Arquivo da categoria: Palmeiras

Valdívia e a “mágica” da recuperação

Depois da lástima que foi o jogo de domingo e da derrota vexatória, o Palmeiras sacudiu a poeira e em uma partida surpreendentemente boa, conseguiu vencer o Vitória, que vinha de dois bons resultados contra Fluminense e a vitória no BA-VI, por 2 a 0.

Como era de se imaginar, a entrada do Valdívia no time fez toda a diferença, pois o time mostrou mais organização, conseguia criar mais e até pelo fato de ter alguém com passe qualificado, outros jogadores conseguem se destacar, afinal com os outros meias do Palmeiras o cara dá um passe e recebe de volta uma desculpa.

Victor Luis(por sinal excelente revelação) fez uma ótima partida, tendo cobrado bem o escanteio que ocasionou o primeiro gol do time, marcado pelo Lúcio.

Outro que fez boa partida foi o Cristaldo, por sinal de uma troca de passes entre ele e o Valdívia, que saiu a jogada do segundo gol, marcado pelo Henrique(que é ruim, perde gol demais, mas ainda sim tem 9 gols no brasileiro, inacreditável…).

A vitória não tirou o time da zona da degola, mas sem dúvida nenhuma mostra que ainda há esperança na salvação do time, mas como foi dito, ela passa diretamente pelos pés do chileno, então para o bem do time, que ele consiga ter ao menos regularidade(e não pegue um gancho longo) no campeonato.

Fica valendo mais uma citação aqui ao Cristaldo, que em meio a tanta cornetagem aos argentinos que chegaram, ele vem mostrando a cada dia um futebol de mais bom nível. Promete muito ainda, pois sempre que entra vira um tormento para a zaga adversária, pois diferente do Henrique, ele não é estático. Como disse é das boas peças que o time tem para o ano que vem.

Com a próxima partida contra o Figueirense, que vem de boa vitória contra o Corinthians, o Palmeiras não só tem chance de sair da zona de rebaixamento, como ficaria só a um ponto do próprio time catarinense, ou seja, mais uma partida que o time TEM de ganhar.

A vitória vai passar novamente pela boa atuação do Valdívia, então se ele estiver inspirado, grandes chances de o time voltar com 3 pontos e assim também quem sabe ele começa a fazer valer depois de tanto tempo o investimento que foi feito nele ainda em 2010.

Queria ver o campeão

Tem uma coisa que eu odeio no futebol: reclamações de bairrismo movidas pelo complexo de inferioridade de algumas pessoas. Via de regra, reclamam que o destaque para os times de São Paulo e Rio de Janeiro é desproporcional aos resultados obtidos em campo.

Discordo. Os números estão aí pra provar que não é bem assim. Mas… (sempre tem um mas). Continue lendo Queria ver o campeão

A espera de um milagre e a “primavera alviverde”

Foram 4 jogos desde q última vez q opinei algo sobre o time: a vitória sobre o Criciúma, massacre pelo Fluminense, empate roubado contra o Flamengo(nenhuma novidade ajuda ao time rubro-negro) e agora aquilo que aconteceu em Goiás e que é até difícil de definir.

Estava querendo esperar e analisar melhor se eu estava errado(e como queria estar) que a chegada do Dorival além de não melhorar em nada o time, o fez regredir, pois antes o time perdia, mas ainda mostrava alguma organização, porém no atual momento, o time parece mais um time de prédio, onde cada um vai pra um lado e ninguém sabe o que fazer. Continue lendo A espera de um milagre e a “primavera alviverde”

Parabéns Palmeiras!!! Buon compleanno Palestra!!!

Parabéns Palmeiras nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida!!

Esse 26 de agosto, sem dúvida nenhuma é muito especial para qualquer um dos cerca de 16 milhões de palmeirenses espalhados pelo Brasil e tantos outros pelo mundo, pois é quando o Palmeiras torna-se centenário.

Continue lendo Parabéns Palmeiras!!! Buon compleanno Palestra!!!

Sai zica

Xô zica! Depois de dez jogos, finalmente o Palmeiras voltou a saber o que é vitória no campeonato brasileiro, e de quebra ainda conseguiu sair da zona de rabaixamento(o que foi confirmado com os resultados do domingo) e vai ao menos passar o aniversário do centenário fora da mesma(pelo menos isso).

Continue lendo Sai zica

Copa do Brasil – oitavas de final

Depois das zebras da semana passada, onde Inter, Fluminense e São Paulo saíram de forma patética da Copa do Brasil(difícil dizer qual delas foi mais ridícula, apesar de eu achar que foram os 5 a 2 do Flu em casa), foi feito o sorteio com os 10 times classificados, mais os 6 oriundos da libertadores.

Agora analisaremos os confrontos e ver quais as maiores chances de classificação de cada um deles:

Continue lendo Copa do Brasil – oitavas de final

Carta Aberto ao sr. Paulo Nobre

Excelentíssimo senhor presidente Paulo Nobre, boa tarde.

Você não me conhece, nunca ouviu falar de mim, então permita-me uma breve apresentação. Meu nome é Fernando, tenho 29 anos, sou publicitário e professor universitário. Sou corintiano roxo (pleonasmo, eu sei) e tão apaixonado por futebol que resolvi fazer disso meu ganha pão, estudando marketing esportivo em meu mestrado e hoje começando a escrever os primeiros artigos e livros nesta área. Continue lendo Carta Aberto ao sr. Paulo Nobre

Estrangeiros x cornetas

Hoje não vou entrar na questão da derrota, até porque não se tem muito o que falar em relação, pois juntou o nervosismo da falta de vitórias, com a falta de qualidade ainda do time(como faz falta um bom meia, deus do céu…) que resultou em um recuo excessivo depois do empate(via-se o Gareca desesperado mandando o time não recuar demais) e tanto levou pressão que acabou derrotado.

Alonguei-me até demais no tema, então vamos ao que realmente interessa: a chegada em massa de gringos no time.

O Gareca chegou e não conhece tantos jogadores brasileiros, até em função de muito poucos dos que estão aqui se destacarem lá fora, por conta disso pediu muitos que já trabalharam com ele, ou mesmo que ele já conheça ou tenha alguma informação(caso do Mouche).

Chegaram quatro(já estou considerando o Cristaldo, que logo será anunciado e apresentado), no caso o próprio Cristaldo, Tobio, Mouche e Allione.

Destes, dois já são titulares(Tobio e Allione) e outro ainda fica na reserva, talvez pelo Gareca estar tentando esgotar as chances com o Leandro e ver se ele volta a jogar, talvez para não colocar todos de cara.

Tobio começou um pouco inseguro, cometeu alguns erros(apesar de eu não achar o caso do Elias um erro, mas sim que ele teve de sair porque deixaram o cara livre), mas nesse último jogo contra o Galo, já mostrou um bom entendimento com o Lúcio.

Mouche ainda está bem irregular. Apesar de vir jogando melhor que o Leandro, ele ainda não mostra uma boa regularidade nos jogos, alguns entra bem, outros fica mais sumido. Acredito que seja muito em função de no seu time, na Turquia, ele ainda estar em pré temporada, ou seja já tinha um tempo sem jogar, ainda está recuperando o ritmo e como o Leandro já vem em meio de temporada, acaba tendo mais chances.

Allione então é um caso a parte. No amistoso já mostrou que poderia ser uma opção interessante, porém no jogo de hoje deu a entender que pode ser dos principais jogadores do time. Ainda que se discuta o fato de ele acertar ou errar os lances que tentou, em praticamente toda jogada a bola passava pelos seus pés. Clara mostra que ele procura e principalmente, aparece para o jogo. Tentou armar, aparecia na defesa roubando bola, tentou lançamentos, e até aparecer no ataque como elemento surpresa. Quem viu o jogo certamente deve ter gostado muito do que viu, isso que foi apenas seu primeiro jogo oficial.

Cristaldo deve chegar e assumir a posição de ataque, pois apesar do Henrique ser um cara esforçado e ter lá um faro matador(já deixou mais dois no brasileiro), ainda sim não é o cara pra ser o 9 do Palmeiras e o novo reforço parece ter muito mais recursos que ele, que sem dúvida nenhuma deve ficar no time, pois é uma excelente opção.

É mais do que notável que os argentinos qualificam demais o time do Palmeiras, que passa a ser bem mais respeitável com suas presenças, ainda sim o que mais se ouve são coisas como “e se o técnico for embora, como faz com eles?” ou “risco de panelas” ou ainda “jogadores de qualidade duvidosa”. Impressiona como a corneta rola solta e principalmente sem conhecimento de causa.

Primeiro que os vindos do Velez, foram campeões lá e destaque do time, qual então a dúvida que possam ser bons reforços?

Mouche foi destaque por anos no Boca, mas não deu tão certo na europa, igual muitos jogadores daqui, qual a dúvida então que ele possa ser um bom reforço também?

Sobre a questão do técnico ficar ou sair é simples: se eles forem bem jogam, se forem mal não jogam, qual a dúvida?

Isso só é mostra de como a imprensa passa pelo mesmo mal dos técnicos daqui: aparece uma coisa nova e nem esperam, já saem cornetando.

Evidente que o time vai ainda capengar até se acertar, até pelo simples fato de estar sendo montado no meio da competição(o que por si só é absolutamente terrível, total falta de planejamento, mas enfim). Tanto que se for olhar o time que estreou contra o Criciúma e o que jogou contra o galo, são muitas mudanças, praticamente todo o time.

Precisa sim cobrar, mas principalmente saber o que se está cobrando, porque ficar aí jogando crítica ao vento não é analisar o time, mas sim ser oportunista e querer criar manchete em cima de uma má fase ou mesmo uma fase de transição como a que o time vem passando.

Uma pena sim que esse ano do centenário ao que parece, será jogado no lixo, mas se houver o início de um renascimento, com o time voltando a ter um elenco respeitável e disputando títulos, pelo menos esse ano marcará a volta por cima.

Acredito muito no trabalho do Gareca, principalmente pelo fato de se ver o time com uma postura diferente dos tempos do Kleina. Se entrega mais, luta, joga com raça(tirando um ou outro que ainda estão dormindo), porém é preciso qualificar e esperar o time ajeitar as peças para que então sim se possa cobrar algo.