Escolha uma Página

O Palmeiras segue seu martírio na zona de rebaixamento e hoje conseguiu apenas um empate 0 a 0 jogando contra o Grêmio em casa.

Depois de o Kleber ser expulso por jogada violenta(novidade?), o time passou quase 75 minutos(sem contar os acréscimos) com um a mais, porém pecou muito nas finalizações e não conseguiu a vitória que o teria aproximado do Bahia(primeiro fora da zona de rebaixamento).

Analisar o lado positivo do jogo é ver que o Palmeiras dominou completamente o jogo, não deixando o Grêmio jogar, parecia mais um treino ataque-defesa, tamanha a pressão que o time exercia em busca do gol.

Jogar bem, mas não conseguir marcar e levar os 3 pontos tem sido o principal problema do time, que há várias rodadas vem tendo esse problema de nervosismo na hora de decidir, tanto que nesse jogo mesmo, poucas bolas realmente boas chegaram para o Barcos, apesar de tudo ele ainda teve boa participação no jogo e na melhor chance que teve, acertou a trave.

A partida marcou a estréia do recém-chegado Thiago Real, que veio do Joinvile e vinha sendo um dos destaques da série B. Surpreendeu pela boa partida, sempre buscando jogo, tentando criar jogadas, aparecendo para receber e tabelar. Ainda falta muito entrosamento a ele, mas pela primeira partida que fez com apenas 2 dias de clube, pode vir a ser peça importante no restante do campeonato.

Se o time manter essa mesma pegada que demonstrou nessa partida, a saída da zona da degola será apenas questão de tempo, pois o time foi consistente e dominante contra um dos considerados favoritos ao título brasileiro, tendo faltado apenas a tranquilidade para definir o jogo a favor.

O próximo jogo contra o Sport, contará com o retorno de Valdívia e a ausência de Barcos, que já estará com a Argentina. O Obina assume e pelo menos mantém a formação com um homem de referência. Acredito que esta última partida venha a renovar o ânimo dos jogadores, pois apesar do gol não ter saído, o time viu que pode jogar com a mesma solidez que caracterizou o time nas fases finais da Copa do Brasil, e jogando daquela forma não tardará para o time ascender no campeonato e poder chegar a uma posição de calmaria, que o permitiria competir na Sul-americana, sem ter de se preocupar com uma posição ridícula no nacional.

%d blogueiros gostam disto: