Arquivo da tag: Milan

Melhores contratações do meio do ano – Parte 2

Passada boa parte da janela de transferências e faltando pouco mais de uma semana para seu fim, trago agora a segunda parte das boas contratações realizadas nessa janela de transferências.

Nota-se claramente que nessa parte, temos menos nomes de impacto, ainda sim muitas ótimas contratações foram feitas.

(Você também pode conferir a primeira parte, clicando aqui)

Vamos então a elas:

Continue lendo Melhores contratações do meio do ano – Parte 2

As melhores transferências europeias – Parte final

Considerando que a terceira quinzena da janela foi praticamente nula(apenas duas transferências, que serão citadas aqui), o final foi como de costume movimentado, com algumas surpresas e negociações de última hora. Acredito olhando o término que muitos times pagaram por apostas e tentativas erradas, ficando a ver navios ou com resultados muito aquém do esperado(esses também em alguns casos comentarei na própria contratação), mas vamos a elas:

Bernard(Atlético-MG – Shaktar) – Ótima contratação do time ucraniano, que agora tem uma peça que pode repor a altura a perda do Willian na janela de janeiro, que não havia sido tão bem suprida com a chegada do Taíson, que não teve um encaixe tão bom no time. Pelo lado do jogador achei um negócio péssimo, ele tem futebol e qualidade para conseguir um centro maior, porém a pressa do Atlético e sua própria pressa(por parte de pais, empresários principalmente), não ajudaram em nada. A sorte dele é que o time é repleto de brasileiros, o que facilitará a sua adaptação, mas futuramente deve ter problemas quando quiser ir para outro centro, pois o Shaktar já é conhecido por endurecer nas negociações.

Luiz Gustavo(Bayern de Munique – Wolfsburg) – Um dos melhores jogadores do time na tríplice coroa e titular absoluto, foi dado como dispensável com a chegada de Guardiola ao time. Algo bem inexplicável considerando o bom desempenho do mesmo e sua qualidade como primeiro volante, sendo uma peça que dava muita segurança ao setor defensivo do time bávaro. Melhor para o time do Wolfsburg que levou um excelente jogador por uma quantia alta, mas que será recompensada, pois ele já provou tanto no time alemão como na seleção que pode ser um jogador muito valioso. Pior para o Bayern que fica sem uma boa opção no elenco para a posição.

Eriksen e Lamela(Ajax e Roma, respectivamente – Tottenham) – Peças contratadas para suprir a venda do Bale. O primeiro vinha sendo especulado em diversos times, graças as ótimas atuações no Ajax, sendo peça importantíssima do time holandês, tem tudo para encaixar bem nesse meio. Já o Lamela vem de uma temporada de destaque no time romano, tendo finalmente estourado e sido aquele jogador que muita gente esperava quando ele foi contratado. Chegou por um preço caro, mas deve valer o investimento. O Tottenham como um todo saiu-se muito bem no mercado, levou ótimas peças e boas revelações. Quando o time estiver mais entrosado, deve conseguir finalmente a vaga na Champions que vem batendo na trave nos últimos anos.

Eto’o e Willian(Anzhi – Chelsea) – O time inglês já estava bem reforçado, além de não ter perdido nenhuma peça relevante e termina a janela levando duas excelentes peças para o seu plantel. O primeiro foi especulado na Inter, que nada fez(e devia, pois precisa), já o segundo tinha tudo certo com o Tottenham e de última hora mudou de ideia(não aprovo esse tipo de comportamento, pois me passa a impressão de jogador sem palavra). O time agora tem o centroavante que queria e mais um meia para o já fortíssimo meio campo do time inglês. Certamente o melhor elenco da Inglaterra atualmente.

Mesut özil(Real Madrid – Arsenal) – Milagre!!! O time londrino tirou o escorpião do bolso e fez um investimento de real qualidade para seu time. Levou um dos melhores meias do mundo(talvez até seja o melhor) pagando um salgado valor de 50 Milhões de euros, mas que certamente valerá tão alto investimento, pois o meia trará um acréscimo de qualidade considerável ao time. Exceção a essa contratação, o time inglês teve mais uma janela de transferências patética, pois ficou namorando o Suaréz e perdeu muitas outras boas contratações. O time é desequilibrado, não tem boas peças ofensivas, não tem laterais de bom nível e falta reposição no elenco. Me impressiona o fato de o time estar todo ano na Champions, que parece ser mais por incompetência dos rivais do que méritos próprios, pois as apresentações do time tem sido pífias no âmbito continental. Talvez com o Özil as coisas melhores um pouco, porém só uma peça talvez não seja o suficiente…

