Arquivo da tag: Copa 2014

Alemanha, Santa Cruz Cabrália, Podolski e a Copa das Redes Sociais

esporte-futebol-selecao-alemanha-indios-20140609-06-size-598

Grande constatação inquestionável hoje no mundo do futebol. Alemanha, tetra campeã, com futebol reverenciado, craques aclamados e um carisma que superou todas expectativas e se transformou em um dos maiores shows dessa copa do mundo de forma que o esporte mundial nunca viu. Foi a copa das Redes Sociais.

Continue lendo Alemanha, Santa Cruz Cabrália, Podolski e a Copa das Redes Sociais

Saldo da primeira fase da Copa do Mundo em São Paulo

A primeira fase da Copa do Mundo acabou hoje e já é possível analisar o que vem dando certo e o que não está dando tão certo assim.

Nesta análise vamos fazer um recorte do Mundial aqui em São Paulo. Em relação à ida e vinda para o Itaquerão, é sabido que as barreiras montadas pelo setor de Transporte impedem os carros não-credenciados de chegar no perímetro do estádio. Esta é uma operação importante e levada a sério pelos organizadores, o que faz com que o transporte público seja usado pela grande maioria, inclusive pelos turistas que estão surpresos pela limpeza, rapidez e pontualidade dos trens e metrôs. Além disto, funcionários do metrô especialmente treinados dão informações em inglês e espanhol nas estações.

Os copos promocionais da Coca-Cola e da Budweiser viraram os suvenires prediletos da galera e são disputados por todos. Alguns torcedores chegam a sair com mais de 10 copos na mão.

A segurança ao redor do estádio também tem sido eficaz e ostensiva. Rondas constantes são realizadas por todas as polícias.

Se temos muitos motivos para celebrar, por outro lado, a nossa não-fluidez em outras línguas tem surpreendido negativamente os turistas estrangeiros. Alguns encontram dificuldades para conseguir chegar, andar e sair do estádio. Na maioria dos casos, os voluntários é que precisam fazer o papel de tradutores.

Apesar de lindo, o estádio ainda não está 100%. A arquibancada provisória não inspira muita segurança. Quando chove, surgem várias goteiras no interior do local e por aí vai.

Outra coisa que não tem agradado são os preços dos produtos dentro do estádio (por exemplo: 10 reais um saco médio de pipoca e 8 reais um copo de refrigerante), isso sem falar nos produtos oficiais da loja da FIFA, onde um chaveiro custa R$ 20.

Outra coisa que não pegou muito bem é a FIFA não permitir visitas dentro do estádio em dias de não-jogos. Muitos torcedores que não conseguiram ingressos para a partida vão até a porta do estádio para tirar fotos e conhecer a dependência da Arena São Paulo mas se decepcionam ao descobrir que a entidade não libera a visita. Para piorar, as tais lojas oficiais só abrem em dias de jogos e dentro do estádio e só pode ser visitadas por quem tem ingresso, o que frustra quem quer voltar para casa com uma pequena lembrança.

Mas inegável mesmo é a interação que se vê por todos os lados da cidade. Os comércios estão lotados de turistas encantados com a simpatia dos brasileiros. E tudo vira motivo de farra e festa. Para coroar tudo isto, uma chuva de gols marcados pelos nossos craques promete deixar saudades pelos próximos quatro anos.

Além dos Estádios

Eu, Diogo Cutinhola, abro espaço aqui no Em Cima da Linha a partir de hoje para algumas pessoas que irão escrever sobre a copa do mundo mas com um olhar diferente de nós colunistas. Cada um escreverá em cima de um contexto e um tema específico.

Para começar, hoje abro espaço para Rita Longobardi, 52 anos, corretora de seguros, e que falará sobre a copa do mundo na visão de quem não assiste futebol costumeiramente.

——————————————————————-

por Rita Longobardi

Ser tia de 4 meninos é viver praticamente tendo que saber tudo sobre esportes, principalmente futebol. Apesar de ser Santista de coração, confesso que não sou de assistir jogos, acabo achando um “pouco chato” , a sensação que é sempre a mesma coisa, principalmente quando vejo as rivalidades dos torcedores que muita vezes o jogo em si deixa de ter a sua devida importância. E se falarmos das redes sociais então desanima de vez, já excluí amigos por conta de tantos comentários homofóbicos…aff

Mas Copa do Mundo para mim tem um “gostinho” diferente, não é um Time e é sim uma Nação inteira que entra em campo deixando de lado as rivalidades, realmente todos vestem a camisa do seu país.

É contagiante demais vermos a diversidade dos povos, alegria pintada na cara , os ritmos de músicas, gritos de guerra , hino a capela e a crença que cada Nação carrega junto com sua equipe, não tem como não fazer parte dessa grande festa!!!! Inveja branca de quem esta nos estádios, independente do jogo, tenho a sensação que deve ser um momento único.

E quando me pego, lá estou eu assistindo todos os jogos, sendo contagiada pela galera que está nas arquibancadas, vibrando por cada jogada , gritando gol mesmo não sendo o meu Brasil, xingando juiz, vibrando com minha vizinha chilena , curtindo publicações nas redes sociais…..To viciada nos programas de esportes pelo formato que tem sido apresentado, não ficando apenas no jogo em si e seus jogadores mas sim apresentando a cultura de cada país, seus torcedores, etc.

Por iniciativa minha criamos um grupo no facebook chamado “Copa Mundo 2014 ” onde toda a família faz parte e até mesmo minha filha que está no México e meu genro nos EUA podem compartilhar esse momento que está contagiando todos nós. As postagens são as mais variadas possíveis, desde o que vamos comer durante o jogo até mesmo a ” situação” de cada país, porque continuo não entendendo muito bem as regras , mas para que me apegar a isso se o que vale mesmo é o Espetáculo!!!

Fizemos da casa da minha irmã nosso Camarote FIFA onde nos reunimos para os jogos do Brasil, com direito a Muita Festa, Alegria, Grito de Guerra, cornetas, apitos , duelo de cornetadas entre os vizinhos, sem contar os comentários hilários que vamos falando durante o jogo, deixando os ” entendidos” muito bravos!!! srsrsrs

Afinal, Copa Mundo é muito mais que um bola rolando em campo, são milhões de corações no mesmo compasso!!!

Rita na direita, com a Lu noiva do seu sobrinho e o filho dela Gabriel.
Rita na direita, com a Lu noiva do seu sobrinho e o filho dela Gabriel.

A expressão que resume a Costa Rica nessa copa: Futebol Moderno (Globalizado)

costa-rica-copa-2014

 

 

 

 

A Copa de 2014 no Brasil está nos proporcionando um oceano de sentimentos. Muitos momentos épicos, momentos nostálgicos, momentos dramáticos, felizes, tristes, engraçados e mais uma porção de consequências. Pode parecer óbvio que uma copa do mundo gere em nós todos esses resultados visto que é o maior torneio de futebol do mundo. Pois é, não é tão óbvio assim. Durante 44 anos a competição veio periodicamente diminuindo sua média de gols e cada vez mais institucionalizando o futebol pragmático de resultados no lugar da imprevisibilidade do futebol, o futebol jogado na várzea, o futebol amador, o futebol de rua.

Mas em 2014 isso mudou, e muito, e mais incrédulo ainda ficamos quando chegamos a uma conclusão de que não há uma razão clara e definitiva para descrever o que mudou no cenário mundial e que explique o que está sendo essa copa do mundo de 2014, mas uma coisa é certa, algo está diferente está acontecendo, e para melhor. Nos sonhos quem sabe não foram os ares brasileiros que chegaram para resgatar o futebol.

