Escolha uma Página

Xô zica! Depois de dez jogos, finalmente o Palmeiras voltou a saber o que é vitória no campeonato brasileiro, e de quebra ainda conseguiu sair da zona de rabaixamento(o que foi confirmado com os resultados do domingo) e vai ao menos passar o aniversário do centenário fora da mesma(pelo menos isso).

Para ver o nível do fim da zica, quem marcou o gol foi o Juninho, que até semanas atrás, já era tratado como fora do clube e quase foi para o Fluminense, acabou ficando, jogou de titular ontem(foi até bem no geral), além claro de garantir essa vitória que não vinha desde o jogo contra o Figueirense.

O time mostrou um bom futebol durante boa parte do jogo, não deixava o Coxa jogar, praticamente comandava todas ações ofensivas do jogo e até ficou com um a mais no final do primeiro tempo, quando o Leandro Almeida foi expulso.

Imaginava-se até que o time ia pra cima, marcar mais para não correr riscos, porém não foi bem o que aconteceu…

Começou a bater a tensão pela chegada da vitória e do fim do jejum, que os jogadores de tão nervosos, erravam demais e davam chance para o Coritiba, mesmo com um a menos, quase marcar o gol de empate.

As brechas foram grandes, os sustos então nem se fala, mas os torcedores que compareceram(e para um jogo as 21 horas, ter mais de 20 mil pessoas foi excelente) foram recompensados com os 3 pontos. Pontos tão suados que até no final os torcedores ficavam pedindo o fim do jogo.

Evolução mesmo o time mostrou pouco ontem, foi uma vitória no final mais pela raça do que propriamente pela técnica(que foi mostrada muito mais no começo do jogo do que depois), porém o problema do time era muito mais psicológico, pois a tensão, o risco de perder outra partida, conspirava contra até mesmo a já tão citada melhora que foi apresentada desde a chegada do Gareca.

A grande tendência agora é o time evoluir, depois de ter tirado esse grande peso das costas e até mesmo o técnico tera mais liberdade e sossego para poder ajeitar o time sem ter aquele risco de manter tão incômodo jejum.

Para o torcedor valeu principalmente pelo fato de ter esse alento para a festa do centenário não ser manchada por estar em uma situação tão patética como a zona de rebaixamento, mas todos sabem que esse foi apenas um pequeno passo para que o time possa pelo menos nesse ano terminar o campeonato de uma forma digna e se preparar para que o ano que vem possa desfrutar do seu centenário, jogando um futebol que pelo menos lembre um pouco seus aureos tempos.

%d blogueiros gostam disto: