Escolha uma Página
Avanti, vitória e Obina: a semana cheia do verdão

Avanti, vitória e Obina: a semana cheia do verdão

A semana do Palmeiras foi um bocado movimentada, apesar do começo forte de ressaca pela derrota ridícula frente aos reservas do Corinthians, o time não se abalou, venceu sua primeira bem por 3 a 1 sobre o Figueirense e como complemento da boa semana, o programa de sócio-torcedor Avanti foi relançado e o Obina tem tudo acertado, faltando apenas os exames para o anúncio oficial.

Os ventos no Palmeiras definitivamente vem mudando. Depois daquela derrota vexatória(ao meu ver, apesar de influenciar pouco na final, ver o time jogando com preguiça é sempre algo que irrita qualquer torcedor), em outros tempos seriam todos contestados, o Felipão posto em xeque(de novo), entre tantas outras coisas que tornaram-se uma triste rotina. Entretanto dessa vez foi diferente, pois o foco na Copa do Brasil, acabou por amenizar o baque da derrota e o foco foi inteligentemente desviado para o anúncio do estádio, comentários sobre a possibilidade de ter ou não o Henrique, entre outros.

Quinta-feira, foi feita a divulgação do Avanti reformulado e do que pude ver do plano, foi pensado direito dessa vez. Acho que poderia se ter um detalhe maior sobre promoções e formas de beneficiar os sócios de fora de SP, porém o sucesso do novo formato é bem evidente, pois em apenas 3 dias depois do anúncio, mais de 12 mil torcedores já tinham feito sua inscrição e inclusive esgotado todos ingressos da primeira partida da final. Isso apenas comprova que com alguma boa vontade e inteligência, o Palmeiras pode conseguir lucrar muito com sua torcida e o retorno(eram esperado 5 mil até o fim da semana) é a mais clara prova disso.

Voltando ao futebol, contra o Figueirense, mesmo com o time misto e com algumas dificuldades no início do jogo(tanto que acabou saindo atrás no placar), o time soube se impor e conseguiu sua primeira vitória no torneio com gols de Román, Barcos e Maikon Leite. A vitória não tirou o time da zona de rebaixamento, mas o simples fato de se recuperar, já dá mais moral para a equipe na quinta-feira encarar o Coritiba na primeira partida da final. Melhor ainda ver a dupla de ataque marcando e mostrando que o entrosamento continua bom.

Barcos com esse, já tem 13 gols na temporada, faltam 14 para cumprir sua promessa de 27 e devo dizer que quanto mais o vejo jogar, mais tenho certeza que o Palmeiras investiu muito bem na sua contratação, de longe o melhor centroavante que o time tem em anos. Sabe fazer pivô, tem qualidade para tabelar com quem chega de trás, sem contar o faro de gol(é muito oportunista). Só passou por uma fase irregular, quando o time todo vinha inconstante, porém já vem jogando como quando chegou.

Falando em atacante, depois do jogo, foi feito o anúncio do acerto com o Obina até o fim do ano por empréstimo. Devo dizer que foi sorte o time ter acertado com ele só agora, pois se tivesse sido feito no começo do ano, possivelmente o Barcos não teria sido contratado e ele é muito mais jogador que o Obina.

A contratação pra mim é excelente, pois ele vem para qualificar o elenco e não para ser o titular absoluto(coisa que eu não queria), ele é oportunista e dá uma boa opção para o Felipão, quando por algum motivo o Barcos não puder jogar(suspensão, ser poupado, etc) sem perder tanto em qualidade. Ponto para a diretoria que está montando um elenco mais forte e ao meu ver acertou de novo em um contratação.

Essa semana a diretoria foi digna de palmas: escolheu Barueri pensando principalmente no retrospecto, ao invés de ver só o retorno financeiro(alguns queriam o Morumbi), refez o programa sócio-torcedor com mais qualidade e trouxe uma boa opção para o elenco, sem arriscar em outro pereba(Ricardo Bueno, Betinho…).  Eu que tanto critiquei a direção pelas bobagens sem número ano passado, tenho me surpreendido com o saldo positivo desse ano até o momento. Se continuar nesse avanço, acredito que o ano do centenário reservará muitas alegrias para a torcida alviverde.