Contra Ituano e dilúvio, Palmeiras navega sem problemas com Barcos

O Palmeiras em tarde muito inspirada, conseguiu fazer um bom jogo(apesar da chuva) e passou sem sustos pelo Ituano por 3 a 0. O time não ficou bom do dia pra noite, porém dá claros sinais que está em evolução e acho que principalmente esses pontos valem ser ressaltados, principalmente porque a primeira fase do paulista, serve muito pouco como parâmetro para o resto do ano, porém é muito válido para fazer testes, entrosar o time e ver em que setores o time ainda precisa se reforçar.

O primeiro gol é o primeiro sinal da mudança que vem ocorrendo: novamente foi uma jogada trabalhada,  onde o Maikon Leite chegou a linha de fundo, o goleiro espalmou mal e Patrik botou pro fundo das redes. Essa foi apenas uma, pois durante o jogo todo, em vários momentos o Palmeiras buscava com a bola no chão, criar espaços e abrir a defesa adversária. Méritos disso para o Daniel Carvalho, que a cada dia vai chegando mais próximo de sua condição ideal e que foi poupado no segundo tempo de maior desgaste por conta do gramado pesado. Depois do Juninho(que chegou, assumiu a camisa e vem jogando da mesma forma que no Figueirense, sequer sentiu a pressão de chegar em um clube grande), o Daniel vem mostrando que pode jogar em alto nível(coisa que eu mesmo não botava muita fé). Ele desde que estreou, vem demonstrando vontade e disposição de voltar a ser o jogador decisivo que foi nos tempos de CSKA e até pela idade dele(28 anos), ele ainda pode jogar em bom nível por vários anos, depende apenas da sua disposição, porque qualidade ele tem.

O segundo gol é uma primeira impressão que deixa mais expectativas do que certezas: Barcos completando o lance do Marcos Assunção fez seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras, nada mal para uma estréia, porém o que chamou mais atenção durante o jogo, foi seu bom posicionamento. Todos os lances que foi acionado, ele conseguiu chegar, mesmo que eventualmente cabeceando mal por estar desequilibrado, ele mostrou que tem bom posicionamento, fora que nos lances de bola rolando ele consegue fazer o papel de pivô e mostra ter recursos técnicos pra arriscar uma ou outra jogada individual. É questão de esperar, porém se ele mantiver esse mesmo nível não será impossível de esperar que ele termine a temporada cumprindo sua promessa de 27 gols. Cedo demais pra dizer, mas a estréia foi no mínimo, animadora.

O terceiro gol mostrou que um dos problemas mais críticos que tínhamos ano passado, pode finalmente estar sendo resolvido: em mais um cruzamento perfeito de Marcos Assunção, o lateral Artur cabeceou e fez seu segundo gol em dois jogos com a camisa do Palmeiras. Cada vez ano passado que o Cicinho estava suspensou ou lesionado, a torcida já entrava em pânico imaginando o João Vitor improvisado ali, porém agora com o Artur, temos um lateral de ofício, que se não tem a mesma qualidade de chegar a frente que o titular tem, é seguro defensivamente e já mostrou ter um bom jogo aéreo.

Interesssante analisar um aspecto – ano passado nessa época, haviam chegado os seguintes jogadores: Cicinho, Adriano michael Jackson(deus do céu), João Vitor(falo nada), Thiago Heleno, Chico e Max Pardalzinho(ainda bem que já voou). Nem preciso dizer que essa lista de “reforços” foi ridícula, entretanto ainda salvaram-se Thiago Heleno e Chico(bons pra compor elenco) e o Cicinho(esse sim uma excelente contratação). Ainda falta estrear o Roman, porém as outras 4 contratações, chegaram e se encaixaram no time, sejam como titulares ou pra compor elenco, clara mostra que o César Sampaio está sim fazendo a diferença! É só observar as duas listas de jogadores para ver a diferença.

Essa semana deve ser confirmada a vinda do Wesley ex-Santos, que será excelente, pois ele tanto pode jogar em um esquema com apenas 1 meia(Márcio Araújo, Marcos Assunção, Wesley e Daniel Carvalho/Valdívia), como pode jogar também junto com os dois meias, no lugar do Márcio Araújo. Ele tanto sabe marcar, como sair para o jogo e dá opções de variação de esquema para o Felipão, coisa que ele tanto reclamava ano passado.

Em tempo: o Maikon Leite vem subindo de produção a cada jogo, tem se tornado uma boa opção de ataque em velocidade pelas pontas. Está voltando ao seus melhores momentos de Santos e Atlético-Pr e vem em ótima hora, já que ao que tudo indica Luan deve ficar fora por cerca de dois meses por conta de um problema no pé. Seria importante inclusive buscar um jogador para suprir a lacuna que abre com isso, pois além do Maikon Leite, não há outra opção de jogador rápido no ataque e até considerando que o contrato do Ricardo Bueno não será renovado ao fim do empréstimo, já seria importante ter em vista um jogador para a posição(sim, eles não são das mesmas características, mas conto como jogador do ataque como um todo)

Deixe uma resposta