Era quase isso

Quase, sim quase que a equipe avaiana consegue o resultado que precisava para começara sair do buraco. Mas as circunstâncias do empate deixaram o time e torcida com um gostinho amargo na boca.

Tudo isso porque até o final da partida a equipe tinha a vitória em suas mãos, chegou a colocar 2×0 no Grêmio e parecia que tiraria a zica…infelizmente ilusão meus caros.

Não foi dessa vez que o resultado veio, e as brigas internas começam a incomodar tanto quanto os maus resultados.

Marcinho Guerreiro não trabalha mais com Gallo e pela sua entrevista o clima no vestiário está péssimo. Sim, qualquer vestiário em equipe lanterna não deve ter um clima ameno, mas o ex-capitão deu a entender que os problemas de relacionamento são maiores do que mera cobrança por mais vontade.

O momento era propício para uma  boa vitória ontem e é inegável que as equipes catarinenses se dão bem, normalmente, contra equipes gaúchas, mesmo essas sendo maiores, mais tradicionais e normalmente melhores que aquelas.

No final de tudo, empatar fora de casa pode ser um alento, pode ser um pequeno sinal de que dá para evoluir, mas não se animem torcida do Leão, muita, mas muita coisa tem que acontecer para que o descenso seja evitado, tem tempo, mas tem trabalho pela frente.

Deixe uma resposta