Eu como colunista responsável pelo grupo D não poderia falar sobre essas 2 rodadas desse grupo sem adicionar essa introdução acima, pois o que estamos vendo é algo acima da simples compreensão comum. O que a Costa Rica fez não é apenas uma zebra, como tantas outras que já aconteceram em copas, mas a Costa Rica é resultado de um efeito chamado futebol globalizado. Tolo é aquele que ainda acredita que as seleções campeãs mundiais são anos luz superiores a todas as outras e apenas fazem amistosos na primeira fase a espera do confronto com seus rivais nas finais.

Italy v Costa Rica: Group D - 2014 FIFA World Cup Brazil

 

 

 

 

 

A Costa Rica tem seus jogadores jogando em clubes europeus, a sua maioria em times médios é verdade, mas eles estão em confronto sistematicamente com os melhores do mundo. A Costa Rica assiste os grandes times do mundo jogar, a Costa Rica recebe profissionais do futebol do mundo todo que pretendem trabalhar em seus país. Ou seja, apesar da diferença gritante de recursos financeiros, apesar das estruturas ínfimas e de um campeonato de futebol quase inexistente, é possível sim que uma seleção como a Costa Rica vença Itália e Uruguai e seja favorita a terminar o grupo da morte como líder da chave.

É possível que uma Costa Rica tenha uma revelação como Campbell, é possível que um país pequeno da América Central seja o centro do futebol mundial durante alguns dias e é possível sim acreditarmos que o futebol nunca, mas nunca deixará de ser o futebol que amamos. Não acredito na tese de que Itália e Uruguai subestimaram a seleção costa riquenha, tanto é verdade que Prandeli técnico da Itália alterou seu time inicial numa forma de neutralizar as principais qualidades do adversário, e ainda assim não deu resultado como sabemos.

Muitos que costumeiramente não acompanham o futebol podem achar clichê e mentira a expressão não existe mais bobo no futebol. Mas quem está acostumado a ver campeonatos do mundo todo, recheado de jogadores de todos os 4 cantos do planeta, sabe que mais do que nunca a globalização atingiu o futebol. Não que seja uma consequência totalmente satisfatória, mas se tem um ponto positivo nessa relação mais curta entre todos os países do futebol é o crescimento de seleções até então inexpressivas no cenário mundial.

Viva a costa Rica!! Viva a Copa no Brasil!! Viva o Futebol!!

costa-rica-vence-italia

 

 

Espanha e Holanda reeditam final da Copa da África

Talvez seja o melhor jogo da copa, talvez seja uma reedição da final da copa passada, talvez seja uma forma da Holanda mostrar que agora é diferente, talvez seja a vez da Espanha mostrar que é melhor mesmo… Talvez… Talvez… tudo são dúvidas. De certo, só que o jogo tem tudo para atrair a atenção do mundo todo. Holanda e Espanha, duas potências do futebol mundial – uma das antigas e outra da atualidade.

O jogo promete ser um dos maiores embates desta copa. Analisando as escalações vemos nomes fortes e que podem realmente fazer a diferença – Xavi, Iniesta, Fernando Torres, Fàbregas, Kuyt, Sneijder,Robben… Não tem como falar da qualidade destes jogadores – são craques tanto em seus clubes como nas seleções.

Holanda e Espanha já se enfrentaram 10 vezes e os espanhóis levam ligeira vantagem – cinco vitóriasda “Fúria” contra quatro da “Laranja Mecânica” e um empate. Em número de gols, a Espanha ainda leva vantagem, 16 contra 11 da Holanda.

O jogo está marcado para hoje (13/06) às 16:00 na Arena Fonte Nova em Salvador.

Resta-nos aguardar para termos o prazer de ver as estrelas em campo e torcer para que eles nos contemplem com belos lances.

O EL voltou!

Senhoras e senhores, é com grande prazer que comunico, em nome de toda a equipe, que oficialmente o Em Cima da Linha está de volta!

