Escolha uma Página
Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

jamesrodriguez4afp

Assim como aconteceu após a Copa de 2010, quando contratou dois dos destaques da competição (Özil e Khedira), o Real Madrid trouxe mais dois galácticos para se juntar à sua constelação.

Depois de Toni Kroos, meia/segundo volante alemão ex-Bayern de Munique e um dos melhores jogadores da Copa segundo a FIFA e enquete com torcedores, hoje foi a vez do colombiano James Rodríguez, ex-Monaco. O meia de 23 anos foi o artilheiro da Copa do Mundo e autor do gol premiado como o mais belo do campeonato, o que o credenciou como uma das principais estrelas da competição. (mais…)

Um Resumo do Grupo H

Um Resumo do Grupo H

Ao iniciar a cobertura do grupo H disse que tinha tudo pra ser o grupo mais divertido dessa copa, e agora posso dizer, nunca errei tanto. Com exceção de uma partida (Argélia X Coréia do Sul) todos os jogos foram mornos, muito abaixo do nível da copa e praticamente todas seleções desse grupo decepcionaram, com exceção da seleção Argelina. Vamos a uma analise de cada integrante do grupo: (mais…)

Resumo da Primeira Rodada do Grupo H

Resumo da Primeira Rodada do Grupo H

O fim da primeira rodada trouxe-me algumas decepções e respostas sobre os integrantes do grupo H, que são essas:

Bélgica:

– A Bélgica chegou à copa como promessa de surpresa e hoje decepcionou, principalmente no primeiro tempo, em que jogaram nervosos e mal criaram dificuldades a seleção argelina, além do pênalti cometido de forma infantil.

– No segundo tempo o técnico belga conseguiu corrigir as falhas da equipe, que a partir daí dominou o jogo, porém, mesmo com sua superioridade técnica e tática, não conseguiu se impor de forma convincente.

– Se não evoluir durante o campeonato dificilmente passará da segunda fase

Argélia:

– Continuo com a sensação de que é a seleção mais fraca do grupo, porém como fizeram na copa de 2010, complicaram muito sua derrota.

– Em quatro anos melhoraram o setor defensivo, principalmente o goleiro, que demonstrou ser superior ao da copa passada.

– Dificilmente conseguirá uma vitória nessa copa, ah não ser que conte com uma péssima partida de Rússia ou Coréia do Sul, porém dificilmente serão humilhados em campo.

Rússia

– A seleção russa foi decepcionante no jogo de hoje contra a Coréia do Sul. Apresentou um futebol medroso, com pouca vontade de atacar, e mesmo com a maior qualidade de seus jogadores não conseguiu ser superior ao time coreano.

– Ainda acredito que seja a segunda força do grupo, mas se continuar com seu futebol preguiçoso pode perder a vaga para a Coréia do Sul.

– Caso se classifique, deve ser quase impossível que passem de fase, ainda mais com a possibilidade de enfrentar a Alemanha.

Coréia do Sul

– Demonstrou um futebol com certa habilidade e bom toque de bola. Levando em consideração as limitações de cada equipe, foram a equipe do grupo que jogou melhor nessa rodada.

– Irão brigar com os russos pela segunda vaga do grupo, com ligeira vantagem dos russos.

– Assim como os russos, não mostraram futebol que possa fazê-los passar da segunda fase.

Passado o nervosismo da estreia, espera-se que as seleções possam fazer partidas melhores, pois até o momento foi o grupo com o pior nível técnico, mesmo tendo partidas razoavelmente interessantes. Com a segunda rodada será possível ver qual o real poder de Bélgica e Rússia, se a Coréia do Sul poderá embolar o grupo e se a Argélia continuará sendo um saco de pancadas.

Curiosidades – Seleção da Iugoslávia nos dias de hoje

Curiosidades – Seleção da Iugoslávia nos dias de hoje

Saindo um pouco dos jogos e grupos das copas(mas não totalmente), esse ano temos duas seleções de países que já fizeram parte da antiga Iugoslávia: Croácia e Bósnia-Herzegovina. E um assunto que as vezes surge quando se vê esses times jogarem(e depois de dois bons jogos de ambos inclusive), imagina-se como seria uma seleção se ainda os países fossem apenas um.

Fazendo uma pesquisa e análise das atuais seleções e retirando o que de melhor cada uma tem, pode-se chegar a conclusão que no mínimo o time seria um dos favoritos ao título da copa do mundo, dada a quantidade de bons jogadores espalhados entre os times.

Vamos então aos 23 selecionáveis e suas respectivas seleções
Goleiros:

Stipe Pletikosa(Rostov e seleção da Croácia)
Samir Handanovic(Inter de milão e seleção da Eslovênia)
Asmir Begovic(Stoke City e seleção da Bósnia)

Zagueiros:

Branislav Ivanovic(Chelsea e seleção da Sérvia)
Neven Subotic(Dortmund e seleção da Sérvia)
Nemanja Vidic(Manchester United e seleção da Sérvia)
Stefan Savic(Fiorentina e seleção de Montenegro)

Laterais:

Darijo Srna(Shaktar Donetsk e seleção da Croácia)
Aleksandar Kolarov(Manchester City e seleção da Sérvia)
Senad Lulic(Lazio e seleção da Bósnia)
Vedran Corluka(Lokomotiv Moscou e seleção da Croácia)

Meias:

Nemanja Matic(Benfica e seleção da Sérvia)
Luka Modric(Real Madrid e seleção da Croácia)
Ivan Rakitic(Sevilla e seleção da Croácia)
Miralen Pjanic(Roma e seleção da Bósnia)
Lazar Markovic(Benfica e seleção da Sérvia)
Ivan Perisic(Wolfsburg e seleção da Croácia)
Zvjezdan Misimovic(Guizhou Renhe e seleção da Bósnia)

Atacantes:

Goran Pandev(Napoli e seleção da Macedônia)
Mario Mandzukic(Bayern e seleção da Croácia)
Edin Dzeko(Manchester City e seleção da Bósnia)
Stevan Jovetic(Manchester City e seleção de Montenegro)
Mirko Vucinic(Juventus e seleção de Montenegro)
Convocação feita, ficou dividido assim os jogadores:

1 – Eslovênia
1 – Macedônia
3 – Montenegro
5 – Bósnia
6 – Sérvia
7 – Croácia

 

vamos a escalação:

Handanovic

Srna – Subotic – Vidic – Kolarov

Matic – Modric

Rakitic – Markovic

Dzeko – Mandzukic

Temos aí um dos melhores goleiros em ação no futebol italiano, tanto que na época que a Inter o contratou foi quem botou o Júlio César no banco.

Dois laterais que além de atacar bem, tem um chute muito potente, casos de Srna e Kolarov(apesar de defensivamente não serem tão bons).

A zaga é até difícil escolher, pois além dos dois, temos o Ivanovic que vem em ótima fase no Chelsea, porém o Vidic pela experiência e o Subotic pela dupla que faz com Hummels, estão um pouco à frente

Meio bem ofensivo, com apenas o Matic como volante de contenção, o Modric mais recuado(função que faz muito no Real), além da revelação Markovic e do Rakitic, que fez uma campanha excelente com o Sevilla e é muito cotado no Barcelona na próxima temporada.

O ataque eu fui contra a regra geral(um atacante de velocidade e outro mais fixo) e coloquei os dois matadores em campo, pois ambos tem técnica suficiente pra conseguir jogar juntos. Caso não funcione, já tem pronto o Jovetic no banco, que sabe jogar muito bem pelas pontas, além de também fazer gols(vide as temporadas dele na Fiorentina).
A seleção fica equilibrada, tem peças de reposição, ou seja, consegue realizar substituições sem perder a qualidade, além do setor ofensivo letal.

Futebolisticamente falando é uma pena que tal seleção nunca venha a jogar junta, ainda sim é bem interessante ver como mesmo divididos, os países ainda conseguiram manter força.

Talvez uns discordem de quem coloquei, achem a escalação ruim ou mesmo lembrem de peças que possam ter me passado batidas(ou que eu simplesmente não quis escalar), mas fica valendo a curiosidade de ver como ficou essa seleção Iugoslava.

Grupo-C – O mais imprevisível, mas que não deve passar das Oitavas…

Grupo-C – O mais imprevisível, mas que não deve passar das Oitavas…

As-Bandas-da-Copa-do-Mundo-Grupo-C

O título já é aquele para derrubar o colunista, mas a verdade é que o cruzamento foi muito cruel com as quatro equipes do Grupo C.

Colômbia, Costa do Marfim, Grécia e Japão, compõem, na minha opinião, o grupo menos previsível da Copa, qualquer um pode ficar em 1º ou último. No entanto, cruzar com Inglaterra, Itália ou Uruguai é para desanimar qualquer torcedor dessas seleções.

Na verdade, vendo assim, chego a conclusão que pior que ser de um grupo da morte, é cruzar com o grupo da morte. O que vale também para o Brasil, que enfrentará uma pedreira na segunda fase. Num grupo da morte se pode perder um jogo e recuperar, no cruzamento, não.

Isso porque, vejamos a cabeça-de-chave do grupo, a vizinha Colômbia. É um time muito bom de ver jogar, culpa do bom técnico Pekerman. Excelente eu diria. Se você acha que não o conhece, é só olhar esse sistema ofensivo da Argentina atual, que a muitos assusta e por na conta dele. Ele era foi treinador das categorias de base da Argentina que tinha Aguero, Dí Maria, Messi e mais…

Agora, além de ainda achar que é uma seleção que precisa de maturidade, perder seu maior craque deixa cicatrizes. Não que os outros atacantes não possam dar conta do recado, mas Falcão Garcia fará muita falta. E será decisiva sua falta caso a Colômbia enfrente um time como Uruguai ou Itália na próxima fase.

Depois temos a Costa do Marfim. Essa Copa é a última chance dessa geração apresentar alguma coisa. Depois de perder de maneira inexplicável as Copas africanas que disputaram e enfrentar dois grupos quase que intransponíveis em 2006 e 2010, o sorteio de 2014 deu a chance para Drogba e companhia tentarem se redimir e consagrar como a melhor geração marfinense.

Só que para isso, era necessário que os bons jogadores e os excelentes formassem um time, e isso não se vê, apesar dos vários anos juntos. Tenho certeza que Touré, se recuperado fisicamente, jogará muito nessa Copa, mas acho complicado que seja o suficiente para fazer os Elefantes passarem das Oitavas. E se for o leque de opções nas quartas fica entre Brasil, Espanha e Holanda. Não dá.

Meu palpite é que passam esses dois para a próxima fase, mas como já disse mais de uma vez, não ficarei surpreso se Japão e Grécia passarem.

A Grécia junto da Suíça formam as melhores seleções que não jogam futebol na Copa. Essa Grécia que foi campeã da Eurocopa há 10 anos, continua com uma defesa muito forte, e com jogadores daquela época, ainda.

E se a Colômbia e Costa do Marfim apresentam times muito fortes na frente, não podemos dizer o mesmo da defesa. E assim, uma bobeada de uma dessas duas equipes pode empurrar o Navio Pirata para as oitavas. De onde não devem passar.

Por fim, a seleção que creio ser a mais fraca do grupo. E digo literalmente. (Aplausos para quem consegue utilizar o literalmente de forma correta). Os japoneses terão pela frente equipes de jogadores muito fortes, os colombianos além de rápidos são duros, e nem se fale de marfinenses e gregos.

Honda e Kagawa são muito bons jogadores, e nem de longe culpados pelos fracassos de Milan e Manchester United, no entanto, em que pese crer que esse time pode, e deve incomodar no grupo, não creio que possam se classificar.

O ótimo de escrever a 2 dias de iniciar a Copa é vir aqui no domingo e desdizer tudo que escrevi. Ué, pode acontecer, estamos falando de futebol, não de uma ciência exata, mas cá entre nós, difícil fugir do que escrevi.

Para mim o jogo mais legal do grupo será Colômbia x Costa do Marfim, dia 19/06 em Brasília, mas creio que só saberemos quem passará na última rodada.

Agora é esperar sábado para ver.

Até lá.

 

O EL voltou!

O EL voltou!

Senhoras e senhores, é com grande prazer que comunico, em nome de toda a equipe, que oficialmente o Em Cima da Linha está de volta!

Na verdade, ele nunca deixou de existir. Alguns colunistas, principalmente o Luiz e a Tatiana, sempre fizeram questão de continuar alimentando o portal, porém a coisa estava meio largada, e agora resolvemos reorganizar.

Layout novo, equipe reforçada, estamos prontos para encarar nosso próximo desafio: A Copa do Mundo Fifa 2014. Faremos uma cobertura diária dos jogos, com um colunista “cuidando” de cada grupo e matérias especiais sobre a organização, artilharia, jogos históricos; enfim, várias novidades que tornarão o consumidor de futebol mais informado.

Como sempre, nosso maior compromisso será com o entretenimento – sem perder a qualidade e veracidade das informações, evidente. Iremos trazer o ponto de vista de nossos colunistas de uma forma bem humorada, leve, da mesma forma que você conversa sobre futebol com seu vizinho e/ou seus amigos.

Convidamos todos vocês a conhecerem o novo portal, assim como os nossos colunistas. Além de mim (Fernando), da equipe original ainda temos o Henrique, o Diogo, a Tati, o Luiz, o Luciano, o Fabio e o Bernardo. Trouxemos caras novas para compor nosso time: O Vinicius Belli, o Marcos Bogo e o James Watzel. Aproveitamos também para agradecer aos componentes que não puderam seguir ou por falta de tempo, ou outros compromissos pessoais e profissionais, e ressaltar que a porta está sempre aberta para que todos voltem. Mais que um portal, o Em Cima da Linha é uma grande família.

Aos poucos todos irão se (re)apresentar aqui, e vocês poderão entender melhor a proposta de cada um, sobre o que cada colunista irá falar.

Participem divulgando, comentando, questionando, indicando, enfim, essa é uma plataforma de interatividade. Não queremos escrever para que vocês leiam, queremos escrever para que vocês respondam!

É um grande prazer ter vocês de volta!

Abraços,

Equipe Em Cima da Linha

10425741_791158960897257_752578625_n