Escolha uma Página

Chile e Austrália fecham o dia 13 com jogo às 19 horas na Arena Pantanal em Cuiabá.

No Grupo B Espanha e Holanda são as favoritas, e para Chile e Austrália resta a disputa pelo título de “Azarão”, mas para isto, no confronto direto de hoje só a vitória interessa.

A Austrália sabe disso e o próprio diretor da Federação Australiana de Futebol, Kyle Patterson já disse que os primeiros 20 minutos serão decisivos. O time australiano depende muito de dois jogadores – Bresciano e Tim Cahill, mas ambos não são mais tão jovens a ponto de aguentar um ritmo rápido durante todo o jogo.

Do outro lado o Chile sempre confiante, mas nem sempre eficaz, conta com o entrosamento de Valdívia, Aránguiz, Vargas e Alexis Sanchéz para impor seu estilo de jogo e sufocar a defesa australiana. O time tem enfrentado dificuldades em se acostumar ao calor (para alguns seria uma desculpa caso sejam derrotados).

O volante Vidal era a principal dúvida no jogo. O jogador vem de uma cirurgia no joelho direito e por diversas vezes não treinou com a equipe, mas o técnico Jorge Sampaoli garante o volante no jogo.

Esse promete ser um jogo bem disputado pelas duas equipes e pode render bons momentos. Resta saber se Valdívia(eterno perna de vidro) e companhia tem gás suficiente para sobrepujar os “vovôs” Bresciano e Cahill.

%d blogueiros gostam disto: