Clubes perdem seus ídolos

Rogério Ceni x Marcos

Despedidas são sempre tristes. No futebol não é diferente. Quando um jogador chega perto da aposentadoria é sempre motivo para comoção. Principalmente se esse jogador for um grande ídolo no clube.
Recentemente foi o Ronaldo Fenômeno que por problemas físicos decidiu se aposentar – não antes de merecer duas despedidas: uma pelo Corinthians e outra pela Seleção.
Em breve dois outros grandes nomes do futebol brasileiro irão deixar de vestir as camisas de seus clubes: Marcos (pelo Palmeiras) e Rogério Ceni (São Paulo).
A aposentadoria do goleiro alviverde está cada dia mais próxima. Em entrevista recente, ele próprio já chegou a dizer que seu corpo não aguenta mais e que no máximo chega até o final desse ano.
Idolatrado pela torcida do Palmeiras, Marcos é um dos grandes nomes da história do clube. Também chamado de “São Marcos”, vestiu apenas a camisa alviverde em toda a sua carreira profissional, onde conquistou inúmeros títulos como a Copa Libertadores da América de 1999. Marcos foi ainda o goleiro titular da Seleção Brasileira na conquista do quinto título mundial na Copa do Mundo de 2002, disputada no Japão e na Coréia do Sul, sendo o único jogador a não ser substituído em toda a Copa pelo técnico Felipão.
Rogério Ceni também começa a pensar no assunto. Recentemente o goleiro-artilheiro e detentor de inúmeros feitos pelo São Paulo já admitiu publicamente a possibilidade de parar em breve.
Vale lembrar que Rogério é tão vitorioso como Marcos, tendo inclusive sido campeão (como reserva de Marcos) pela Seleção canarinho em 2002 e conquistado duas Libertadores e outros títulos mundiais. O são-paulino é idolatrado pela sua torcida e faz questão de retribuir o apoio com títulos e recordes. Ceni já disse que não admite perder e por isso, muitas vezes, é tido como arrogante pelos adversários. Mas seu talento é incontestável.
Então chegamos a pergunta: como homenagear grandes campeões como esses?
Além de querido pelos companheiros e ovacionado pela torcida, Marcos é bom de vendas. Segundo a empresa que fabrica os “minicraques”, a miniatura do goleira é a mais vendida. Pelo visto, esses números podem e devem aumentar muito com a aposentadoria. Ciente disso, o Palmeiras já começa a estudar ações para o adeus definitivo de Marcos. Já existem rumores que o clube, juntamente com a Adidas, lançará no começo de agosto uma camisa comemorativa. E não para por aí: outras ações estão em estudo pela diretoria palestrina.
Já o São Paulo ainda não se pronunciou. No site oficial do clube, na sessão Fórum, os torcedores já criaram um tópico para discutir qual seria a melhor forma de se despedir do ídolo.
É jeito é aguardar para ver quem fará a despedida mais bonita e quem deixará mais saudades.

2 ideias sobre “Clubes perdem seus ídolos”

  1. O Marcos já é um ex-jogador em atividade e declarou publicamente que esta é última temporada.Já o Rogério deve jogar até os 40 anos e por esta razão o SPFC não divulgou nenhuma ação de homenagem ou despedida. Até porque ao contrário do Marcão que foi um baita goleiro, O RC continua jogando em alto nível.

    1. Então. Não tenho tanta certeza se o Rogério Ceni chega até os 40 anos jogando. Hoje mesmo ele deu mostras que já não é mais tão alto nível. Mas vamos ver o desenrolar dos fatos

Deixe uma resposta