Arquivo da tag: cbf

Quem realmente quer a melhora do futebol brasileiro?

Queridos amigos leitores, sabe quando um filme é tão previsível que a gente chega a pensar que é impossível que o final seja tão lógico e ainda assim para nosso espanto no final ele realmente não surpreende nada e cumpre exatamente aquilo que já esperávamos?

Esse é o retrato exato desse quase 1 mês de retorno do futebol brasileiro a copa do mundo.

Tudo de mal que imaginávamos vem acontecendo rodada após rodada. O futebol fraco, a falta de técnica, a falta de novidades táticas, o fraco desempenho ofensivo, uma absurda apatia de técnicos e jogadores e não faltariam adjetivos negativos para descrever esse campeonato brasileiro.

Em consequência disso, não a toa, temos tido péssimos jogos, uma falta de interesse popular absurda pelo campeonato, péssimos públicos e uma queda vertiginosa na audiência da TV. Ou seja, o nocaute que sofremos da Alemanha na copa do mundo transbordou o âmbito seleção brasileira e continuou em nossos campos locais. A decisão atual é unanime: O Futebol Brasileiro foi a Knockout.

O desgaste do produto futebol é tanto que a TV Globo, manda chuva do nosso esporte preferido, foi obrigada a marcar uma reunião urgente com os clubes para uma ação de choque que remende as feridas em nosso campeonatos. Não somos tolos a ponto de não sabermos que a emissora dos Marinhos é uma das principais responsáveis pelo sucateamento do nosso futebol. É ela que determina dias e horários, absurdos, de nosso futebol, é ela que monopolizou a cobertura com transmissões de jogos apenas do eixo RJ-SP, é ela que praticamente centralizou em Corinthians e Flamengo a sua grade esportiva, ela que causou boa parte do desequilíbrio financeiro entre os clubes e por aí vai.

Porém, como é mais sabido do que nunca,  os clubes precisam até as cuecas da TV, mais precisamente da Globo. Os clubes hoje recebem % muito maior da TV do que de bilheterias, do que patrocínios ou mesmo até do que algumas vendas de jogadores. Boa parte dos clubes inclusive já receberam adiantadas as cotas de próximos anos, e muitos deles já até usaram de forma totalmente obscuras essa verba.

Se você leitor parar o texto nesse ponto e refletir chegará a conclusão de que: os campeonatos são ruins, os times tem elencos fracos, os clubes estão sem dinheiro, a TV está sem audiência, os estádios vazios, e nosso futebol chegou a beira do abismo.

Nosso país sempre foi campeão em dar um jeitinho nos problemas, principalmente dentro das 4 linhas. Mas a falência dessa vez é tão forte, que nem mesmo nas peças de chuteiras dentro de campo nós podemos ter um alento. Não temos mais de onde extrair ouro, a mina secou. Não adianta mais esperarmos uma resolução imediata, sensacional, surpreendente ou inovadora. A salvação é simplesmente recomeçar do zero.

Vocês seguidores do em cima da linha devem ter reparado que a quantidade de textos do site deu uma diminuída. Nós pedimos desculpa, sabemos que muita gente quer nos ler, ainda mais nesse momento, mas está bem difícil ter ânimo, pique, disposição e inspiração para falar de futebol nesse país. Muitas vezes falamos mais das contratações dos clubes europeus do que dos próprios resultados do nosso fim de semana de jogos.

É trágico isso!!

Ainda não sabemos o que virá da reunião da Globo com os dirigentes, sabemos como é público há anos, que o interesse da emissora global é o retorno do mata-mata. Eu que sempre fui defensor desse modelo ida e volta mais justo começo a repensar sobre isso visto que o playoff com eliminações talvez estanque por um pouco de tempo a dor de vermos esse futebol medonho que temos jogado.

Agora, para não falarmos que só temos visto desesperança em nosso universo futebolístico, estou cada dia mais feliz com o papel e desempenho do bom senso. Hoje mesmo eles retaliaram o nojento calendário proposto pela CBF para 2015. E não só foram contra como deram justificativas, e muitas, para comprovar porque esse calendário é patético.

Poderia escrever aqui mais algumas horas sobre esse poço de lama do nosso futebol, mas nesse momento o que podemos fazer é cobrar dos nossos jogadores, dos nossos clubes e dirigentes, para que eles acordem e comecem a subir a cobrança de acordo com a pirâmide de poder do nosso futebol.

É isso, ou isso. Não tem mais como empurrar com a barriga. Ou então clubes como Botafogo irão falir de vez e não será o único, virão outros tantos na rabeira.

 

Muito além do técnico Dunga

O Dunga, como todo mundo já estava sabendo, foi finalmente anunciado como novo velho técnico da seleção e com isso trará de volta novas/velhas filosofias.

Oportunamente vou falar melhor sobre a questão das baboseiras que ele falou durante a coletiva(e até o pouco que se aproveitou também), mas quero colocar algo mais sobre isso, principalmente sobre a forma como são feitas as coisas no futebol brasileiro.

A começar pelos dois mandatários: Marin e Del Nero. Um político da época da ditadura e um ex-presidente da FPF(federação paulista de futebol) e dois caras que não entendem absolutamente NADA de futebol!!! Entraram no lugar do Teixeira, que também não sabe NADA! Eles sabem sim como fazer uso do dinheiro farto que entra lá, haja visto que federações, clubes e nem a seleção veem a cor de toda essa grana.

Vemos uma CBF que c… dinheiro, tem patrocínios milionários, que prostitui a seleção(sim, prostitui), vende amistosos para empresas ganharem em cima da seleção brasileira, e como o dinheiro fica só pra ela, dá ainda pra dizer que é daqueles cafetões que escravizam as funcionárias, porque não tem outro nome pra definir isso.

Colocaram um técnico de nome com coordenador de nome(Felipão e Parreira) para serem seus escudos, ou seja, jogou tudo para cima deles, como quem diz “se der algo errado é com eles, já fiz minha parte” e como deu, notaram que nenhum dos dois deu a cara a tapa? Curioso não? Sobrou tudo apenas para os dois, que evidentemente foram mal, mas que não erraram sozinhos, já que alguém os contratou, mas cadê esse alguém pra dar alguma explicação?

Agora coloca um coordenador com um passado para lá de contestável em função da sua antiga profissão e como “solução” trás de volta um técnico que ninguém gosta e para que? novamente para sairem do foco e deixarem a imprensa se preocupando com a birrinha que tem com o Dunga, ao invés de analisar aquela sede que quase parece a área 51, tamanho são os mistérios que envolvem aquele local nefasto…

Eles abusam do fato de a FIFA proibir que haja intervenção governamental no futebol e por que afinal tem isso? Para que obviamente possa ser feito todo tipo de bandidagem por debaixo dos panos sem que ninguém investigue nada com medo de que a seleção fique proibida de disputar competições internacionais.

Minha opinião? Eu quero mais que a FIFA se lasque!!! Deviam mesmo era intervir nesse local que usa a seleção para enriquecer, que tem patrocínios próprios, mas onde o dinheiro não chega em clube, não chega na seleção, ou alguém já parou pra pensar que não se tem sedes para seleção de base, não tem investimento no futebol feminino(sim a CBF cuida dele também!), não se tem um projeto para descobrir novos talentos ou mesmo que o único lugar que se tem aqui no Brasil para a seleção treinar é a porcaria da Granja Comary? O lugar é lindo, mas desde quando você treina um time em um local que quase todo dia tem névoa, que é mais frio que os locais onde o time vai jogar, entre tantos outros poréns?

Com o dinheiro que essa Casa Bandida do Futebol(apelido carinhoso que foi dada a confederação) poderiam construir um CT em cada estado do Brasil com sobras.

O dinheiro entra, não sai, a confederação fica cada vez mais rica, a seleção capengando e com um futuro cada vez mais nebuloso, pois não se tem um trabalho de lapidação de jovens jogadores, que poderia ser muito bem feito com a fortuna guardada embaixo do colchão que a CBF tem, mas que obiviamente nunca será feito, até porque não se investiga, não se sabe o que é feito com isso e enquanto isso eles dão risada sabendo que por mais 4 anos(se o Dunga durar até lá) o foco principal será apenas cornetar o técnico do Brasil, enquanto eles continuam dia após dia a fazer uso de tanto dinheiro que entra lá, sabe-se lá para o que.

Já foi tarde

Surpresa!!! Quando ninguém mais esperava mudanças, eis que o Mano Menezes caiu, para a alegria geral da torcida brasileira, que estava cansada já daquela seleção insossa que se via jogar.

Os números dele passam uma falsa impressão de bom aproveitamento(23 vitórias, 6 empates e 6 derrotas), porém as derrotas foram “apenas” para Alemanha, Argentina(2 vezes), França, empate com Holanda e vitórias contra as babas já citadas anteriormente.

O time nunca apresentou efetivamente um padrão, parecia aquele catadão onde vc simplesmente distribui a camisa e manda jogar. Cada vez ele ajeitava o time de um jeito, não dava sequer a impressão de que treinava o mesmo. As Olimpíadas e Copa América são o claro caso da incompetência dele, pois mesmo com tempo maior para preparar o time, em ambos os casos, ele se mostrava um time perdido, que dependia apenas dos talentos individuais para triunfar.

Depois de resultados pífios na sequência de bons amistosos(Alemanha, Argentina, França e Holanda), cancelou dois outros bons amistosos(contra Itália e Espanha), para realizar amistosos contra seleções medíocres, para basicamente ganhar e prolongar seu tempo à frente do time. O pior é que mesmo contra esses times, o coletivo não era destaque, mas sim a individualidade que fazia a diferença e muitos puxa-sacos disseram que ele tinha descoberto um novo esquema, sem o “camisa 9”, porém no primeiro jogo que exigiu mais do esquema, o Brasil não saiu de um empate contra a Colômbia.

O futuro da seleção:

Vieram aqueles nomes de sempre logo que ele caiu: Felipão, Luxemburgo e Muricy, até o Tite foi citado por conta da boa relação com o diretor Andrés(que na minha opinião devia ter ido embora junto com o Mano), porém acho q o Tite seria outro Mano na seleção e os outros 3 não estão nos seus melhores momentos… talvez o melhor seja o Luxa, que se reergueu depois d anos pífios com a excelente campanha do Grêmio.

O nome ideal para 10 entre 10 torcedores é o do Guardiola(inclusive desse que vos fala). Seria um nome diferente e que traria uma nova ótica para o estilo de jogo do futebol brasileiro. Pelo fato da copa ser aqui e até pelo que vejo(muitos dizem que voltariam a torcer pela seleção com o Guardiola no comando), o nome dele é perfeito para o cargo, sem contar que ele mesmo já externou esse desejo, pois quando foi perguntado a ele sobre a possibilidade, ele disse “assumo amanhã e levo o time ao título mundial”.

O anúncio, inicialmente programado para janeiro, talvez seja antecipado e antes mesmo de dezembro já saibamos o nome do novo técnico e infelizmente não deve ser o Guardiola…

Agora vai?

Finalmente o campeonato brasileiro chegou ao estágio em que todos os times possuem o mesmo número de jogos. O que parece óbvio, por caprichos e falta de organização da Confederação Brasileira de Futebol, é um verdadeiro milagre em nosso campeonato.

E quem chega na liderança é o Corinthians, mais uma vez. Após várias rodadas de instabilidade, a equipe do Parque São Jorge conseguiu retomar um rumo de vitórias, e apesar da inconstância deu esperanças ao seu torcedor.

A pergunta é: Conseguirá o time paulista segurar a vantagem até o final?

Time para isso tem, tabela fácil para isso, ainda mais. Acredito que o maior problema do Corinthians agora será adminsitrativo. Não deixar que fatores externos interfiram no time, que não coloquem o Adriano por colocar (na partida contra o Botafogo, a insistência com o chuveirinho para ele acabou com o bom futebol apresentado pela equipe) e principalmente o presidente parar de falar besteira por aí.

Em uma semana tão importante para o campeonato sair falando de contratações, que no elenco só tem “m…”, ou qualquer outra coisa que possa acirrar os ânimos, não me parece inteligente.

Outro temor é se o técnico Tite vai manter a postura ofensiva ou vai utilizar de uma cautela excessiva e desnecessária.

Será que agora vai?

Parece que ninguém quer.

O Corinthians tá se esforçando para perder a liderança.

O Flamengo faz de tudo para não alcançar o tpo.

São Paulo e Vasco se dedicam à manutenção da posição intermediária.

O Palmeiras e o Botafogo não conseguem se aproximar.

Ninguém quer ser campeão brasileiro?

Nas rodadas finais do primeiro turno, vemos vários times derrapando e não conseguindo abrir vantagem perante os concorrentes. Muitos são os fatores, como desfalques por contusão, convocações da seleção brasileira e jogadores novos que ainda não entrosaram com o time.

Mas quem arrisca, a esta altura do campeonato, fazer uma previsão?

Quem pode dizer quem será o campeão brasileiro? Os classificados para a libertadores? O artilheiro do torneio?

Falando do Corinthians especificamente, o começo da tabela foi muito mais difícil, e a equipe abriu uma enorme vantagem. Quando pegou adversários mais fracos, perdeu a oportunidade de estar disparado na liderança.

Qual será a próxima surpresa pregada pelo time do professor Adenor?

CBF tira jogos das 21 e 18:30

Depois de tanta chiadeira dos times, que odiavam esse novo horário de sábado às 21 horas e até mesmo os jogos realizados às 18:30, a CBF alterou os jogos desses horários para as 18 horas. Os horários novos passam à valer na rodada do dia 20/8 e esses são os jogos que até agora tiveram o horário alterado:

 

20/8 – SÁBADO
18h – Cruzeiro x Ceará
18h – Botafogo x Atlético-MG
18h – Corinthians x Figueirense

21/8 – DOMINGO
18h – Atlético-PR x América-MG
18h – Vasco x Fluminense
18h – Bahia x Santos

24/8 – QUARTA
20h30 – Santos x Fluminense

27/8 – SÁBADO
18h – Coritiba x Atlético-PR
18h – América-MG x Atlético-GO
18h – Fluminense x Botafogo

28/8 – DOMINGO
16h – Ceará x Bahia
18h – Atlético-MG x Cruzeiro
18h – Figueirense x Avaí

 

Sobre essas alterações eu digo: esses jogos pelo que vi não estavam tendo a média de público esperada por quem criou esse novo horário(pelo contrário, geralmente eram os de menos públicos), porém a ideia não era de todo ruim: era um programa diferente para se fazer aos sábados e para quem não ia sair(e tivesse tv à cabo) seria uma opção diferente de programa pra assistir. Talvez valesse manter mais um tempo para ver se o horário emplacava(digo pelo menos durante esse campeonato), mas como os clubes chiavam sem parar, desistirim de insistir.

Acho uma pena terem tirado essa ideia que até parecia ser interessante(devo ser um dos poucos que pensam assim), mas fazer o que? Pode ser que tenham perdido uma ideia boa, simplesmente por não terem paciência.

Janela Fechada

Na última quarta-feira (20/07/2011) encerrou-se a inscrição de jogadores vindos de fora do país para a disputa do Campeonato Brasileiro 2011 – Série A.

Abaixo segue um balanço das contratações realizadas no período da janela de transferências que iniciou-se em 20/06/2011:

Clube

Colocação

Carência elenco

Contratações

Atlético-PR 

20º

Lateral-esquerda Santiago Garcia ATA (Nacional-URU)
América-MG

19º

Zagueiros, laterais e volantes
Avaí

18º

Lateral esquerda e ataque Leandro Lima MEI (União Leria-POR)
Atlético-GO 

17º

Lateral esquerda
Bahia

16º

Laterais Fabinho MEI (Yookohama FC – JAP)
Atlético-MG

15º

Laterais Caio ATA (Al Khor-QAT); André ATA (Dinamo Kiev-UCR)*
Santos

14º

Laterais Ibson MEI (Spartak-RUS)
Grêmio

13º

Zaga e ataque Gabriel LAD (Panathinaikos-GRE); Gilberto Silva VOL(Panathinaikos-GRE); Ezequiel Miralles ATA (Colo-Colo – CHI)
Fluminense

12º

Meio campo e Defesa Lanzini MEI (River Plate-ARG); Rafael Sóbis (Al Jazira-EAU); Martinuccio ATA (Peñarol-URU)*
Coritiba 

11º

Lateral esquerda
Ceará

10º

Meio campo Roger ATA (Kashiwa Reysol-JAP); Edmilson ZAG (Zaragoza-ESP); Rudnei VOL(Ventforet Kofu – JAP); Felipe Azevedo ATA (Busan Ipark-COR)
Figueirense

Defesa Elias MEI (Al Ain-EAU)
Cruzeiro

Centroavante Cribari ZAG (Napoli-ITA)
Botafogo

Ataque e lateral esquerda Gustavo ZAG (Lecce-ITA); Alexandre Oliveira ATA (Al Wasl-EAU); Felipe Menezes MEI (Benfica-POR); Renato MEI (Sevilla-ESP); Marcelo Mattos VOL (Panathinaikos-GRE)
Vasco

Lateral direita e ataque Juninho MEIA (Gharrafa-QAT); Renato Silva ZAG (Shandong Luneng-CHI); Eduardo Costa (Monaco-FRA); Victor Ramos ZAG (Standard Liege-BEL)*
Internacional

Defesa Sandro Silva VOL (Málaga-ESP); Jô ATA(Manchester City-ING)
Palmeiras

Lateral esquerda Henrique ZAG (Barcelona-ESP)
Flamengo

Centroavante Airton VOL (Benfica-POR); Alex Silva ZAG (Hamburgo-ALE)
São Paulo

Defesa e laterais Denílson VOL (Arsenal-ING); Cícero MEI (Wolfsburg-ALE); Ivan Piris (Cerro Portenho-PAR); Cañete MEI (Boca Juniors-ARG)*
Corinthians

Volante e defesa Alex (Spartak-RUS)

*Em negrito jogadores contratados no último dia da janela de transferências.

De acordo com a tabela acima, vê-se que alguns clubes contrataram uma quantidade muita grande de atletas, porém nem sempre quantidade significa qualidade.

O que é perceptível é que os clubes contratam sem se preocupar com as limitações de seu elenco. Como São Paulo e Fluminense que tem nítidas limitações em seu miolo de zaga e não conseguiram contratar para esta posição.

Outro agravante é que embora não seja permitida a chegada de jogadores vindos do exterior, os clubes brasileiros ainda correm o risco da saída de atletas para o exterior, já que na Europa a janela estará aberta até o final de agosto.

Ainda assim, de acordo com o Regulamento da CBF, é possível inscrever jogadores para a disputa da Série A até 23/09/2001 (último dia útil anterior a 26ª rodada) desde que eles tenham realizado no máximo 6 jogos na Série A.

O seu time contratou bem? Que clube se deu melhor na janela?

Entrou no rumo?

O São Paulo jogou muito bem no primeiro tempo, soube anular as principais jogadas do Colorado e sabiamente tocava a bola de pé em pé sob a batuta do maestro Rivaldo que numa cobrança de falta colocou na cabeça de Casemiro para que o tricolor inaugurasse o placar.

O Inter ficou sem reação e no final do primeiro tempo o tricolor fez 2X0 com Fernandinho, numa jogada de velocidade e frieza na hora da conclusão.

No segundo tempo, o Inter pressionou o tricolor, que se defendeu como podia a espera de um contra-ataque para definir o jogo – o que aconteceu aos 48 minutos com Carlinhos Paraíba.

E o São Paulo que há 2 jogos, estava em crise, com 2 derrotas seguidas, sem técnico, com a equipe desmanchada pelas contusões e convocações, termina o domingo com 2 vitórias seguidas, técnico novo (Adilson Baptista), com contratações que fortalecem o elenco (Cícero e Denílson), em segundo na tabela e com a volta de seu principal jogador após o fiasco da seleção da CBF.

O único aspecto negativo está por conta do desfalque de Casemiro (o melhor do jogo) por um mês por causa do Mundial sub-20.

Será que o tricolor entrou no rumo?

Sonhar não custa nada

A Venezuela acaba de se classificar para a semifinal da Copa América 2011. Depois de mais um jogo emocionante, desta fez contra o Chile a Venezuela em uma só competição iguala o número de vitórias conquistadas em todas as suas participações na Copa América e JÁ alcançou a MAIOR colocação do futebol venezuelano em todos os tempos.

A “vinotinto” dominou o primeiro tempo, envolvendo o Chile com seu toque de bola e sua objetividade (a Venezuela joga com a bola sem tocar de lado, verticalmente em busca do gol) e fez 1X0 quando já merecia estar vencendo.

No segundo tempo, a equipe estranhamente recuou em demasia, não conseguia encaixar nenhum contra-ataque e sofreu uma enorme pressão do Chile – foram 2 bolas na trave e diversas defesas do goleiro Vega – até sofrer o empate.

Com o jogo empatado a Venezuela voltou a jogar ofensivamente, e jogo ficou aberto com chances de ambas equipes, e em uma falha do goleiro chileno conseguiu o gol da histórica classficação.

Agora os venezuelanos enfrentam o Paraguai, que desclassificou o Brasil nos penaltis, e podem chegar à final já que na fase de classificação jogaram MUITO melhor que os paraguaios.

A Venezuela ser campeã é algo impossível? Não sei, até pouquíssimo tempo todos acreditavam que uma seleção brasileira perder 4 penaltis no mesmo jogo era impossível e aconteceu.

Da-lhe Venezuela! Em busca do título, porque sonhar não custa nada!

Noite vitoriosa

O técnico Tite

Em uma grande partida, o Corinthians acabou de vencer o Internacional, em jogo antecipado (alguém sabe o motivo?), e se isolou na liderança do campeonato, com 6 pontos à frente do segundo colocado, o Flamengo.

Com 35 mil torcedores apoiando, a equipe do Parque São Jorge travou um excelente duelo com a equipe do técnico Paulo Roberto Falcão, e conseguiu pontos preciosos, que com certeza outras equipes não conseguirão.

Alguns destaques da partida:

– O volante Paulinho novamente foi um dos grandes nomes do jogo, marcando muito bem e apoiando no ataque.

– O atacante William isolou-se como artilheiro do Corinthians, com 5 gols. Além disso, teve uma participação brilhante na marcação, ao lado dos outros atacantes, mostrando uma dedicação muito grande.

– O árbitro foi muito ruim, para ambos os lados. Deixou de marcar muitas faltas e aplicar alguns cartões.

– Apesar da liderança, o Tite consegue irritar, recuando o time após a vitória. Porém, tem muitos méritos na montagem da equipe, por conseguir uma abnegação dos jogadores e principalmente por não escalar ninguém pelo nome, e sim dando prioridade a quem está se destacando em campo.

– O Corinthians começa a mostrar que tem elenco. Quando Liedson não está bem, entra Sheik; quando Danilo não pode jogar, entra Alex. É sim um dos candidatos ao título, e se souber aproveitar enquanto os adversários estão desfalcados, pode abrir uma diferença muito difícil de tirar lá na frente.

– A equipe do Internacional está claramente em formação, mas se não fizerem nenhuma besteira e deixarem o Falcão trabalhar, é um time que tem tudo para conquistar muita coisa lá na frente.