Escolha uma Página
O fim dos vexames? O respiro de esperança italiano

O fim dos vexames? O respiro de esperança italiano

Não, o futebol italiano não saiu da crise feia que se instalou, com a falta de grandes jogadores e a dificuldade de manter os bons valores que aparecem lá e até mesmo conseguir atrair outros, porém os resultados dessa semana, com a classificação da Juventus para as semifinais da UCL e da Fiorentina e Napoli, para as semifinais da UEL(e com possibilidade de final italiana), são um alento para um futebol que vinha de anos de vexames em competições européias.

(mais…)

Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

Como a contratação de James Rodríguez resolve vários problemas do Real Madrid de uma vez só

jamesrodriguez4afp

Assim como aconteceu após a Copa de 2010, quando contratou dois dos destaques da competição (Özil e Khedira), o Real Madrid trouxe mais dois galácticos para se juntar à sua constelação.

Depois de Toni Kroos, meia/segundo volante alemão ex-Bayern de Munique e um dos melhores jogadores da Copa segundo a FIFA e enquete com torcedores, hoje foi a vez do colombiano James Rodríguez, ex-Monaco. O meia de 23 anos foi o artilheiro da Copa do Mundo e autor do gol premiado como o mais belo do campeonato, o que o credenciou como uma das principais estrelas da competição. (mais…)

Quartas de final champions – volta

Chegamos aos jogos de volta das quartas com alguns confrontos em aberto e outros praticamente definidos. Segue uma análise dos confrontos:

 

Real Madrid x Galatasaray (3 x 0 Real, ida em Madrid)

   Esperava maior resistência por parte do time turco, porém o Real com esse placar já tem a vaga praticamente assegurada, pois não acredito que o Galatasaray consiga fazer um 3 a 0 ou mesmo um 4 a 0 para passar direto.

Pesou muito as atuações apagadas do Sneijder, Yilmaz e Drogba(esse último o menos pior dos 3), por outro lado o Real jogou bem, com o Cristiano Ronaldo jogando como sempre(e marcando para variar).

Provavelmente daqueles jogos que o time entra para sair com alguma dignidade da competição e nada mais.

 

 

Borussia Dortmund x Málaga (0 a 0 em Málaga)

   Jogando fora de casa, dá para dizer que quem desperdiçou a chance de ganhar foi o Borussia, que cansou de perder gols, ao passo q o Málaga ter saído no 0 a 0 foi lucro, pois o prejuízo poderia ter sido muito maior dado o domínio exercido pelo time alemão.

A partida de volta deve apenas sacramentar o Borussia na semifinal, pois não acredito que mesmo que consiga marcar um gol fora de casa, o time espanhol consiga segurar a pressão.

Deve ser como na fase anterior, onde empataram com o Shaktar fora e massacraram dentro de casa.

 

 

Barcelona x PSG (2 a 2 em Paris)

   Acabou sendo o jogo mais equilibrado da fase(muito em função da contusão do Messi ao final do primeiro tempo) é dos poucos jogos que dá para dizer que está totalmente indefinido.

Mesmo com a vantagem de jogar em casa, o Barcelona já viu que terá de encarar uma defesa difícil de ser ultrapassada, ainda mais com o Thiago Silva jogando demais. Ele praticamente anulou o Messi, conseguia acompanhar e apenas em um lance que o argentino escapou que saiu o gol.

A sorte do Barcelona reside só para variar nos pés do Messi, pois se ele não puder de fato jogar, as chances do PSG surpreender são imensas, pois o Barça vem em uma fase muito irregular e tem sido nesses momentos que o argetino vem fazendo a diferença(afinal na boa fase muitos outros faziam, o que não tem sido tão frequente).

 

Juventus x Bayern de Munique (2 a 0 Bayern, ida em Munique)

   Jogo que era para ter sido o mais equilibrado dos 4, acabou se mostrando jogo de um time só.

O Bayern dominou totalmente a Juventus, podia ter feito muito mais do que apenas 2 gols, mas perdeu diversas chances também.

O time italiano saiu até no lucro com esse resultado, porém mesmo jogando em casa não acredito que consiga tirar a desvantagem e fazer 2 a 0 para pênaltis ou 3 a 0 para passar direto.

Depois do susto em casa, é muito improvável que o time alemão entre acomodado, então é até possível que eles venham a vencer novamente, agora na Itália.

Quartas de final Champions – ida 2

Seguem os dois confrontos da fase :

 

Real Madrid x Galatasaray

Um dos confrontos mais desequilibrados dessa fase(senão o mais), pois não tem nem como comparar os 2 elencos, a diferença é absurda.

O real chega com a moral de ter eliminado o mais difícil rival dentre os 8 classificados, o Manchester United e dentro do Old Traford, vem em boa fase no espanhol também, tendo chegado a vice liderança, sem contar as 2 vitórias bem convincentes sobre o arquirival Barcelona. A fase do time dá a entender que não deve ter problemas com esse adversário.

Comentado anteriormente já, os reforços do Galatasaray deram um novo status para o time, que vinha como grande azarão(acredito que apenas acima do Celtic), agora é um time que exige muito mais respeito e cuidado. Venceu de forma convincente também o Schalke em casa(o que não costuma ser fácil) e também chega fortalecido para esse confronto, em especial pelo fato de seus reforços do começo do ano estarem muito mais entrosados.

O jogo de ida pra em Madrid pode ser decisivo para essa disputa. Uma vitória com boa margem do Real, praticamente garante o time espanhol(a partir de uns 2 a 0), porém se o Galatasaray se superar e conseguir uma vitória fora, a chance de uma zebra torna-se muito grande. Os turcos dependerão de nos 2 jogos o trio Yilmaz-Drogba-Sneijder estarem inspiradíssimos para terem uma boa chance, do contrário não serão páreo para o time madrilenho.

Borussia Dortmund x Málaga

OUtro confronto que considero bastante desequilibrado dessa fase, porém menos que o do Real, pois aqui tratamos de dois times considerados grandes surpresas do torneio.

Vencendo com facilidade o Shaktar em casa, o Borussia chega com status de favorito nessa fase. Único time ainda invicto(o outro era a Juventus, mas que perdeu para o Bayern) chega com o time encaixado e muito bem entrosado. A jovem dupla Reus e Götze não pareceu sentir a pressão de estar em uma fase decisiva e vem jogando seu melhor futebol, assim como o artilheiro Lewandowski.

O Málaga por sua vez é o maior azarão dessa fase, pois apesar da boa campanha, ninguém acreditava que eles superassem o tradicional Porto, porém eles fizeram valer seu melhor time e despacharam o time português em casa com um relativamente tranquilo 2 a 0. Estão no lucro já por terem chegado tão longe e como na fase anterior estão jogando pra ver até onde dá para chegar.

Acredito que assim como na fase anterior o Borussia talvez tenha problemas na Espanha, mas decidirá esse confronto também em casa. Resta ao Málaga tentar perder de pouco, para buscar o resultado em casa igual fez com o Porto. Vejo o time do Borussia, principalmente pelo seu excelente entrosamento, apenas abaixo de Barça, Bayern e Real, o que pode faze-lo o azarão das semi, caso os 4 passem.