 7º lugar) .  Vamos esperar para ver.  Eu acho que dá vitória do Palmeiras por 2 x 0 até para os jogadores ganharem moral. E vocês leitores do Em Cima da Linha? Alguém arrisca um placar?