Arquivo da categoria: Campeonato Paulista

Paulistinha 2012 – Estreia Corintiana

Torcedora emocionada com o campeonato paulista.

É, realmente vai ser um martírio acompanhar o Campeonato Paulista.

Teremos 19 rodadas para definir 8 classificados, entre os quais, sabemos, estarão os quatro grandes.

Neste final de semana tivemos a estreia do campeonato paulista, e na esteira do meu grande amigo Luciano Sant’Anna, aproveito para registrar a nulidade que é este torneio.

Com a maioria dos grandes utilizando equipes reservas e/ou sem pré-temporada/condições físicas ideais, o Santos empatou e os demais ganharam, o que não é nenhuma surpresa.

No sábado, debaixo de chuva o Corinthians venceu o Mirassol de virada, 2 a 1, gols de Elton e contra do zagueiro, em um jogo que não vi ao vivo e quase dormi durante o VT.

Adoraria vir aqui e fazer uma análise técnica, tática, etc, mas simplesmente não dá. É um jogo em que um time infinitamente superior tecnicamente enfrenta outro que está há meses treinando para esta partida. Com chuva, a coisa só piora.

Vamos torcer para que a final da Copa SP (sobre a qual escreverei amanhã) seja mais interessante.

Paulistinha 2012 – Estréia Tricolor

Ontem foi a estréia tricolor no Campeonato Paulista (Paulistinha 2012), confesso que não sou um dos maiores admiradores deste torneio – que em minha opinião não deveria existir (sobre isto escreverei outra coluna), mas em função da coluna assisti ao jogo e tirando todas aquelas considerações de início de temporada (falta de pré-temporada, equipe ainda em formação, reforços que ainda não puderam estrear, contusões entre outras) o jogo até que foi agradável.

O técnico Leão escalou o tricolor no sistema 4-2-3-1, com dois volantes com razoável saída de bola (Wellington e Denilson), mais a frente Lucas aberto na direita, Fernandinho na esquerda e Cícero cuidando da armação pelo meio, e somente o Luís Fabiano na frente. Nas laterais,  Piris ficou um pouco mais preso na defesa, com Cortês avançando mais e no miolo da zaga, Rodolfo pela direita (é onde ele rende mais) e o limitado Edson Silva pela esquerda.

Uma montagem simples e óbvia em que o time se portou bem diante de um adversário que provavelmente vai brigar contra o rebaixamento, fazendo a obrigação e vencendo de forma fácil no Morumbi.

Alguns ajustes precisam ser feitos, Cícero não tem condições de ser o “cérebro” desta equipe, os avanços do Cortês precisam ser mais bem aproveitados e precisa haver uma cobertura eficiente por parte dos volantes nestes avanços. Situações que podem ser amenizadas com as estréias de Fabrício e Jadson (que acredito não ser também o meia clássico que o tricolor buscava).

Individualmente, gostei das atuações do Cortês (sabe marcar e tem muito vigor para o apoio), Lucas (apesar de prender a bola em excesso, mostrou que está afim de algo mais), e do Casemiro (entrou bem jogando com simplicidade e dando mais qualidade ao meio).

E você, o que achou da estréia tricolor?