Na verdade, ele nunca deixou de existir. Alguns colunistas, principalmente o Luiz e a Tatiana, sempre fizeram questão de continuar alimentando o portal, porém a coisa estava meio largada, e agora resolvemos reorganizar.

Layout novo, equipe reforçada, estamos prontos para encarar nosso próximo desafio: A Copa do Mundo Fifa 2014. Faremos uma cobertura diária dos jogos, com um colunista “cuidando” de cada grupo e matérias especiais sobre a organização, artilharia, jogos históricos; enfim, várias novidades que tornarão o consumidor de futebol mais informado.

Como sempre, nosso maior compromisso será com o entretenimento – sem perder a qualidade e veracidade das informações, evidente. Iremos trazer o ponto de vista de nossos colunistas de uma forma bem humorada, leve, da mesma forma que você conversa sobre futebol com seu vizinho e/ou seus amigos.

Convidamos todos vocês a conhecerem o novo portal, assim como os nossos colunistas. Além de mim (Fernando), da equipe original ainda temos o Henrique, o Diogo, a Tati, o Luiz, o Luciano, o Fabio e o Bernardo. Trouxemos caras novas para compor nosso time: O Vinicius Belli, o Marcos Bogo e o James Watzel. Aproveitamos também para agradecer aos componentes que não puderam seguir ou por falta de tempo, ou outros compromissos pessoais e profissionais, e ressaltar que a porta está sempre aberta para que todos voltem. Mais que um portal, o Em Cima da Linha é uma grande família.

Aos poucos todos irão se (re)apresentar aqui, e vocês poderão entender melhor a proposta de cada um, sobre o que cada colunista irá falar.

Participem divulgando, comentando, questionando, indicando, enfim, essa é uma plataforma de interatividade. Não queremos escrever para que vocês leiam, queremos escrever para que vocês respondam!

É um grande prazer ter vocês de volta!

Abraços,

Equipe Em Cima da Linha

10425741_791158960897257_752578625_n

Venda de ingressos bate recorde e é a maior da última década

Está promete ser a Copa das Copas. Pelo menos é o que garante dirigentes da FIFA empolgados com o recorde histórico de pedidos de ingressos.

Até o momento, foram mais de 11 milhões de solicitações recebidas para cerca de 3,1 milhões de bilhetes disponíveis. Para comparar, em 2010, na África do Sul, foram 1,8 milhões de pedidos e 381 mil bilhetes vendidos. Em 2006, na Alemanha, foram 8 milhões de solicitações recebidas e 652 mil vendas.

No Brasil, foram vendidas até agora um total de 2.961.911 entradas, das quais 2,2 milhões diretamente para o público geral através do site FIFA.com. Segunda dados divulgados, 60% dos bilhetes foram adquiridos por brasileiros e 40% por torcedores do resto do mundo. Após o Brasil (1.363.179 ingressos comprados), os Estados Unidos lideram o ranking internacional (com 196.838 entradas), seguidos de Argentina (61.021), Alemanha (58.778), Inglaterra (57.917), Colômbia (54.477), Austrália (52.289), Chile (38.638), França (34.865) e México (33.694).

Na madrugada da última quarta-feira, a Fifa disponibilizou um novo lote de 180 mil ingressos para todos os jogos da Copa do Mundo 2014. A venda pela internet foi marcada pela lentidão no servidor e muitas reclamações de internautas nas redes sociais, que não conseguiam concluir a compra. Outros afirmavam que nem chegavam à tela de venda do site.

Não menos confusa foi a venda de ingressos nos pontos fixos. Sobraram corre-corre, empurrões e muitas reclamações dos torcedores que tinham a esperança de garantir um ingresso. O motivo de maior reclamação foi que muitas pessoas ficaram desapontadas pois passaram a madrugada inteira na fila e, às 9h, quando os postos abriram ficaram sabendo que os ingressos para alguns jogos já estavam esgotados por conta da venda pela internet. Exemplo são as partidas de abertura, a final e as semifinais que estão esgotadas.

Para quem ainda quer assistir de perto o mundial, informamos que restam poucos ingressos a venda. Há bilhetes para apenas 27 dos 64 jogos. Alguns jogos que serão realizados em Fortaleza e Cuiabá estão entre os menos procurados: Uruguai x Costa Rica (Fortaleza), Gana x EUA (Natal), Rússia x Coreia do Sul (Cuiabá), Nigéria x Bósnia (Cuiabá), Japão x Colômbia (Cuiabá), Grécia x Costa do Marfim (Fortaleza), Honduras x Suíça (Manaus) e Bósnia x Irã (Salvador).05282013_820_ingresso_confederacoes_modelo_0

Esperança

Quem ainda sonha em conseguir um cobiçado bilhete para os jogos que já estão com venda de ingressos esgotados deve ficar atento. A FIFA explica que há potenciais revendas e compras não concluídas que podem resultar em novos ingressos à disposição do público. Para isto, basta acessar a página FIFA.com/ingressos.

Venda paralela

Quem não conseguiu o tão sonhado ingresso pode ser presa fácil para golpistas, fraldes e cambistas que atuam na internet. Os turistas são as maiores vítimas e aceitam realizar pagamentos em dólares e euro muito acima do valor de venda real pela FIFA.

Além disto, alguns sites já realizam leilões online com preços exorbitantes por um ingresso. Os mais procurados são, obviamente, partidas do Brasil, abertura e final do Mundial.

Nas redes sociais, a troca e/ou comercialização paralela de ingressos também ocorre. Já existem até grupos criados para este fim, como o “Ingressos Copa do Mundo 2014”, onde é preciso pedir autorização para fazer parte do grupo.

A FIFA alerta que é crime vender ingressos por preço superior ao indicado no bilhete e os cambistas que forem pegos, podem pegar uma pena de até quatro anos de prisão.

 

Taça da Copa é a primeira a chegar a Itaquera

Objeto de desejo está exposto no shopping da zona leste

Depois de rodar o mundo e várias capitais do Brasil, o tão cobiçado troféu de ouro maciço que será conquistado pela seleção campeã da Copa do Mundo 2014 chegou a Itaquera.Taça da Copa

A partir de hoje até dia 1º junho, das 9h às 22h, o objeto ficará exposto no Shopping Itaquera, na zona leste de São Paulo. É importante frisar que no domingo, as atividades serão encerradas às 13h, com o último grupo entrando às 12h.

Para participar do evento, é necessário comprar produtos da Copa Cola (apenas em alguns pontos da cidade) e cadastrar o cupom fiscal no site da promoção. O ingresso é válido para duas pessoas e são esperadas 15 mil pessoas por dia. Mais informações aqui

O Tour da Taça teve início em 12 de setembro de 2013, no Rio de Janeiro. Neste período, ela rodou por 90 países até retornar ao Brasil, onde passou por 27 cidades. Somente no Brasil, cerca de 380 mil pessoas já visitaram o troféu, esse número deve ultrapassar os 400 mil visitantes.

Você sabia (*)?

– A primeira taça batizada de Taça Jules Rimet em homenagem ao fundador da Copa do Mundo da FIFA foi produzida pelo escultor francês Abel Lafleur a pedido da FIFA. O troféu fabricado em ouro e com pedras semipreciosas apresentava uma figura da deusa da vitória segurando uma taça octogonal.

– Em 1966, foi roubada enquanto era exibida na Inglaterra. Com a ajuda de um pequeno cão chamado Pickles, os famosos detetives da Scotland Yard conseguiram encontrar o troféu escondido em um jardim.

– Em 1971, o Brasil conquistou o tricampeonato. De acordo com o regulamento da FIFA na época, o primeiro país a vencer a Copa do Mundo da FIFA três vezes ficaria com a taça para sempre. O Brasil venceu e levou o caneco. Mas 13 anos depois, a taça foi roubada no Rio de Janeiro e nunca mais foi encontrada.

