Escolha uma Página

O Palmeiras pelo segunda vez seguida tem seu jogo totalmente prejudicado e perde de novo, agora para o Cruzeiro por 2 a 1.

Dizer que o Palmeiras em ambas ocasiões tenha feito uma partida maravilhosa, seria insanidade, pois o time fez jogos apenas medianos e mesmo assim conseguiu criar boas chances de gol, porém não as converteu.

O grande problema é pegar um momento inconstante, onde o meia titular(Valdívia), de novo está de fora, porque de novo está machucado, e seu reserva imediato, que deveria ao menos não comprometer, parece mais que comeu uma feijoada antes de entrar em campo, tamanho a falta de ritmo, lerdeza e preguiça. O time tem entrado praticamente todo jogo com um a menos com essas atuações pífias do Daniel Carvalho, que até tinha começado o ano bem, mas parece que esqueceu o futebol lá.

Não fosse isso o bastante, dois jogos muito duros, onde o time vinha mantendo uma  boa consistência defensiva e dois árbitros que só podem ter sérios problemas de visão(pra não dizer mal intencionados), inventam dois pênaltis que beiram o absurdo, justamente quando o time vinha melhor em ambos os jogos… naturalmente o time acaba saindo mais, é vítima do contra-ataque e toma o segundo e no caso do Cruzeiro, pasmem!!! com outro lance irregular, pois o jogador que dá a assistência para o gol está impedido!

Justificar derrotas com erros de arbitragem, normalmente é querer esconder os defeitos e erros do time, porém nesses dois casos em especial, a interferência foi tão direta, que é difícil não associar as derrotas em especial aos infelizes juízes.

Analisando um pouco a questão técnica do time, tirando a parte já citada do inoperante Daniel, o time vem apresentando um futebol até que razoável, a defesa mesmo reserva continua mostrando-se consistente, o Bruno muito seguro no gol(inclusive nos dois jogos fez boas defesas), o Henrique continua a mostrar que se achou na posição de primeiro volante e tanto Obina como Barcos tem se mostrado bem no ataque, sempre buscando jogo e criando chances, seja eles mesmos finalizando, ou fazendo pivô para quem vem de trás.

Acho absolutamente lamentável a venda do Cicinho logo agora que a janela de transferências está fechada. Não sei o que a diretoria tem em mente vender um jogador fundamental no elenco por uma quantia ridícula, que em nada vai alterar as finanças do clube. Nota 0 para a diretoria, que como disse antes, parece que não pode ser elogiada, pois quando o fazem, eles resolvem fazer mais uma burrada. Mandaram mal demais.

%d blogueiros gostam disto: