Em noite de gols estranhos, palmeiras perde por 2 a 0

A copa sul-americana começou na quinta para Palmeiras e Vasco e apesar de o Palmeiras levar a competição muito mais à sério que o Vasco(que entrou com time misto pra jogar), acabou saindo com uma derrota de 2 a 0(na minha opinião injusta pela produção dos dois times) e ficou com a situação complicada para o jogo de volta

O jogo no primeiro tempo foi marcado pela velocidade das investidas do Palmeiras e da cadência das jogadas vascaínas, que tinham no Juninho Pernambucano seu “cérebro”. O jogo não tinha um time que se sobressaia e cada um à seu modo chegava com relativo perigo ao gol do rival, porém em um lance de sorte, em um escanteio cobrado por Juninho, a bola é mal desviada por Henrique(que continua pagando pela falta total de ritmo) e bate no Diego Souza e entra no gol. O Palmeiras depois disso partiu pra cima, até pra evitar sair com um prejuízo maior, mas foi para o segundo tempo perdendo.

Retomada a partida, a história se repetia: o Palmeiras partia para o ataque, agora com mais pressão, porém sofria com o problema já tantas vezes citado aqui, que é a falta de um “homem-gol”, pois com atacantes sem essa característica como Luan, Kleber e Maikon Leite, sempre falta alguém pra empurrar a bola pra dentro na área, tanto que o Felipão vendo isso, tirou o Maikon Leite(que não vinha em boa noite) e pos o Dinei, que mesmo tendo todas limitações, melhorou e muito a produção ofensiva do time, tendo feito inclusive um gol, que foi muito mal anulado. Toda essa pressão acabou custando caro, pois em lance polêmico(para mim a bola não saiu toda), o Diego Souza cruzou rasteira e Elton(que havia entrado não tinha muito tempo) fez o segundo, selando assim a excelente vitória vascaína.

 

Aqui os melhores lances do jogo:

 

Sobre o jogo:

– Ao contrário do Henrique que ainda sofre com a falta de ritmo, o Thiago Heleno praticamente jogou pelos dois, fez uma partida excelente,porém não foi suficiente para garantir melhor sorte ao Palmeiras.

– Dizer que o Palmeiras não merecesse perder, seria muito parcial da minha parte, mas o gol anulado do Dinei foi um absurdo, ele estava legal no lance e o outro jogador não participou da jogada. Esse lance pode acabar selando a sorte do Palmeiras na competição.

– Depois do jogo o Felipão voltou a falar da falta de atacantes, e isso tem ficado cada vez mais evidente, pois o Palmeiras cria chances, porém ter só atacantes de movimentação e nenhum para prender a marcação e estar ali na área para pegar um rebote, um cruzamento, um passe rasteiro, etc, tem feito cada vez mais falta nos jogos do Verdão(os últimos 3 foram claras mostras disso), pois o Palmeiras tem perdido chances com a mesma frequência que as cria.

 

Deixe uma resposta