– No início da década de 1970, a FIFA encomendou um novo troféu para a décima edição do Mundial, a ser realizada em 1974. Cinquenta e três projetos foram enviados por especialistas de sete países, e a entidade acabou escolhendo a obra do artista italiano Silvio Gazzaniga.

– O atual troféu da Copa do Mundo da FIFA nunca mais pertencerá definitivamente a nenhum país, já que os novos regulamentos declaram que ele permanecerá em posse da FIFA. Cada campeão recebe uma réplica que serve de lembrança permanente do grande triunfo. As réplicas banhadas a ouro são chamadas de troféus dos vencedores da Copa do Mundo da FIFA.

O troféu autêntico da Copa do Mundo da FIFA, de ouro 18 quilates, tem 36,8 cm de altura e 6,175 kg de peso. A base contém duas camadas de malaquita semipreciosa, e a parte de baixo apresenta gravados o nome de cada país campeão e o ano de cada título desde 1974.

(*) Dados oficias da FIFA

Samoa Americana enfim vence a primeira

Acompanho a seleção de Samoa Americana desde 2001, não por seu bom futebol ou grandes resultados, mas por ter levado a goleada de 31-0 da Austrália nas eliminatórias para a copa de 2002 (Austrália que na época não tinha nem sombra do respeito e fama que tem hoje) num jogo que contou até com uma confusão com o placar, que perdeu a conta dos gols. Após o fim da primeira fase Samoa Americana foi a última colocada do seu grupo com 4 derrotas, 0 gols marcados e 57 gols sofridos.

Melhores momentos de Samoa Americana e Austrália –  detalhe para os 2 belos uniformes e o “ótimo” nível da seleção samoana

Após 3 anos, nas eliminatórias de 2006 houve uma evolução, a seleção manteve as 4 derrotas, porém marcou um gol e sofreu 34, melhorando seu saldo em 24 gols em relação à 2002. Já nas eliminatória de 2010, Samoa Americana novamente teve as 4 derrotas e um gol marcado, entretanto sofreu 4 gols a mais do que na eliminatórias anterior. Com essas incríveis perfomances,  20 gols marcados e 265 gols sofridos em jogos oficiais, por vários anos Samoa americana detem o 204º e ultimo lugar no ranking da fifa, acompanhada de seleções como a vizinha Samoa, Andorra, San Marino e Montserrat.

Para a alegria de Pago Pago (capital de Samoa Americana) o dia 23 de Novembro iria mudar a história. Com o início das eliminatórias da Oceania, os Samoanos americanos iriam enfrentar Tonga, seleção que havia os vencido em 2007 por 4-0 e em 2002 por 5-0, e tudo levava a crer que haveria mais uma derrota, porém Ramin Ott e Shalom Luani, que fez um golaço, a seleção de Samoa Americana abriu 2-0, Neo Feao fez o gol de honra de Tonga e o jogo terminou 2-1. Com esse resultado a seleção samoana americana lidera o grupo junto com Samoa, país onde está acontecendo a primeira fase das eliminatórias.

Melhores momentos de Samoa Americana e Tonga – detalhe para o estádio e o segundo gol

Algumas curiosidades sobre o time de Samoa Americana

– o zagueiro do time,  Johnny Saleua, é transexual

– o técnico, o holandês Thomas Rongen, também é treinador da seleção sub-20 dos EUA (Samoa Americana é um território dos EUA)

– Rammin Ott, autor do primeiro gol do jogo, também foi o primeiro jogador a marcar pela seleção

– A produtora Agile Films está acompanhando a seleção para a criação do documentário Next Goal Wins e eles possuem o tumblr http://nextgoalwinsmovie.tumblr.com/ que mostram detalhes sobre a preparação e campanha nas eliminatórias.

 

Seleção de Samoa Americana