Esperança renovada

Tratado como rebaixado certo, após a rodada do fim de semana, as esperanças do Palmeiras foram renovadas, graças a ótima vitória sobre o Cruzeiro por 2 a 0.

O time deixou a desejar em vários aspectos: a criação era falha(faltava um meia de fato, tanto que com a entrada do Wesley, que já tem um toque bem mais quaLificado, o time melhorou consideravelmente), o time ainda teve alguns momentos de nervosismo, deixando que o Cruzeiro chegasse com perigo a meta do Bruno(que fez boa partida e foi bem quando exigido). O diferencial do time novamente foram seus principais jogadores: Barcos e Marcos Assunção.

O primeiro já havia demonstrado empenho no jogo passado, quando foi para a partida em cima da hora, nessa foi decisivo: marcou os dois gols da vitória do time. A própria vibração dele era mostra da entrega em campo, algo que não se tem visto com tanta frequência hoje em dia e com isso já chegou a 25 gols, faltando apenas mais dois para atingir a marca que havia prometido, de 27.

O Marcos Assunção dispensa comentários… vem jogando com o joelho doendo e mesmo assim, além de comandar o time em campo, continua preciso nas jogadas de bola parada, tanto que o primeiro gol sau justamente de uma falta cobrada por ele. Jogador acima da média, que o único problema é ele não ser mais tão jovem, poís com o que vem jogando, poderia ficar ainda muitos anos no time, porém ano que vem ele deve se aposentar. Uma grande perda para o time.

A próxima partida será fora contra o Internacional e pode reavivar de vez a esperança do time, deixando-o apenas a um ponto de sair da zona de rebaixamento, ou pode acabar dando um tombo que talvez seja difícil reverter. A sorte do time depende do desempenho desses dois que citei, pois eles indo bem, as chances do time são imensas, mas se forem muito mal, ou algum não jogar, não tenho tanta certeza da chance de vitória.

Deixe uma resposta