Escolha uma Página
Mais uma final antecipada?

Mais uma final antecipada?

Este final de semana temos o jogo Cruzeiro x Internacional.

Mais um jogo importante para o campeonato, por ser um confronto direto entre o líder e o vice líder, afastados hoje por 6 pontos de diferença.

Muitos dizem que é uma final antecipada, mas… não disseram a mesma coisa quando o Cruzeiro enfrentou o São Paulo? (mais…)

Qual a real irregularidade?

Qual a real irregularidade?

A derrota de ontem do Palmeiras contra o Internacional, apesar de não ser nada fora do comum, dada a dificuldade que é vencer no Sul, tornou um pouco mais difícil a já complicada missão de safar-se da série B.

O time foi esforçado, porém contou com atuação desastrosa do Artur, que costuma primar por ser um bom defensor, ontem foi uma legítima avenida, tanto que praticamente todas jogadas do Inter foram pelo seu setor. O time conseguiu até sair na frente, mas em duas jogadas bestas, acabou por tomar a virada.

Ficou reservado para esse jogo uma polêmica no mínimo curiosa: o gol de mão do Barcos, que foi anulado, através de interferência direta da tv.

Colocarei aqui minha opinião sobre o tema:

1 – o gol foi de fato irregular, então não há efetivamente erro no fato de ele ser anulado
2 – o gol foi validado por todos: juiz, bandeirinha e até o quarto árbitro, que somente depois do aviso da já citada tv, é que o juiz voltou atrás na sua decisão
3 – receber ajuda externa é contra as regras, logo anular o gol foi algo ilegal

 

Não quero aqui defender um gol que foi ilegal, porém acredito que isso deve valer para todos e não apenas em um caso isolado. O gol anulado do Barcos contra o Botafogo, foi escandaloso, o pênalti a favor do Cruzeiro que foi fora da área também, no entanto não houve a mesma mobilização para que fosse feito o certo.

Ou vale para todos, ou não vale para nenhum…

No mais apesar de toda a polêmica da situação, são mais 5 jogos e com o empate do Bahia, a situação de fato pouco mudou, pois a desvantagem passou de 4 para 5 pontos.Há ainda a possibilidade de alcançar, porém vacilos como esse não serão mais aceitos.

Sobre o time, vejo que falta um pouco mais de visão de jogo para o Kleina… ele tem até acertado nas escalções na maioria dos jogos, porém durante o jogo não tem se mostrado capaz de alterar o cenário do jogo. Pode ser ainda adaptação, mas isso acaba sendo terrível, pois s o time vem em um dia ruim com determinada escalação, ele não tem se mostrado tão capaz de alterar o panorama da partida.
Atualizado: o jogo depois do recurso com que o Palmeiras entrou, está em suspenso, vindo a ser julgado possivelmente no próximo dia 22, há até mesmo chances de ele ser anulado. Acredito que independente do lance ser irregular ou não, um erro não justifica o outro, se houve erro do árbitro em validar o gol, que fosse punido ele e se é para valerem imagens de tv, que valham para todos os jogos de forma regulamentada, não dessa forma “por baixo dos panos” que analisam apenas um ou outro caso que possa parecer conveniente.

Noite vitoriosa

Noite vitoriosa

O técnico Tite

Em uma grande partida, o Corinthians acabou de vencer o Internacional, em jogo antecipado (alguém sabe o motivo?), e se isolou na liderança do campeonato, com 6 pontos à frente do segundo colocado, o Flamengo.

Com 35 mil torcedores apoiando, a equipe do Parque São Jorge travou um excelente duelo com a equipe do técnico Paulo Roberto Falcão, e conseguiu pontos preciosos, que com certeza outras equipes não conseguirão.

Alguns destaques da partida:

– O volante Paulinho novamente foi um dos grandes nomes do jogo, marcando muito bem e apoiando no ataque.

– O atacante William isolou-se como artilheiro do Corinthians, com 5 gols. Além disso, teve uma participação brilhante na marcação, ao lado dos outros atacantes, mostrando uma dedicação muito grande.

– O árbitro foi muito ruim, para ambos os lados. Deixou de marcar muitas faltas e aplicar alguns cartões.

– Apesar da liderança, o Tite consegue irritar, recuando o time após a vitória. Porém, tem muitos méritos na montagem da equipe, por conseguir uma abnegação dos jogadores e principalmente por não escalar ninguém pelo nome, e sim dando prioridade a quem está se destacando em campo.

– O Corinthians começa a mostrar que tem elenco. Quando Liedson não está bem, entra Sheik; quando Danilo não pode jogar, entra Alex. É sim um dos candidatos ao título, e se souber aproveitar enquanto os adversários estão desfalcados, pode abrir uma diferença muito difícil de tirar lá na frente.

– A equipe do Internacional está claramente em formação, mas se não fizerem nenhuma besteira e deixarem o Falcão trabalhar, é um time que tem tudo para conquistar muita coisa lá na frente.