Escolha uma Página

Essa semana finalmente teremos a chance de ver a nova “família Scolari” na seleção. Finalmente também veremos o Brasil fazendo um jogo que presta(contra Inglaterra).

O Felipão fez basicamente aquilo que se esperava na convocação: chamar aqueles que estão em melhor fase, aqueles mais experientes, fora os que a torcida sempre reclama de não estarem na lista. Inegável que isso também é para começar fazendo uma certa média com a torcida, mas se isso inclui fazer uma convocação decente, é altamente perdoável.

Sobre a lista, vamos as posições

goleiros – Júlio César(QPR-Ing) e Diego Alves(Valência-ESP)

Sinceramente eu não convocaria o Júlio, acho que ele já teve suas chances na seleção, está em uma fase de transição na carreira(deve voltar para algum grande europeu na próxima temporada), mas considerando a posição horrível do time dele(é o lanterna), não acho que seja esse o momento ideal, talvez dar chance ao Diego Cavalieri, que já vem de 2 boas temporadas no Fluminense fosse uma aposta mais interessante.

Laterais – Daniel Alves(Barcelona-ESP), Adriano(Barcelona-ESP) e Filipe Luís(Atlético de MadriESP)

Justas convocações de Adriano e Filipe Luís, pois o primeiro assumiu a posição de titular no Barça nessa temporada e vem fazendo ótimas partidas, já o segundo desde a época do La Coruña vem fazendo boas temporadas na Espanha e no Atlético é um dos destaques da boa defesa do time madrilenho.

zagueiros – David Luiz(Chelsea-ING), Leandro Castán(Roma-ITA), Dante(Bayern de Munique-ALE) e Miranda(Atlético de Madri-ESP)

A contusão do Thiago silva, acabou dando chance ao Dante, que vem fazendo ótima temporada no Bayern(não pude acompanhar muitos jogos dele, mas é titular absoluto do time. Além do Miranda que junto com o Filipe estão em uma das melhores defesas da espanha(a vice-liderança, sete pontos à frente do Real não é por acaso) e o Castan vem sendo titular na Roma, apesar de achá-lo um zagueiro apenas mediano(e a Roma vem fazendo campanha irregular no italiano)

volantes – Paulinho(Corinthians), Ramires(Chelsea-ING) e Arouca(Santos)

Não há muito o que se contestar, o Paulinho tem sido o melhor da posição no Brasil há pelo menos duas temporadas, tal como Arouca que oscilou junto com o Santos ano passado, mas tem sido dos mais regulares da posição e o Ramires… dos melhores do Chelsea já há um bom tempo.

Meias – Ronaldinho Gaúcho(Atlético-MG), Hernanes(Lazio-ITA) que foi substituído pelo Jean(Fluminense), Oscar(Chelsea-ING) e Lucas(PSG-FRA)

Alguns criticaram pela ausência do Kaká, eu ao contrário não entendia a presença dele… não entendo como alguém que nada vem fazendo há muito tempo tinha vaga no time, é incoerente.
Os outros 3 estão com justiça, apesar de o Lucas ser mais ponta do que propriamente meia… o Oscar tem jogado bem tanto no Chelsea quanto na seleção e o Ronaldinho vem fazendo por onde ser convocado, parece que ele recuperou o prazer de jogar futebol. Por fim o Jean… depois que saiu do São Paulo reencontrou o bom futebol dos tempos que jogava com o Hernanes, foi um dos melhores do brasileiro do ano passado e me parece uma aposta interessante. Alguns diriam do William, ex-Shaktar, q foi para o Anzhi, porém analisando o critério do Felipão, ele é muito mais avançado e o jogador do Flu, encaixa melhor com o estilo do Hernanes

Atacantes – Luis Fabiano(São Paulo), Neymar(Santos), Fred(Fluminense) e Hulk(Zenit-RUS)

Outra área que há pouco a se contestar. Os 3 primeiros são os melhores atacantes em atividade no Brasil, o Neymar o melhor brasileiro em atividade(mesmo que muitos venham com a estupidez de dizer que para ele ser top, precisa jogar na europa). Único nome que muitos contestam é o do Hulk, porém ele na seleção vem fazendo boas apresentações e mesmo no período que esteve no Porto era a estrela do time, posto dividido por um tempo com Falcão Garcia e depois tendo se tornado a estrela maior do time. Sua saída para o Zenit foi conturbada, mas parece que ele está se acertando lá e é uma ótima opção como jogador de ponta que faz muito bom uso da força física, além do potente chute que possui.
A seleção foi inegavelmente bem convocada, mas não dá para se saber qual será o resultado no primeiro grande teste da equipe, que logo de cara pegará a forte Inglaterra, porém os jogadores “novos” na seleção, praticamente todos tem copas do mundo na bagagem, então pressão não deve ser algo que eles sentirão. Acredito que a seleção consiga um bom resultado nesse jogo, já como forma de credenciar o bom trabalho que o Felipão deve executar à frente da equipe.

%d blogueiros gostam disto: