Escolha uma Página
O Buraco Negro e o vácuo

O Buraco Negro e o vácuo

Como bem disse o Fernando em post anterior, mas com outras palavras, o futebol brasileiro caiu em um buraco negro. Aliás, tentarei aqui não repetir muito o que já foi dito, mas com certeza esbarrarei em muitos conceitos já esposados.

Não trarei explicações para a derrota, são tantas e tudo já foi tão dito que não ajudaria em nada. Escolhi um tema para falar, e é quiçá o mais óbvio. A falta de treinadores bons no Brasil.

Falar dos erros do Felipão seria chutar cachorro morto, todos sabem seus erros. Mas o que me preocupa mais é o: e agora? Felipão cai, ok, mas quem entra?

Eu sou mais um adepto a trazer um técnico de fora

Nem só de amor se vive

Nem só de amor se vive

Perder é ruim, claro, é muito ruim, mas não é o pior que pode acontecer. Faz parte do esporte, quem gosta e acompanha tem que saber que uma hora vai perder.

Mas o que aconteceu com o meu amado Vasco foi pior. Pois com a volta do Eurico, não perdeu só o clube, perdeu o futebol brasileiro. Perderam todos que gostam desse esporte e que queriam que evoluíssemos.

Inocência pensar que o Eurico fará mal só ao Vasco. Aliás, o provável que o Vasco volte a vencer, diria que em no máximo 3 anos ganhará um Carioca. Mas a que preço?

Bom eu digo por mim, para mim deu. Ver o Vasco cair duas vezes doeu, bastante, eu diria. Ver o principal ídolo como jogador do clube fazer o que o Roberto Dinamite fez, muito mais. Aliás, Roberto também se mostrou, além de fraco, covarde, um administrador bem “confuso”, para não acusá-lo de crime algum. Foi o pior essa é a verdade.

E quando eu achava que tínhamos chegado ao fundo do poço, a volta do Eurico foi a gota d’água para eu largar de mão.

“O Sentimento não pode parar!” O sentimento não para mesmo, mas nenhuma relação vive só de amor, e só de um lado. Perder faz parte, ser diuturnamente vilipendiado não. Se os sócios entenderam por bem o retorno de Eurico, eu que tenho que me afastar.

Foi fácil me afastar da seleção, será também do Vasco. Em certos momentos temos que escolher o que é mais importante, ganhar a qualquer custo, para mim, nunca será.

Pára Tudo

Pára Tudo

Fiquei um tempo sem escrever, mas não sem acompanhar o futebol. É que as coisas que acontecem no futebol brasileiro são tão enfadonhamente ruins que não me motivam a escrever. Alia-se então o fato da correria da vida, e pronto, foi-se quase um mês.

(mais…)