Escolha uma Página

Ano passado comentei diversas vezes sobre o problema do Palmeiras quando o Valdívia não jogava, eis que esse ano a história volta a se repetir no Brasileirão com a derrota(terceira seguida), para o Internacional por 2 a 0.

Comentei sobre os erros absurdos que prejudicaram o time, mas é inegável que na falta do meia, o setor criativo do time praticamente inexiste. O pior problema é que dessa vez foi contratado um reserva, porém o problema é qual foi o reserva: o Daniel Carvalho.

Elogiei demais ele no começo do ano, pela disposição, pelo empenho em melhorar a forma física e até mostrou estar mais rápido, magro e bem preparado, porém ao que parece o prazo dele venceu… ele está em péssima forma, muito gordo, preguiçoso em campo, não corre, não aparece para buscar jogo, tecnicamente está errando demais(se ainda acertasse, podia compensar a forma de barril), enfim é como se quando o time entra com ele, está apenas com 10 em campo, para completar, ainda tem ficado de fora frequentemente por problemas físicos.

Ter um jogador bichado já é um problema, depender dele é complicado, mas ter um reserva ainda pior nessa questão é simplesmente absurdo. O Felipe veio depois de bom campeonato pelo Mogi, mas já saiu. Devo reconhecer que nas vezes que ele entrou, a atuação dele foi realmente uma catástrofe, aparentemente sentiu o peso da camisa, porém o time se ressente por demais da falta de um meio-campo.

A janela internacional já fechou, porém jogadores sem vínculo com clube podem vir, talvez fosse o caso de tentar buscar algum em tais condições, porém ao que parece o time não deve trazer mais ninguém(o que acho um absurdo). Creio que o mais sensato seria dar chance aos dois jovens: Dybal e Diego Souza. Se vai dar certo não se sabe, mas tentar é a melhor opção do que depender de dois jogadores que nunca sabemos se terão sequência de jogos.

O time em si não jogou mal, porém sente sempre as faltas do meia e do Henrique(o Márcio Araújo de primeiro volante definitivamente não dá!), sem eles o meio fica muito frágil e o time depende apenas de lances do Assunção para servir os atacantes.

O João Vítor continua a mostrar ser uma peça bastante razoável para o time, mas o Patrik vem mostrando cada vez mais que não se pode depender dele. Futebol triste e toda vez q ele entra, pode-se esperar que nada saia, porque de fato… não sai.

Os setores ofensivo e defensivo do time mostram boas opções titulares e de banco, porém para poder fazer um papel decente na libertadores, remontar esse meio é necessário. Na minha opinião tirar D.Carvalho, Patrik e M. Araújo e trazer um primeiro volante e um meia reserva(caso o Valdívia continue de frescura pra sair, libera por uma grana razoável e traga outro meia, agora titular e menos podre), no mais deixaria o Denoni, que parece ser uma boa opção para o time e deixaria o Henrique em definitivo. Com a volta do Wesley, teríamos o titular da posição que atualmente o João Vítor ocupa e ele como reserva dá conta.

Acredito que a falta do meia seja menos sentida nos jogos da Sul-americana, até pelo estilo mais fechado que o time joga, porém é preciso dar alternativas, principalmente para que o time faça melhor papel no Brasileirão.

%d blogueiros gostam disto: