Escolha uma Página
Palpites da equipe

Palpites da equipe

No primeiro programa do Em Cima da linha, ocorrido na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, dia 22/05, os presentes colocaram seus palpites sobre quem seria o campeão, os classificados pra Libertadores e os Rebaixados. Guardem os palpites, coloquem os seus nos comentários, e o principal, cornetem!

Bernardo Marchesini

4 primeiros: Santos, Cruzeiro, São Paulo, Atlético-MG

4 últimos: Bahia, Améri, Atlético-GO, Atlético-PR

Carlos Teixeira

4 primeiros: Fluminense, Cruzeiro, Santos, São Paulo

4 últimos: América, Bahia, Figueirense, Atlético-Go

Fernando Rossini

4 primeiros: Grêmio, Inter, Atlético-MG, Santos

4 últimos: Botafogo, América, Ceará, Bahia

Luciano Sant’Anna

4 primeiros: Santos, Grêmio, Inter, São Paulo

4 últimos: Atlético-PR, Atlético-GO, Bahia, Ceará

Luiz Fernando

4 primeiros: Santos, Inter, Cruzeiro, Coritiba

4 últimos: Botafogo, Figueirense, América, Bahia.

Tatiana Ferreira

4 primeiros: Inter, Grêmio, Santos, Flamengo

4 últimos: Atlético-GO, Bahia, Botafogo, Ceará

A denúncia e a apuração

A denúncia e a apuração

Imagem meramente ilustrativa

Muito tem se falado sobre as denúncias de corrupção no futebol que tem sido mostradas pela Rede Record na última semana, a partir de uma série de reportagens sobre os cartolas brasileiros.

Acho as reportagens positivas e negativas ao mesmo tempo. Explico.

Evidente que todo material jornalístico que venha somar com o futebol através de denúncias de irregularidades e corrupção é bem-vindo. As denúncias são muito graves, e todos, sem exceção, devem ser investigados.

Ricardo Teixeira, João Havelange, Andres Sanchez, todos deveriam passar por um processo de investigação para que todos os fatos sejam devidamente esclarecidos e nenhuma dúvida paire acerca da honestidade destes indivíduos. Em caso de provas de algum tipo de crime, cadeia neles, sem pestanejar.

Muito se fala que o futebol é um meio corrupto, sujo, mas até hoje ninguém teve coragem de dar nome aos bois e assumir a responsabilidade da acusação, assinando as matérias e deixando o nome e o CPF disponíveis para qualquer tipo de ação judicial. Sendo assim, acho muito positiva a ação da Rede Record, de revelar os bastidores do esporte mais popular do mundo.

Em época de denúncias mundiais contra a FIFA e a CBF, talvez seja a hora de fazer o grande levante contra os cartolas e colocar os pingos nos is, para que o futebol tenha finalmente uma gestão séria e profissional.

Porém, nem tudo são flores no mundo mágico da IURD. Sabemos que a motivação das denúncias são única e exclusivamente políticas. A Rede Record não quer apenas a transparência no futebol brasileiro, essas reportagens são uma retaliação ao fato dela ter perdido o direito de transmissão do Campeonato Brasileiro. Na parte que tange Copa do Mundo, ela defende claramente a utilização do Morumbi para o torneio porque seu diretor de marketing é também diretor de marketing do São Paulo, então toda a isenção e idoneidade vão para o espaço. (e antes que os analfabetos digitais comecem a xingar, eu sou contra a copa no Brasil, seja no Morumbi, no Palestra ou no Fielzão. Fazer festa com dinheiro público não é algo que eu considere muito legal).

Sendo assim, se for pra criticar, denunciar e investigar, que seja feito com todos. Que seja aberta a caixa preta do futebol brasileiro, que os dirigentes sejam responsabilizados por seus atos, devolvam o dinheiro que por ventura tenham roubado, e vão para a cadeia.

Qualquer conversa ou investigação que fique aquém disso não será nada mais que jogo de cena.