juiz nega pedido de paralisação e obras continuam na arena palestra

Apesar da ridícula tentativa de atrapalhar as obras da arena palestra, feito pelo promotor José Carlos de Freitas, alegando irregularidades como prazos vencidos de álvaras concedidos, que a obra afetava as áreas verdes, entre outras bobagens.

O juiz Marcelo Sérgio recusou o pedido alegando que não vê perigo de atraso nas obras, o que tornaria todo o protesto dele, algo sem sentido…

A coisa é tão sem nexo, que chegaram ao cúmulo de dizer q o estádio no molde antigo deveria ser reerguido…
O pior de toda essa história, é que um conselheiro(chamado Gilto Avalone) q fez as denúncias que deram base a esse pedido de paralisação das obras.

 

Fica a questão: por que um cara desses é conselheiro? o que um cara desses ganha prejudicando o time que ele deveria ajudar?

São coisas que apenas ele pode responder, mas que na minha opinião, pessoas como ele deveriam ser proibidas de entrar nas dependências do Palmeiras, pois isso não serve nem como torcida, deve ficar longe do time.

 

Outra coisa deve ser considerada: até quando haverão pessoas e promotores querendo atrapalhar as obras? Esse foi municiado por um conselheiro, porém já tiveram outros que de forma gratuita e de claro cunho político, fizeram isso.

O estádio não usou verbas públicas, está sendo feito unicamente com recursos privados, foram tomadas todas providências e foram conseguidos todos alvarás necessários para o bom andamento da obra, no entanto ainda sim aparece um infeliz sempre querendo atrapalhar…

Que tal irem a itaquera analisarem as obras? Lá está jorrando dinheiro público, merece muito mais atenção do que um estádio que será feito com recursos privados.

Deixe uma resposta