7 notícias que mostram: nada mudou no futebol brasileiro

Terminada a copa do mundo, muita coisa foi dita sobre o futebol brasileiro(aqui então, praticamente todos deram seu “pitaco” no problema), seguiu-se algumas “mudanças” na seleção, os campeonatos voltaram e a vida, digamos, continuou.

Porém perto do fim do ano(ainda tem algumas rodadas, a final da copa e as quartas da sul americana), e pegando apenas desde o término da copa, como tantos temas no mínimo nojentos, tiveram algum destaque no noticiário do futebol nacional, que fica praticamente auto-explicativa a razão do porquê as coisas aqui estão um lixo e como a perspectiva de mudar está tão, mas tão distante…

Vamos as notícias:

1 – Diretores da Portuguesa envolvidos no caso Héverton.

Dá para acreditar que um dirigente chegou ao ponto de prejudicar o clube que supostamente ama, em troca de dinheiro? Pois isso foi noticiado essa semana. Chega a ser inacreditável, nem tanto por ver um dirigente safado, mas pelo fato de isso ter sido feito contra seu próprio clube. Há que ponto pode chegar a desonestidade?

Espero que no mínimo apodreçam na cadeia, porque além de tudo, isso é crime! E surge com isso uma outra questão: quem pagou? Considerando que os maiores interessados nisso seriam Flamengo e Fluminense, bem podemos saber o que acontecerá com eles, se for comprovado que houve participação deles nisso…

2 – Eurico de volta ao Vasco.

O Bernardo no seu texto(veja aqui) diz um pouco do seu sentimento(que também deve ser o de muitos outros) como Vascaíno de tão lamentável notícia. Para resumir é só lembrarem de tudo que ele já fez.

 
3 – Gilmar Rinaldi diretor de futebol.

Um cara que ganhava uma fortuna como empresário, larga tudo por “amor a seleção”? Claro, ele deixou duendes cuidando dos negócios.

4 – Andrés admite que sonegou impostos do Corinthians em 2010, quando era presidente.

Diga-se que pra mim, sem novidades… sempre achei um safado desonesto. Porém ainda exaltam ele, mesmo que ele siga o estilo “vencer, custe o que custar”(qualquer semelhança com Eurico Miranda, NÃO é mera coincidência). E como seu semelhante carioca, também foi eleito deputado nessa eleição.

5 – Botafogo não paga ninguém, dispensa o pouco que presta e continua funcionando “normalmente”.

Em qualquer parte do mundo, isso seria caso de pegar e reabaixar o clube, fazer quem dirige ser responsabilizado e devolver o que pegou, mas o que foi feito? NADA! Além de não pagar, ele ainda fez o favor de dispensar os jogadores que melhor jogavam lá(caso por exemplo do Sheik e Bolívar), apenas porque eles que levantaram voz contra o absurdo.

6 – Paulo Nobre põe 140 milhões do próprio dinheiro no clube

Ele colocou tanto dinheiro no time, não resolveu problema nenhum, deixou o clube com uma pendência imensa para pagar, poderia ter amenizado isso conseguindo um patrocínio master e para piorar ainda perdeu quem não devia, sendo que poderia ter usado justamente o dinheiro que investiu lá para isso. Aí fica a pergunta: todo esse dinheiro foi apenas para cobrir gasto? Pois desse jeito parece mais que o time não tinha verba nenhuma.

7 – Oito times da série A admitiram ter os vencimentos atrasados durante o brasileiro.

Santos, Corinthians, São Paulo, Bahia, Botafogo, Atlético-MG, Coritiba e Fluminense em meio ao brasileiro tiveram noticiados atrasos. Alguns casos mais escancarados(casos de Botafogo e Coritiba) e outros que não chegaram a ter tanta repercussão. Assusta analisar que temos aí um time que vinha gastando desenfreado em reforços, pagando inclusive altos salários a jogadores que foram emprestados(Corinthians), outro que há pouco tempo atrás foi campeão continental(Atlético), outro que ganhou fortuna na venda do Neymar(Santos), outro com um mecenas que banca o time(Fluminense), além daquele que se gabava de ser um dos clubes com maior saúde financeira do Brasil(São Paulo). Incompetência pouca é bobagem… e ainda essa gente bravateia sobre como são competentes, só rindo mesmo.

Não é incrível? Tão pouco tempo passou e tantas notícias vergonhosas passaram pelos noticiários, mostrando que depois de tudo nada de fato mudou.

O que podemos esperar de 2015? Nesse caminhar das coisas, mais notícias como essas e menos notícias positivas, que diga-se, andam meio escassas nesses últimos tempos.

Deixe uma resposta