Kaká(Real Madrid – Milan) – Certamente a idolatria do time e torcedores italianos com o jogador, fizeram eles esquecerem dos anos pífios dele no time espanhol, a grande quantidade de problemas físicos e que ele nem de longe lembra o craque decisivo que saiu em 2009. Trazer apenas ele e o Matri(que acho uma contratação mediana, então nem entrarei em detalhes sobre) é muito pouco para um time da grandeza do Milan. O time é fraco, tem apenas o diferencial de uma dupla jovem e muito qualificada de ataque(Balotelli e El Sharaawy), porém a defesa é muito fraca e o meio irregular e a chegada do brasileiro não deve servir para amenizar os problemas e dependendo do Kaká que chegar lá, pode se tornar apenas mais um dos tantos problemas do clube milanês.

Gareth Bale(Tottenham – Real Madrid) – A contratação que todos esperavam saiu e por um valor realmente absurdo: 100 milhões de euros!! Não sei realmente se ele fará valer tal investimento, mas isso pareceu mais uma contratação de “honra”, para compensar a perda do Neymar do que outra coisa. O time espanhol agiu de uma forma ridícula, ao desrespeitar o clube e ir direto ao jogador para força-lo a sair, além da pressão feita depois no próprio time, quando mesmo não o queria vender e acabou forçado pela própria pressão do atleta, que depois de tudo não queria mais permanecer. Acho esse tipo de atuação lamentável e devia haver uma regra que evitasse esse tipo de abordagem aos jogadores, até como uma forma de preservar o clube atual do mesmo, que muitas vezes acaba se vendo pressionado de todos os lados por conta desse tipo de atuação. Sobre o jogador, sem dúvida servirá para dar um desafogo ao Cristiano Ronaldo, já que de tempos, só ele que decidia para o time espanhol e agora tem uma excepcional companhia. O time ainda deixa a desejar na defesa(novidade…) e não tem dos centroavantes mais confiáveis, no entando com duas peças das melhores do mundo no seu setor ofensivo, talvez isso seja compensado.

Kevin-Prince Boateng(Milan – Schalke 04) – Negociação inexplicável, depois de ele ter sido o herói da classificação do time para a fase de grupos da Champions. Foi claramente vendido para dar espaço ao Kaká, mas considerando que ele é mais jovem e vinha em franca evolução, enquanto o outro já esteve no auge e agora só tende a decair, o negócio foi péssimo. Melhor para o time alemão, que conseguiu um excelente reforço para montar um meio campo muito bom junto com a revelação alemã Julian Draxler.

Fellaini(Everton – Manchester United) – Jogador de muito bom nível e destaque a tempos do time do Everton, acabou chegando mais como uma forma do time dizer que contratou alguém de nome, depois de uma janela inteira de recusas(casos de Fabregás, Thiago Alcântra por exemplo), novela Rooney muito mal conduzida. A gestão do Moyes no time começou de forma péssima, agora é ver se o time consegue manter o nível e o ritmo para essa temporada, pois os seus principais rivais(City e Chelsea) chegarão com elencos muito mais fortes, enquanto o dos diabos vermelhos teve pouco acréscimo, pois apesar da chegada do volante/meia, o time ainda carece de opções na defesa, o que pode ser determinante em momentos decisivos, como foi no ano passado, quando sua defesa acabou cedendo(exemplo no caso do jogo contra o Real Madrid). Mais um dos times que levaram mal o período de contratações, não soube aproveitar as boas oportunidades, acabou pagando caro de última hora e nem sequer levou tudo que precisava.

Mahmadou Sakho(PSG – Liverpool) – Estranhamente liberado, considerando que era uma peça importante do time francês, jogador chega para acertar a defesa do time de Liverpool. Muito bom volante, forte na marcação, deve cair como uma luva no time. O Liverpool não tem gastado muito e vem se remontando, mas nessa janela conseguiu o principal, que era manter o Suaréz e trouxe boas peças para a defesa(Touré e Sakho). Ainda está abaixo dos dois times de Manchester e do três Londrinos, porém essa diferença tende a diminuir nessa temporada.

