Derrota Doída

Seria o Corinthians um cavalo paraguaio?

Não tenho muito o que dizer sobre a derrota de ontem do Corinthians, perante o Avaí, na Ressacada.

Era um jogo fácil, o Corinthians dominou todo o primeiro tempo, poderia ter matado o jogo. Caiu um pouco após a contusão do Danilo, mas mesmo quando levou a virada perdeu diversas oportunidades de marcar o gol.

Me surpreenderam no Corinthians a facilidade em criar oportunidades de gol e uma facilidade maior ainda para perdê-los. De qualquer maneira, a Fiel torcida não deve se desesperar, achei que foi uma das melhores partidas da equipe no campeonato, e as falhas defensivas, totalmente aceitáveis considerando que apenas o Leandro Castán e o Fábio Santos compõem a zaga titulas, devem diminuir conforme o entrosamento aumentar. O goleiro Renan também precisa começar a demonstrar para que veio, se quiser ter alguma chance de ficar com a vaga de titular.

Está chegando o momento em que o Corinthians precisa decidir o que quer da vida no campeonato. Se for o título, não pode nem pensar em perder pontos contra equipes que estão abaixo na tabela. Os próximos 5 jogos são contra equipes fracas, e conquistar 15 pontos seria fundamental para uma caminhada tranquila rumo à taça, sem depender de outros resultados. É normal que a equipe tenha uma queda, pois todos terão, o que não pode é haver acomodação com a vantagem adquirida no início do campeonato (e que ainda é considerável, principalmente pelo fato da equipe estar com um jogo a menos).

Em outras palavras, é hora de reagir.

Deixe uma resposta