Escolha uma Página
La Roja murió

La Roja murió

despertador_03

Sim, meus amigos, acabou pra Espanha.

Não, não estou precipitado.

Após levar o maior sapeca ia ia até então da copa – e se bobear, o maior que teremos no torneio, a seleção espanhola demonstrou ao mundo que essa geração não tem mais o que ser extraído. Eu tinha dito aqui que Argentina X Irã poderia ser a maior goleada da copa, mas duvido que seja com a autoridade que a Holanda passou o carro hoje.

Aliás, o jogo de hoje já movimentou as apostas para a artilharia do torneio, porque ninguém esperava que fosse tão fácil. O Luciano Sant’Anna já trouxe um texto sobre isso hoje.

Bom, mas não quero falar sobre a Holanda, nem sobre o jogo em si. E sim sobre a geração mais vitoriosa de uma seleção de futebol, que ganhou, na sequência, duas Eurocopas e uma Copa do Mundo.

O time hoje é visivelmente envelhecido e “manjado” pelos adversários. Vai tentar ficar com a posse de bola, o tal do tic-tac que cá entre nós, funciona mas é chato pra caramba de se ver pra tudo quanto é lado, mas sem força física pra penetrações na defesa adversária tampouco resistência para manter o ritmo até o final.

Não, isso não apaga o que a seleção espanhola fez pelo futebol. Mas temos, sim, a decadência de uma geração que precisa urgentemente ser renovada. Talvez o treinador Vicente Del Bosque tenha perdido a oportunidade de usar essa copa para dar maturidade a jovens talentos, como o Klisman fez com a Alemanha em 2006, mas o próprio Del Bosque talvez esteja precisando sair e deixar espaço para algum treinador mais jovem (não pela idade, mas por uma nova ideia de futebol, mesmo).

Quem joga contra a Espanha sabe que é só congestionar o meio, forçar a marcação sobre a lenta e sem habilidade defesa espanhola e metade do jogo está garantido. Tivesse a Holanda jogado um pouco mais sério no segundo tempo e teria enfiado uns 8.

NEste exato momento, vejo o Chile ganhar com certa tranquilidade da Austrália, por 2 a 1. Se arrancar um empate da Espanha, é só não ser goleado pela Holanda. E mesmo que perca da Espanha, não acredito que a Holanda terá todo o ânimo do mundo para ganhar dos chilenos na última rodada. Então, meus amigos, vou encerrar meu post de hoje com a mesma frase que iniciei: Acabou para a Espanha.