 

Tendo sido essas talvez as movimentações mais relevantes do final da janela(houveram tantas outras, mas de pouco impacto), agora é aguardar o desenrolar das competições e ver se as peças contratadas farão juz ao investimento. Alguns times que comentei em especial nas contratações devem ter sérias dificuldades no ano e apesar de tantos outros terem gastado quantias astronômicas, não vejo nenhum supertime que possa despontar como franco favorito a uma Champions por exemplo… Atualmente devem ter cerca de uns 10 times nessas condições, principalmente aqueles que souberam aproveitar as oportunidades de contratar bons jogadores. Tantos outros gastaram demais e talvez não tenham prestado atenção no próprio elenco ao deixar várias pontas soltas, principalmente na defesa(é impressionante como muitos times esquecem o fato de que um time de futebol também tem setor defensivo). Agora é aguardar para ver.

Jogos de volta Champions – parte 2

E agora a segunda parte dos confrontos das oitavas de final:

Barcelona x Milan (2 x 0 Milan na ida em Milão)

   Resultado totalmente inesperado, pois talvez nem os milanistas acreditavam em um resultado tão expressivo contra o considerado melhor time de mundo e não apenas o placar, pois o Barcelona também não comseguiu jogar, devido ao fortíssimo sistema defensivo montado pelo time italiano, que não teve vergonha de jogar de uma forma bem retranqueira mesmo dentro de casa.

O Barcelona vem em talvez sua pior fase em tempos: a derrota já citada, duas derrotas para o Real(uma valendo vaga na final da Copa do Rei e uma com o time misto do Real) e jogos abaixo da média no espanhol. O time parece ter perdido o rumo nesse momento e entra precisando jogar o seu melhor, pois precisa de pelo menos 2 gols, sem tomar nenhum, para passar. Tarefa muito ingrata, ainda mais nesse momento.

Recuperando-se no italiano e com esse resultado, o Milan parece ter voltado aos bons dias. O time na Itália tem a vantagem de contar com o Balotelli, que não pode jogar a Chapions, em um ótimo momento, jogando mais e fazendo menos besteiras. O time eu ainda acho fraco, porém certamente vive seu melhor momento na temporada.

Acredito que o Barça deva dar adeus mais cedo, tanto pelo resultado, como pelo momento das equipes, no entanto mesmo com o Milan passando, não acho que deva ter vida longa(a não ser que dê sorte no próximo confronto).

Schalke 04 x Galatasaray (1 x 1 ida em Istambul)

   Resultado que ficou com gosto de derrota para o time turco, que mesmo com mais volume de jogo e com suas duas novas estrelas em campo(Drgoba e Sneijder) não conseguiu sair com a vitória nesse primeiro confronto.

O Schalke vem animado com a vitória no clássico contra o Borussia Dortmund e contando com a vantagem do resultado, deve jogar principalmente no erro do Galatasaray, porque não acredito que ele se lance ao ataque com o resultado a seu favor.

Pelo lado turco, o time lidera sossegado o campeonato, mesmo com a derrota no fim de semana e deve desde o início partir para cima, usando sua melhor arma que é o trio formado pelo Sneijder-Drogba-Yilmaz.

O placar do primeiro jogo virou o favoritismo de lado, vejo o Schalke com melhores possibilidades de passar a próxima fase, porém é outro time que não creio que deva ir longe, pois ao contrário da vez que chegou as semi, conta com um time bem mais fraco.

Malagá x Porto (1 x 0 Porto em Porto)

   Porto chega com a vantagem da vitória em casa, porém ao contrário dos dois primeiro jogos, vejo esse como um placar em aberto, principalmente pelo bom time do Malagá, que vem fazendo um excelente espanhol. Diferente da fase de grupos, nesse primeiro jogo o time foi amplamente dominado e acabou saindo até barato apenas 1 a 0.

O time português vem em boa fase, se aproximando do time do Benfica na liga local e segue com a vantagem do placar, mais do que nunca deve jogar fechado, apenas esperando a chance de marcar um gol qualificado(fora de casa), para selar de vez a classificação para as quartas.

Estranhamente apático no primeiro confronto, o time espanhol continua bem no espanhol, seguindo em quarto lugar e garantindo a vaga para a próxima champions. É pouco provável que em casa o time jogue tão mal como no primeiro jogo, talvez tenham sentido um pouco a pressão de ser a primeira vez do Málaga em uma segunda fase de Champions.

Mantenho meu palpite ainda de que o Málaga tem ligeira vantagem, mesmo com o placar adverso, ainda acho que ele deve reverte-lo dentro de casa, porém dependerá que seus jogadores mais experientes(Saviola, Demichielis, Lugano), acalmem os mais novos e evitem que eles sintam a pressão como foi o que pareceu no primeiro jogo. Jogando o que vem ao longo da temporada, eles conseguem reverter e sair classificados, porém o experiente e acostumado time do Porto será dificílimo de ser batido, mesmo sem a mesma força de outros anos.

 

Bayern x Arsenal (3 x 1 na ida em Londres)

Certamente o melhor placar dos 8 confrontos. O Bayern simplesmente atropelou o Arsenal na sua própria casa, e o time inglês deve agradecer porque tal o desequilíbrio cabia mais.

O time bávaro vem atropelando todo mundo no campeonato local e caminha sossegado para ser campeão, jogou como quis na primeira partida e entrará tranquilo no confronto. Acredito que deva sair com uma vitória ainda mais fácil que a do primeiro jogo.

Lamentavelmente o time inglês a cada dia que passa mais entra na condição de mero coadjuvante… os tempos de Henry e cia são uma coisa tão distante que chega a ser difícil crer que é o mesmo time. Até soube se renovar, mas não manter o time, jogadores como Nasri, Fábregas, Kolo Touré, Flamini, Van Persie, etc poderiam colocar esse time entre os favoritos ao título, porém sem repor a altura as perdas, indo mal inclusive no inglês, fazendo feio nas copas(perdeu as duas para times de divisões inferiores), deve entrar nesse jogo, apenas para buscar uma eliminação mais honrosa.

Favorito ao título o Bayern passa sem susto e segue firme como favorito ao título(no momento acredito ser o melhor time da Champions, seguido por Real e Borussia).

Fase final Champions – Confrontos 2

Seguimos agora com os 4 confrontos restantes das oitavas de final:

 

Arsenal x Bayern de Munique

FC Bayern München Artilheiros:                   Claudio Pizarro 3                       Thomas Müller 3                        Bastian Schweinsteiger 2 Toni Kroos 2                                           Mario Gomez 1                                              Franck Ribéry 1                                  Arjen Robben 1                                             Xherdan Shaqiri 1 campanha:                                                           4v 1e 1d 15gp 7g                                                                                                                                        
Arsenal FC                                           Artliheiros:                                               Lukas Podolski 3              Gervinho 2                                         Olivier Giroud 1                                                  Theo Walcott 1                                        Aaron Ramsey 1                             Tomáš Rosický 1 campanha:                                            3 v 1 e 2 d 10gp 8gc

Apesar de serem dois times muito tradicionais, o confronto pende bem para o lado dos Bávaros. O time de Munique é praticamente o mesmo da temporada passada, com alguns acrescímos muito interessantes(casos de Mandzukic e Javi Martinez), além do já fortíssimo time que conta, entre outros com Neuer, Lahm, Schweinsteiger, Mário Gomez e os dois astros do time, Arjen Robben e Franck Ribéry. O time começou meio instável, tendo até perdido para o Bate Borisov no segundo jogo, mas depois engrenou e acabou por terminar na liderança(teve vantagem contra o Valência nos critérios desempate, pois ambos terminaram com 13 pontos).

O Arsenal por sua vez, manteve a tradição de vender seus destaques e não repor a altura. Perdeu Song e seu astro Van Persie e repôs com Cazorla(que acabou virando destaque do time), Podolski e Giroud(nenhum dos dois sequer fez sombra as excepcionais atuações do Holandês). Triste ver um time que costuma ser conhecido pelo seu futebol bonito e vistoso, montar times capengas que vão sair do nada e… continuar no nada… Esse ano porém eles pagaram mais caro por essa forma ridícula de montar times, pois sofreram no seu grupo e terminaram atrás do Schalke(que não tem nenhum time espetacular) e acabaram por ficar ameaçados de pegar algum adversário bem ingrato e de fato foram “premiados” pegando dos times mais fortes da Europa.

O confronto deve mostrar alguma resistência do time inglês em casa e se conseguir algum resultado bom em Londres, talvez tenha chance de passar, porém se em casa não conseguir uma vitória pelo menos razoável(uns 2 gols de vantagem), na Alemanha não deve oferecer tantos problemas.

Qualquer um que passe desse confronto, deve ser uma parada indigesta, pois por mais que o Arsenal não conte com um time tão forte, deve ganhar uma motivação considerável se passar pelo Bayern, ao passo que o time alemão passando, é sério candidato ao título.

 

Galatasaray x Schalke 04

FC Schalke 04             Artilheiros:                                 Klaas-Jan Huntelaar 4 Benedikt Höwedes 2 Ibrahim Afellay 1             Jefferson Farfán 1 Christian Fuchs 1 campanha:                                  3 v 3 e 10gp 6gc
Galatasaray AŞ Artilheiros:                  Burak Yılmaz 6              Aydın Yılmaz 1 campanha:                      3v 1e 2d 7gp 6gc

  Um confronto relativamente equilibrado, pois ao passo que o Galatasaray fez uma primeira fase irregular, se recuperando apenas mais para o final, vencendo inclusive o Manchester(tudo bem que o time já estava acomodado com a classificação antecipada, mas ainda sim é algo a se comemorar), segue muito bem no campeonato nacional(onde lidera), ao passo que o Schalke, que fez um primeira fase consistente, tendo inclusive vencido e empatado os dois confrontos com o Arsenal e terminado a frente do mesmo, faz um nacional muito ruim, estando até o momento na modesta sexta posição.

   A disputa se desenhava com ligeira vantagem para o Schalke, porém com as chegadas de Sneijder e Drogba para o Galatasaray(mesmo com a chegada do Bastos para o Schalke), o time turco passou a ser franco favorito no confronto, haja visto que tem 2 consideráveis reforços que podem facilmente serem o diferencial em uma partida.

  Com um bom encaixe dos dois, o Galatasaray pode ser candidato a zebra dessa champions

 

 

FC Barcelona x AC Milan

AC Milan              Artilheiros:               Stephan El Shaarawy 2 Pato 2                                Urby Emanuelson 1 Philippe Mexès 1 campanha:                                           2v 2e 2d 7gp 6gc
FC Barcelona                        Artilheiros:                                                      Lionel Messi 5                                          Daniel Alves 1                                     Cesc Fàbregas 1                                             Andrés Iniesta 1                                             Alexis Sánchez 1                                            Jordi Alba 1                                                                       campanha:                                                   4v 1e 1d 11gp 5gc

   Clássico mundial, que considero, tem o Barcelona como favorito disparado.

   Por mais que o Milan tenha trazido alguns jogadores(uns medianos), o time ainda encontra-se consideravelmente inferior ao espanhol… ainda perderam o Pato, que repuseram com o Ballotelli, mas que este não poderá jogar, por já ter disputado o campeonato pelo Manchester City.

   O time de Barça é basicamente o mesmo das últimas temporadas: mantém a base, tem o Messi jogando bem como sempre, o meio forte e o time que marca pressão e prioriza a posse de bola. A fase de grupos para eles foi tranquila, pois pegaram um grupo relativamente fácil, passaram sem problemas pelos adversários, sendo apenas surpreendidos pelo Celtic por 3 a 2 na Escócia, mas nada que ameaçasse sua liderança.

  Já o Milan sofreu muito no seu grupo. Viu o Málaga disparar na frente e garantir a primeira posição de forma antecipada, tendo inclusive sofrido contra eles em ambos confrontos e passou mais por incompetência do Zenit, que começou muito mal, tendo perdido muitos pontos para o Anderlecht(tanto que até superou o Milan no último jogo), do que propriamente por grandes méritos.

  Mesmo com a melhora do time italiano no campeonato nacional, ainda seria uma grande zebra que ele superasse o time do Barcelona, que sobra no espanhol e mantém praticamente o mesmo nível de atuação da época do Guardiola

Málaga CF x FC Porto

FC Porto                                           Artilheiros:                                Jackson Martínez 3 Silvestre Varela 2                  Lucho González 2                           João Moutinho 1                       Steven Defour 1 campanha:                                                                        4 v 1 e 1 d 10gp 4gc
Málaga CF                        Artilheiros:                        Eliseu 3                                         Joaquín 2                                                Duda 2                                                                      Isco 2                                          Diego Buonanotte 1    Javier Saviola 1                         Seba 1                                                                    campanha:                                                          3 v 3 e 12gp 5gc

  Certamente um dos confrontos que menos chama a atenção dentre os oito, haja visto que nenhum dos dois times tem um grande nome jogando, apesar de ambas serem equipes bem montadas.

  O Málaga surpreendeu a todos quando terminou com folga na primeira posição no mesmo grupo do Milan e de forma invicta, mesmo que no começo da temporada tenha perdido seu melhor jogador(Santi Cazorla, que foi para o Arsenal), entretanto conseguiu manter a base, ainda trouxe alguns reforços(casos do Saviola e Santa Cruz), além de contar com a ótima fase de Isco e principalmente Eliseu.

  O Porto depois de perder o Hulk para o Zenit, manteve a tradição de apostar em jogadores pouco conhecidos e novamente a fórmula parece dar resultado, pois seu principal destaque, o colombiano Martínez, até pouco tempo atrás era apenas um jovem desconhecido, descoberto pelo Porto, tornou-se seu principal destaque. Apesar de ter terminado atrás do PSG na fase de grupos, fez uma excelente campanha(13 pontos) tendo perdido apenas para o próprio time francês na última rodada.

  Vejo o time espanhol com pequena vantagem sobre o português, pois me parece um time mais forte individualmente, porém o Porto é um time muito tradicional em Champions e vende muito caro qualquer eliminação, porém não vejo nenhum dos dois com vida longa na competição, acredito que não devam ir além das quartas.

Fim do campeonato italiano 10/11

Neste final de semana, na velha bota, aconteceu a última
rodada do Calcio 2010/2011. Como já estava quase tudo definido, sobrou apenas a
briga pela última vaga da Champions League. A Lazio precisava de uma vitória e
torcer para uma derrota da Udinese. Apenas a primeira parte do plano deu certo.
A esquadra comandada por Di Natale conseguiu segurar o 0 a 0 com o Milan, em
casa, e garantiu a vaga na competição européia.

Para a Lazio sobrou a Europa League, em companhia da rival
Roma. O Palermo, que disputa a Copa da Itália contra a Inter no próximo
domingo, ficou com a terceira vaga para a “segundona” da Europa. O time de
Hernanes venceu o Lecce por 4 a 2, fora de casa, com dois gols de Zarate, um de
Rocchi e Vives; Coppola e Piatti descontaram para a equipe da casa. Para quem
começou o campeonato de forma arrasadora, a Lazio ficou com um gostinho de que
podia mais.

A Inter, por sua vez, venceu o Catania por 3 a 1, com
direito a dois gols de “Il pazzo” Pazzini. A equipe comandada por Leonardo
termina o campeonato seis pontos atrás do Milan, mas mostrando um bom futebol.
A conquista da Copa da Itália pode salvar a temporada. Já o Catania fez o
suficiente para escapar do rebaixamento.

A Roma terminou a temporada com uma boa vitória por 3 a 1
contra a Sampdoria, no estádio Olímpico. Os gols dos giallorossi foram marcados pelo tridente formado por Totti,
Vucinic e Borriello. Mannini descontou para a Samp. A Roma, após ser vendida,
terá que reformular sua equipe, caso queria conquistar algo na próxima
temporada. Já a Sampdoria disputará a Série B do Calcio, depois de ter
disputado a Champions League deste ano. A perda de Cassano e Pazzini foi
determinante para a queda do time de Alberto Cavasin.

No Olimpico de Turim, ao norte da Itália, Juventus e Napoli
ficaram no empate por 2 a 2. O Napoli chegou a lutar pelo título, mas algumas
derrotas no final do campeonato foram determinantes. Caso não queira fazer feio
na Champions League, deve se reforçar e não perder Cavani e Hamsik. Já os bianconeri
tiveram uma temporada para esquecer. Mais de 100 milhões de euros já foram
disponibilizados para reforçar o time. Além disso, a próxima temporada a Juve
jogará na casa nova.

O Genoa, jogando em seu estádio, fez grande festa para a
rival Sampdoria, já rebaixada. Os torcedores fizeram um minuto de silêncio e um
enterro simbólico da rival. Ah, teve jogo além das gozações. . O time da casa
bateu o Cesena por 3 a 2. Outra equipe rebaixada, o Bari, colocou os jovens
para jogar e venceu o Bologna por 4 a 0, fora de casa. O garoto Grandolfo foi o
destaque da partida com três gols.

O rebaixado Brescia recebeu a Fiorentina, no estádio Mario
Rigamonti, e ficou no empate por 2 a 2. A equipe da casa já estava rebaixada há
algumas rodadas, enquanto a Fiorentina fez um campeonato mediano.

De novo, Pato?


Como não poderia deixar de ser, a rodada terminou com mais
uma contusão de Alexandre Pato, do Milan. Desta vez o jogador deslocou o ombro,
após uma dividida com Zapata, da Udinese. O atacante terá que usar uma proteção
no local por quatro semanas, mas não precisará operar.  A Copa América, que será disputada na
Argentina, está praticamente descartada.

Chlorine with to stay note. My the the the. All I taking viagra with cialis little it the so palette so to peel what, I,.

Revlon chocolate when Christmas. Have have between oz that megaviagraonline.com of regular very no I use I repurchase a,.