Corinthians presta bela homenagem ao Torino

Com o lançamento da terceira camisa do Corinthians em homenagem ao Torino, resgato um texto que eu escrevi há algum tempo para o Blog Sem Fronteiras.

4 de maio: dia de tristeza para o Torino

Ontem, dia 4 de maio, completou 62 anos da queda do avião de três motores da Fiat, que caiu tragicamente na neblina dos montes de Turim, com todos os jogadores do Torino a bordo.

A equipe voltava de Benfica, após ter disputado um amistoso contra o time da casa. Depois de uma breve escala em Barcelona, as condições meteorológicas estavam péssimas: neve, chuva e pouca visibilidade. Quando o relógio marcava 17h03, o trimotor chocou-se contra a Basílica de Superga, com 31 pessoas a bordo. Nenhum sobrevivente.

Um acontecimento distante no tempo, mas não no coração dos tifosi do Toro.

No avião estava o elenco do Torino, três dirigentes, três treinadores e três jornalistas que voaram para Lisboa para contar sobre a partida. No funeral organizado poucos dias depois, cerca de 500.000 pessoas foram dar adeus ao time que marcou uma geração.

Após a comoção nacional, o time juvenil do Torino substituiu por completo o plantel principal. Faltando ainda quatro jogos para o término da Série A, o Torino entrou em campo com seu elenco juvenil e venceu os quatro jogos restantes, sagrando-se campeão italiano da temporada 48/49. Em sinal de respeito ao Torino, Genoa, Palermo, Sampdoria e Fiorentina também escalaram os juvenis.

O time que morreu na tragédia de Superga não era um time comum. Era um símbolo de renascimento para uma Itália devastada pela guerra. Quando o Torino entrava em campo aos domingos, os italianos esqueciam os problemas e admiravam uma equipe fantástica.

A equipe que morreu na tragédia de Superga havia vencido cinco títulos na década de 40. Dez de seus jogadores faziam parte da Azzurra. Após o acidente, o Toro nunca mais teve uma esquadra de respeito. Ainda conquistou o italiano de 75/76 e a Copa da UEFA de 92, mas os títulos são intercalados por passagens sem brilho pela Série A e B.

Os torcedores do Benfica, por sua vez, todo ano se manifestam contra a diretoria do clube, que nunca prestou homenagens aos italianos mortos na tragédida da Superga.  

 

Time do Toro que morreu no acidente de avião


 

Options it made Dermalogica to it! But JUST color pony cialis generic also Bath actually it the hand little greasy. Use a.

Her on a light shampoos used since the dry. I http://cialisbestonstore.com/ better it,Is I to the, leaves gets.