Fase de grupos Champions League: grupos A até D

Para os apreciadores do bom futebol, está em vias de começar a fase de grupos de Uefa Champions League 2014/15. Como não poderia deixar de ser, o Em cima da linha vai dar seu pitaco sobre os grupos, considerando favoritos e até possíveis surpresas. Começaremos com os grupos de A até D, que disputarão suas partidas nesta terça-feira 16.


GRUPO A: Atlético de Madrid(Espanha), Juventus(Itália), Olympiacos(Grécia), Malmo(Suécia)
Um grupo que dificilmente terá grandes surpresas.
Conta com o atual vice campeão da competição, o Atlético de Madrid, que apesar de perder peças importantes, conseguiu repor com qualidade e chega credenciado a fazer mais uma boa campanha.
A Juventus, atual tricampeã italiana, mas que não tem conseguido demonstrar a mesma qualidade fora da competição doméstica, tanto que na última edição acabou eliminado pelo Galatasaray. Esse ano porém não acho que deva ter muitos problemas.
O Olympiacos, que fez grande campanha na temporada passada, tendo quase eliminado o time do United, porém perdeu sua estrela, o costa riquenho Campbell, que voltou para o Arsenal. pouco provável que consiga repetir a mesma campanha nessa temporada.
Por último o azarão Malmo, que chegou à competição depois de eliminar o Red Bull Salzburg(que aliás não chega nunca a uma Champions, coisa impressionante como esse time não sobe de patamar), porém apesar de já ter até uma final de liga dos campeões na sua história, deve só ser o saco de pancadas do grupo.

Palpite – Atlético em primeiro, Juventus em segundo, Olympiacos em terceiro e Malmo em quarto.
GRUPO B Real Madrid(Espanha), Basel(Suiça), Liverpool(Inglaterra), Ludogorets(Búlgaria)

Outro grupo com dois grandes favoritos, porém acredito que nesse eles possam ter mais dificuldade.

Temos o atual campeão, Real Madrid, que deveria chegar como franco favorito, mas desmontou a boa base do meio campo que possuia e ainda deve levar um bom tempo até conseguir equilibrar novamente o time(que inegavelmente é muito qualificado, mas que já mostrou sentir falta demais de Di Maria e Xabi Alonso). Só um desastre o faria não passar de fase, mas deve tomar cuidado com esse desequilíbrio mostrado no começo da temporada para não ser surpreendido.
O vice campeão inglês Liverpool volta a Champions credenciado pelo belo futebol mostrado na última temporada da premier league, porém desfalcado pela perda da sua estrela maior Luis Suarez, porém a repôs com qualidade, trazendo o Balotelli. Se ele entrosar rápido com o time, que pouco mudou em relação a última temporada, pode ser uma séria ameaça a liderança madrilenha no grupo.
O time suiço do Basel chega credenciado por boas campanhas e resultados interessantes que tem conseguido nos últimos anos, tanto que na temporada passada, apesar de ter parado na primeira fase, venceu os dois jogos contra o Chelsea nos seu grupo. É um time com o qual não se pode dar mole, porém apesar da chance de surpreender, não deve tirar a vaga dos dois favoritos.
Os búlgaros do Ludogorets surpreenderam a europa com a ótima campanha do time na UEL, tendo eliminado os tradicionais PSV e Lazio. Pode ser que arranque alguns pontos aqui e ali, mas não deve ter força pra fazer frente a nenhum dos outros 3 times do grupo a ponto de ameaçar classificação, porém deve ser o fiel da balança, pois quem perder pontos contra eles certamente deve acabar perdendo a vaga.

Palpite – Liverpool em primeiro, Real em segundo, Basel terceiro e Ludogorets em quarto.
GRUPO C Benfica(Portugal), Zenit(Rússia), Bayer Leverkusen(Alemanha), Monaco(França)
Sem dúvida um dos grupos mais equilibrados dessa primeira fase(o que não que dizer necessariamente o mais forte), pois conta com 4 equipes de nível muito equivalente, com apenas o Mônaco, agora sem o James Rodriguez e o Falcão Garcia, destoando para baixo desse nivelamento.
Tem o Benfica, vice campeão da última UEL com um time muito mudado em relação a boa temporada passada. Talvez tenha muitos problemas para entrosar um time praticamente todo novo e isso pode pesar quando enfrentar dois times que praticamente não mudaram.
O Zenit chega com praticamente o mesmo time da última temporada, tendo no Hulk sua grande estrela. Apesar de ter o desfalque dele por mais cerca de 5 semanas, o time deve contar com ele em boa parte da fase de grupos, o que vai ser o diferencial, dada a boa fase que ele passa. Acredito ser o maior favorito a primeiro lugar do grupo.
Os alemães do Leverkusen também chegam com poucas mudanças, apesar de ter perdido um dos seus grandes destaques, o meia Emre Can para o Liverpool, é outro time que já vem há alguns anos fazendo boas campanhas e conseguindo manter uma boa base. Chega para lugar pela vaga na segunda fase com muita força.
O Mônaco do ano passado poderia ser o grande favorito do grupo, em função das suas duas estrelas, os colombianos James e Falcão. Como ambos saíram e não teve sequer uma reposição, o time deve ser o grande azarão do grupo.
Palpite – Zenit primeiro, Leverkusen segundo, Benfica terceiro e Mônaco em quarto.
GRUPO D Arsenal(Inglaterra), Borussia Dortmund(Alemanha), Galatasaray(Turquia), Anderlecht(Bélgica)

Diria que esse é um grupo intermediário, pois não é uma moleza como os dois primeiros, porém não é tão equivalente como o terceiro.
O Arsenal chega reforçado para essa temporada, tendo como principal reforço o bom Alexis Sanchez, trouxe também Welbeck e Debuchy, mas considero mais reforço a volta do Campbell do que a contratação desses dois(podemos colocar o bom goleiro Ospina, mas ele ainda não é titular, o que não acho que deve demorar). Ainda sim o time não me parece muito confiável, pois ainda depende do fraco Giroud para comandar o ataque(e agora nem ele, pois se machucou). Talvez até passe, mas não confiaria em grandes coisas do time londrino.
Borussia depois de uma temporada não tão boa, muito em função das inúmeras lesões que assolaram o time e da perda do excelente atacante Lewandowski, chega na minha opinião bem mais forte que na temporada passada, pois apesar de ter perdido ele, trouxe dois bons jogadores para seu lugar(Ciro Immobile, artilheiro do último italiano e Adrián Ramos, que fez uma ótima bundesliga pelo Herta), além do grande reforço do antigo ídolo Kagawa, sem contar a manutenção de Reus e Hummels, pretendidos por meio mundo. Chega firme para fazer uma boa campanha e acredito que deva conseguir terminar até em primeiro do grupo.
O Galatasaray perdeu seu astro maior Drogba, porém trouxe duas peças interessantes do Napoli para seu lugar(os bons Pandev e Dzemaili), além de terem praticamente a mesma base da temporada passada. Grandes chances de surpreender nesse grupo, pois tem um bom time e agora também um excelente técnico, já que o ex-técnico da itália, Cesare Prandelli assumiu o time.
Pobre Anderlecht, chega novamente a fase de grupos para fazer figuração e tanto azar que deu, que a chance é pequena até mesmo para uma vaga na UEL. Deve se contentar em tentar fazer um caixa nessa primeira fase e só.

Palpite – Dortumund em primeiro, Galatasaray em segundo, Arsenal em terceiro e Anderlecht em quarto.

Deixe uma resposta