Palmeiras joga abaixo da média e sai no lucro com empate.

Quinta-Feira, um jogo que tinha tudo pra levar o Palmeiras a vice-liderança do Brasileirão, já que do outro lado estava o América-MG, que não consegue se acertar, apesar de ter um time bem montado, conseguir criar chances, mas apesar de ser o “coelho” anda muito sem sorte…

Eis que o Palmeiras resolveu ajudar na sorte do América, pois começou o jogo e passou praticamente o primeiro tempo sem criar uma grande chance e ainda deixou em vários momentos o América dominar as ações do jogo. O primeiro tempo de fato é algo a ser esquecido, pois além de tudo foi de péssimo nível técnico.

Algo a ser considerado: na volta do intervalo, um momento patético de Thiago Heleno que foi brigar com o juiz, levou o terceiro amarelo e não joga contra o Santos domingo.

Começa o segundo tempo e o Palmeiras resolve de fato buscar jogo e tentar a vitória, porém travava em uma noite terrível tanto do Lincoln, como do Wellington Paulista. Apesar do maior volume de jogo, quem acabou saindo na frente foi o América-MG, com um gol de Alessandro. O Palmeiras então partiu pro abafa, tentando chegar ao empate sem a menor organização(trocou os inoperantes Lincoln e Wellington Paulista por Patrik e Dinei respectivamente) e acabou conseguindo, com Maurício Ramos. Após o gol o Palmeiras até buscou a vitória, mas sem sucesso.

O empate acabou sendo bom, pelas circunstâncias do jogo, pelo fraco futebol apresentado e pelo rendimento horrível de quase todo o time.

 

A se destacar:

– Cicinho foi exceção a regra e fez uma partida excelente, indo bem até na marcação que não é o seu forte

– Luan de novo foi um dos melhores jogadores do time, senão pela técnica, pelo esforço e disposição, sendo por ele que surgiram as principais jogadas do time, uma pena que de fato ele não permaneça.

 

Agora o Palmeiras fica em quinto com 15 pontos e no domingo faz o clássico contra o Santos, às 18:30.

 

Aqui os gols e melhores momentos

 

Deixe uma resposta