No Grupo E a França deve passar sem dificuldades!

Começa neste domingo a Copa do Mundo para França, Honduras, Suíça e Equador. Um grupo estranho, já que a cabeça de chave não é a França, campeã mundial de 98 e vice em 2006. Uma seleção que contou com monstros das Copas, como Fontaine, o maior artilheiro de um mesmo mundial (marcou 13 vezes em 58 na Suécia), Michel Platini (o hoje dirigente máximo da Uefa e maestro da seleção que eliminou o Brasil de Zico, Sócrates e cia em 86 no México) e o fantástico, e para muitos o melhor de todos os azuis, Zinedine Zidane, de tantas más lembranças para nós brasileiros, mas que encantou o mundo com habilidade poucas vezes vistas nos gramados. Gênio. Quis a Fifa porém, que a Suíça tivesse a honra de ser a cabeça de chave do grupo. Isso graças ao seu histórico recente de bons resultados, entre eles a classificação antecipada e a liderança de sua chave nas eliminatórias europeias. Respeito, mas não concordo. Completam o grupo o Equador, quarto nas eliminatórias sul-americanas que não teve o Brasil (país sede) e Honduras, terceiro na Concacaf. Ambos com pouquíssima tradição em mundiais. A França estreia contra Honduras. É favorita, mesmo sob a ressaca da perda do craque do time, Franck Ribéry, cortado às vésperas do Mundial por uma lesão nas costas. O time Hondurenho tem na violência seu maior trunfo ( lembram-se do que bateu em amistoso recente contra o Brasil?). Não deve passar. A Suíça pega o Equador num jogo sem favoritos, mesmo tendo a Suíça surpreendido tanto nos últimos anos. O vencedor desse jogo, se houver, dá um passo grande rumo à segunda vaga da chave. Aposto em empate. Faça suas apostas! E boa Copa do Mundo!

Uma ideia sobre “No Grupo E a França deve passar sem dificuldades!”

Deixe uma resposta