Escolha uma Página
Objeto cobiçado por todos os jogadores.

Objeto cobiçado por todos os jogadores.

Hora de separar os homens dos meninos. Os adultos das crianças. Hora da onça beber água. Hora da cobra fumar. Dê o nome que quiser ao momento em que chegamos. Mas o fato é que depois de quase um mês de ótimos jogos e muita emoção, a Copa do Mundo FIFA 2014 está chegando ao seus derradeiros momentos.

Hoje e amanhã teremos os dois jogos que determinarão quais as seleções que jogarão a final. Que estarão a 90 minutos da glória, ou da desgraça. Muito já se falou sobre desfalques, reforços, especulações, vou tentar fazer uma rápida análise dos dois jogos, sem fugir de dar meus palpites.

Começaremos hoje falando de Brasil x Alemanha.

O maior clássico do futebol mundial. O Corinthians x Palmeiras das seleções. Aliás, impressionante como um jogo com duas seleções tão importantes, que sempre vão tão longe em copas do mundo, acontece tão pouco. Em copas do mundo é somente a segunda vez que as duas equipes irão se enfrentar (como vocês lembram, na vez anterior, 2 a 0 Brasil na final de 2002.

Por um lado, temos uma equipe brasileira sobre a qual não sabemos muito bem o que esperar. Quando vi a contusão do Neymar, percebi na hora que tinha doído muito (só quem tem problema na coluna sabe como é) mas nem imaginei que ele ficaria fora da copa. Aliás, antes do jogo tinha dito no Facebook que ele ficaria fora da semifinal por conta do terceiro cartão amarelo, e nem sabia que minha brincadeira infelizmente viraria realidade. Mas a verdade é que quando ele foi para o hospital, pensei: era tudo que o Felipão queria, ele deve estar bem, mas poderá rolar um mistério se ele joga ou não. Quando começaram a rolar as primeiras notícias do corte dele, ainda achava que era jogo de cena do nosso treinador (quem se lembra de quando ele engessou a perna – ou seria o braço? – do Arce antes de um jogo do Palmeiras na Libertadores, e ele estava bem?) e que ele jogaria normal. Mas agora é evidente que ele não volta mais nesta copa.

Acho que a seleção brasileira vai melhorar muito a partir de agora. Não, não estou louco, sei que ele é disparado o melhor jogador de nosso país. Mas a seleção brasileira tem alguns fatores a seu favor: a pressão diminuiu bastante, porque a seleção já chegou na semifinal, e perder agora não seria exatamente uma vergonha, ainda mais para um adversário tão poderoso; os jogadores sabem que a cobrança sem o Neymar é muito menor; o medo de virar vilão não existe mais, pois exceto numa eventual disputa por pênaltis, se o Brasil perder hoje o vilão já está eleito, e é colombiano (sem entrar no mérito se isso é certo ou errado, estou apenas constatando um fato).

Taticamente, creio que o Felipão vá pra cima hoje. Acredito que entre o William no lugar do Neymar, e se bobear o Fred sai para a entrada do Bernard. Um time baixo, leve e rápido pode surpreender os alemães. Na defesa, Dante assume o lugar do Capitão Covarde.

Pelo lado dos alemães, confesso que me decepcionei um pouco com o futebol apresentado por eles. Porém, a Alemanha deve ser MUITO respeitada, por tudo que significa para o futebol. É a seleção com mais jogos em copas do mundo, mesmo tendo disputado duas edições a menos que o Brasil, e se ganhar será a equipe com mais finais – recorde que também será alcançado pela seleção brasileira, em caso de classificação.

A seleção européia mais integrada à sociedade brasileira, e que mais está aproveitando a copa, certamente trará seu tradicional jogo de toque de bola e velocidade e tem grandes chances de vencer.

Engraçado pensar que hoje a Alemanha simboliza o futebol leve e de toque de bola enquanto o Brasil é a mais pura demonstração de força. Sinal dos tempos…

Como não sou de ficar em cima do muro, aposto no Brasil. A equipe vai jogar pelo Neymar, a torcida vai empurrar, e os alemães estarão um pouco relaxados achando que sem o nosso menino prodígio seremos presas fáceis. Aliás, pequena crítica sobre os jornalistas brasileiros: dizer que o Brasil é zebra contra a Alemanha é brincadeira de péssimo gosto. Em um jogo desse tamanho, jamais teremos uma surpresa. Nunca.

E vocês, o que acham que vai acontecer?

%d blogueiros gostam disto: