Escolha uma Página

É hora de recomeçar

O Em Cima da Linha foi fundado em 2011. Nascido da paixão que vários amigos nutrem por futebol, a ideia inicial do veículo era ter um lugar no qual o torcedor comum tivesse voz. Porém, mais do que informar, o princípio básico do EL, como chamamos na intimidade, era que a gente pudesse ter diversão. Era a desculpa para que assistíssemos aos jogos, conversássemos sobre eles, nos reuníssemos aos finais de semana para fazer os programas ao vivo.

Com o tempo passando e os compromissos batendo à porta de todos, acabamos diminuindo bastante o ritmo, até paramos. Aí chegou a copa de 2014, e é lógico que não poderíamos ficar de fora da festa. Fizemos uma cobertura muito boa, chegamos a ter 30 mil acessos em um dia na nossa página do Facebook. Mas novamente os compromissos bateram à porta, algumas amizades se desfizeram, outras continuaram, porém mais distantes. Pouco depois da copa e praticamente só o Luiz Fernando Mutschele, o nosso querido Mutsa, continuou escrevendo por aqui.

Agora a Copa de 2018 está chegando, e de repente sentimos que é hora de recomeçar. Mas não faz sentido, em meio a tantas páginas legais, grupos de discussão em redes sociais, fazer o mesmo trabalho de todo mundo. Não queremos escrever sobre os jogos da copa, se foi ou não pênalti, se fulano é melhor ou pior do que o outro. Iremos atrás de histórias.

Pode ser a história de algum jogador, alguma seleção, um árbitro, um torcedor, enfim… qualquer coisa que evidencie o papel do futebol como instrumento de união não só no Brasil, mas em todo o mundo. Ainda não sabemos quem estará por aqui, a equipe antiga está sendo contatada aos poucos, e algumas pendências profissionais e pessoais precisam ser resolvidas para que todos possam estar de volta. Mas prometemos uma coisa: trazer a visão dos apaixonados por futebol, de uma forma que quem não gosta deste esporte jamais entenderá.

Enquanto os textos novos não saem, divirtam-se com o que temos de mais antigo por aqui.

Um forte Abraço a todos,

Fernando Henrique Brasil Rossini
Henrique Mariano Siqueira

O Futebol e a televisão

O Futebol e a televisão

Antes de mais nada, alguns avisos:

– Este texto irá desagradar a um grande número de pessoas.

– Estou escrevendo como PUBLICITÁRIO  e profissional de MARKETING, e não como torcedor do Corinthians.

– O fato de eu entender um fenômeno de comunicação não significa que eu concorde com ele ou que agiria igual se no comando estivesse.

Posto isso, vamos lá. Em várias conversas com os demais integrantes do Em Cima da Linha, muitos (em especial o Luiz) contestam o número de jogos do Corinthians que são transmitidos pela Rede Globo, além do baixo número de jogos comparados a outros esportes e outras mídias. Vamos entender o que significam Corinthians e Flamengo para a Rede Globo? (mais…)

Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

jamesrodriguez4afp

Assim como aconteceu após a Copa de 2010, quando contratou dois dos destaques da competição (Özil e Khedira), o Real Madrid trouxe mais dois galácticos para se juntar à sua constelação.

Depois de Toni Kroos, meia/segundo volante alemão ex-Bayern de Munique e um dos melhores jogadores da Copa segundo a FIFA e enquete com torcedores, hoje foi a vez do colombiano James Rodríguez, ex-Monaco. O meia de 23 anos foi o artilheiro da Copa do Mundo e autor do gol premiado como o mais belo do campeonato, o que o credenciou como uma das principais estrelas da competição. (mais…)

O último jogo

Hoje a Nike Futebol lançou o filme “Último Jogo”, um vídeo de cinco minutos estrelado por gênios da bola como os craques Cristiano Ronaldo, Wayne Rooney, Neymar Jr., David Luiz, Zlatan Ibrahimović, Andrés Iniesta, David Luiz, Franck Ribéry, Tim Howard e Ronaldo Fenômeno.

Na animação, a missão dos craques – incentivados por Ronaldo – é salvar o futebol das garras do O Cientista e seus clones “perfeitos”, que jogam sem arriscar e sem emocionar a torcida.

Dispostos a arriscar tudo, os ex-atletas propõem um novo desafio aos clones: o último jogo mata-mata.

Para saber quem leva a melhor nesta disputa, assista o vídeo :

O ‘Último Jogo’ foi produzido em parceria pela Nike, Wieden e Passion Pictures e dá continuidade à campanha #ArrisqueTudo que já reuniu os craques em uma única partida em “Quem ganha fica” e mostrou a pressão de entrar em campo em “Arrisque tudo”.

Programa de Voluntariado para os Jogos de 2016

Logo Rio 2016

Apesar de todas as atenções estarem voltadas para o início da Copa do Mundo,  os preparativos para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro,  estão em andamento.

Segundo informações do Comitê Rio 2016 estão abertas as inscrições para o Programa de Voluntários Selecionadores.  São essas pessoas que vão ajudar a selecionar os 70 mil voluntários que atuarão nos Jogos Olímpicos e nos Paraolímpicos.

Requisitos

Para isto, o candidato a ‘selecionador voluntário’ deve estar cursando ou ter formação em administração, gestão de pessoas, pedagogia ou psicologia.

Os aprovados participarão de curso de capacitação oferecido pelo Rio 2016 e vão atuar por um período de quatro meses, a partir de fevereiro de 2015, nos Centros de Recrutamento de Voluntários, localizados em cinco capitais – Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador e  Belo Horizonte – e em cidades de Pernambuco, Pará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.

As inscrições devem ser feitas na página do Comitê Rio 2016. Clique aqui

Programa de Voluntários
 A previsão é que sejam abertas no dia 28 de agosto deste ano, as inscrições para o Programa de Voluntários, que convocará 70 mil pessoas para atuar durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos.