O que esperar?

Pós-libertadores, o Palmeiras teve a chance de se redimir dos vexames no exterior, porém após essa última sequência de jogos, fica-se meio incerta a evolução ou não do time.

Dois empates(contra São Caetano e São Paulo) e um vitória no sufoco(contra o Paulista) mostraram dois times: o do jogo contra o São Paulo, que tal como no clássico contra o Corinthians, jogou de igual pra igual, teve chances de vencer, mas acabou ficando no empate. O Valdívia por sinal havia feito uma excelente partida, sendo o principal destaque do time.

O outro Palmeiras é aquele dos jogos contra Paulista e São Caetano, um time inseguro, que se afoba para tentar definir, que s abala quando toma gol e que não tem nenhuma “válvula de escape”, ou seja um jogador que para e acalma os outros.

Valdívia, apenas para variar está machucado e novamente o time fica sem referência. O Barcos que deveria ser essa peça, já se foi e sinceramente ainda fico me perguntando aonde que essa porcaria foi um bom negócio…

Devo admitir sim, que Vilson e Leandro devem logo ser titulares, porém e ao fim do ano? o time perde eles e nada? Negócio que passa os limites do ridículo… Que pegassem um empréstimo, que renegociassem, mas não liberar dessa forma, ainda mais sem um substituto à altura. Porque por mais que o Kleber seja até um bom jogador, é pressão demais para alguém tão novo(ele só tem 22 anos). Até no último jogo ele já mostrou mais participação e empenho, porém a torcida não tá dando folga pra ele, o que complica ainda mais a adaptação e evolução dele no time.

Vendo a situação atual é muito difícil dizer o que esperar nos próximos jogos, em especial os 3 próximos da Libertadores… o time corre um risco real até de ser eliminado na primeira fase(o que inegavelmente seria patético), vai depender demais do time jogar todos próximos jogos 110% do que pode, terão de fazer tudo e mais um pouco, em especial no jogo contra o Sporting Cristal no Peru.

O time em si é todo falho e para piorar as laterais são desesperadoras… Se por um lado Ayrton e Juninho são duas avenidas, por outro Weldinho e Marcelo Oliveira fugiram dos treinos de cruzamento. Eles até marcam de forma razoável, mas o apoio de ambos tem sido legitimamente o “a natureza marca” e com a ausência de um meia de ofício, o time fica sem o desafogo das jogadas laterais.

Tem sido difícil dar uma real perspectiva de otimismo para esse time… vejo que tudo dependerá do time se classificar na libertadores e virem os ditos 3 reforços “de peso” prometidos pelo Brunoro, porque do contrário será um verdadeiro calvário a série B, pois esse time nem de longe é melhor que os que disputarão a competição.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta